Top Banner

Click here to load reader

Educação Interpares

Jun 23, 2015

ReportDownload

Education

  • EDUCAO INTERPARES

  • EDUCAO INTERPARES

    Par aquele que se situa ao mesmo nvel dooutro; aquele que pertence ao mesmo gruposocial especialmente com base na idade, graude ensino, ou estatuto.

    Por isso, aqueles que pertencem ao mesmogrupo social ou estatuto social educam-seuns aos outros.

    Dicionrio Webster

  • EDUCAO INTERPARES

    Na mais simples das definies, aeducao interpares comunicao

    par a par e, por essa razo, umfenmeno social.

  • EDUCAO INTERPARES

    Por isso, e porque a influncia do grupo depares e de outros agentes de socializao sesobrepe frequentemente dos pais eprofissionais, na adolescncia continua a serfundamental o seu papel de sintetizadoresdas mensagens, muitas vezes contraditrias,que os adolescentes recebem.

  • EDUCAO INTERPARES

    Na Educao interpares no existe, apenas, umasimples participao dos jovens, mas sim umaparticipao em que os jovens so agentes demudana, actuando com o estatuto de educadorese peritos, face aos seus pares.

    O maior potencial da educao interpares assentana sua capacidade de adaptar as mensagens depreveno s prticas locais, aos valores enecessidades.

  • EDUCAO INTERPARES

    A educao interpares baseia-se, pois, naespecificidade das formas de comunicao einfluencia social existentes entre os pares ena sua utilizao para troca de informao einfluncia sobre os valores, atitudes ecomportamentos respeitantes a umadeterminada esfera de vivncia pessoal ousocial.

  • EB3 Quinta das Palmeiras - Covilh

  • EDUCAO INTERPARES

    Desde os meados da dcada de 80, a EIT tem vindo aser utilizada como estratgia de promoo eeducao para a sade, em contextos escolares eno escolares, nomeadamente:

    Em actividades de educao sexualEm actividades de preveno da SIDA, dastoxicodependncias, da violncia e dos acidentes.

  • EDUCAO INTERPARES

    Tb na conveno sobre os direitos da criana(ONU 1989), aponta-se directamente para aparticipao dos jovens e crianas nasquestes que os afectam, sob a forma dedireitos, assim:

  • EDUCAO INTERPARES

    O art. 12 Confere-lhes o direito de expressarem asua opinio sobre assuntos que lhe respeitem,devendo estas ser tomadas em considerao.

    O art. 13 confere-lhes o direito liberdade deexpresso que compreende a liberdade deprocurar, receber e expandir informaes/ideias detoda a espcie.

    O art.17 confere-lhes o direito de acesso a umainformao adequada.

  • EDUCAO INTERPARES

    As actuais polticas de organizaes como aOMS, ONU e EU reconhecem que nosencontramos perante o desafio de umprocesso de transferncia do controle dapromoo e educao para a sade para ascomunidades locais e seus cidados,incluindo os jovens.

  • EDUCAO INTERPARES

    Os adultos tero de abdicar de algum docontrolo directo que ainda mantm sobre osjovens e procurar envolv-los emprogramas, na tomada de decises polticase em programas de preveno

  • EDUCAO INTERPARES

    Este o novo papel para os jovens e estes ironecessitar da orientao dos adultos para poderemassumir e desenvolver esta nova responsabilidade.

    Contudo, temos de ser cuidadosos de forma a evitaros perigos a que Hart chamou de manipulao etoquenismo, em que os jovens se tornam merosornamentos num processo poltico. O objectivo daparticipao no simplesmente dar aos jovensuma voz, mas proporcionar capacidades paraassumirem responsabilidades sobre a sua sade.

  • EDUCAO INTERPARES

    um processo de cooperao e parceria comos adultos, em que no se pretendesubstituir os profissionais no seu papel deapoio, suporte e superviso, mas em que osjovens tendem a adquirir um protagonismoe uma autonomia crescentes, resultantes daaquisio de competncias pessoais e daapropriao responsvel dos projectos, numpercurso de parceria com os profissionais.

  • EDUCAO INTERPARES

    A essncia da formao em educaointerpares consiste em proporcionar aosjovens conhecimentos, compreenso,habilidades e motivao para desenvolveractividades de preveno.

  • EDUCAO INTERPARESAPRENDE-SE MELHORCOM OS SEUS PARESQUE COM OS PRPRIOS MESTRES

    Confcio

  • EDUCAO INTERPARES

    Neste sentido, os jovens devem assumir um papel activo.

    Tal protagonismo dever manifestar-se:1. Durante a planificao das actividades,2. Nos processos de pesquisa e recolha de informao,3. Na conduo dos debates,4. Na prpria avaliao de todo o percurso e dos seus

    resultados.

  • EDUCAO INTERPARES

    No entanto, a aprendizagem pelos pares temtambm consequncias negativas:

    A informao transmitida entre eles muitas vezesimprecisa.

    A presso do grupo por vezes grande. Nestas idades so frequentes as falsas crenas emitos que so passados de boca em boca e quepodem ter consequncias desastrosas.

  • EDUCAO INTERPARES

    Esses mitos enchem as mentes de certezasque so difceis de pr em causa, porque osoutros agentes educativos que no falamsobre o assunto e raras vezes lhes doespao para que coloquem as suas dvidassem medos.

  • EDUCAO INTERPARES

    Existem vantagens e obstculos noenvolvimento dos jovens, em algumas ouem todas, as fases de um programa.

  • EDUCAO INTERPARESVantagens da EIP:1. Envolver os jovens desde o inicio pode fazer

    com que sintam que o projecto tambm deles;2. Os jovens sabem o que relevante para as suas

    necessidades;3. Os jovens podem ajudar a identificar mensagens,

    canais de comunicao e actividades popularesna sua sub-cultura;

    4. Os jovens podem trazer novas ideias,acompanhadas de enorme energia para levar acabo as tarefas;

    5. Os jovens podem publicitar o programa;

  • 6. Os lderes dos pares podem dar credibilidade aoprograma e servir de elo de ligao com acomunidade;

    7. Envolvendo os jovens como lderes doprograma, educadores ou conselheiros permitepor vezes obter melhores resultados do quetrazer profissionais que no pertencem ao gruposocial;

    8. O treino e a experincia como educadores depares fortalece habilidades, auto-estima eliderana com os jovens envolvidos;

    9. Envolver os jovens em actividades no presente um investimento para o futuro, j que os jovensso o futuro da humanidade.

  • EDUCAO INTERPARES

    Desvantagens da EIP:1. Envolver os jovens nestes programas necessita

    da experincia de profissionais. Muitos tmdvidas da sua eficcia e, por isso, no sequerem envolver.

    2. Envolver os jovens requer treino, horrioscompatveis e custos adicionais;

    3. O envolvimento dos jovens descontnuo,tornando assim mais dispendioso este tipo deprogramas. Da que seja necessrio fazer uminvestimento contnuo.

  • EDUCAO INTERPARESProcesso de planeamento do projecto:1. Seleccionar os jovens educadores de pares2. Estruturar metas e desafiosa. Definir metas e objectivosb. Estabelecer o modelo de projecto a seguirc. Preparar a avaliao3. Iniciar o projectoa. Criar as parcerias para o projectob. Desenvolver um plano de acoc. Recrutar jovens educadores de paresd. Preparar a formaoe. Preparar o suporte

  • EDUCAO INTERPARES

    Pretende-se que os jovens possam: Desempenhar o papel de educadores de pares; Ser fontes fidedignas de informao; Realizar aces de formao ou de promoo desade na comunidade escolar;

    Identificar as prioridades e necessidades da suaescola ou comunidade;

    Ajudar os profissionais (E,S e outros) napromoo da sade junto dos seus colegas.

  • EDUCAO INTERPARES

    ConclusoSegundo Menezes (1998), a participaodos jovens num projecto de educao, numaabordagem de educao interpares , aomesmo tempo um DIREITO, um MTODOe um FIM.

  • EDUCAO INTERPARES

    DIREITO consagrado pelaConveno dos Direitos da Crianaque obriga os governos a garantirque crianas e jovens tenhamacesso informao dos assuntosque lhe digam respeito e possamexpressar a sua opinio.

  • MTODO porque a participaodos jovens, enquanto educadoresdos seus pares, facilita acompreenso das mensagens.

  • FINALIDADE, pois um processode capacitao dos prprios jovens,que conduz ao aumento decompetncias de todos os queparticipam activamente noprocesso.

  • EDUCAO INTERPARES

    FIM

    Carlos Manuel Martins

    EDUCAO INTERPARESEDUCAO INTERPARES EDUCAO INTERPARES EDUCAO INTERPARESEDUCAO INTERPARESEDUCAO INTERPARESSlide40EDUCAO INTERPARESEDUCAO INTERPARESEDUCAO INTERPARESEDUCAO INTERPARESEDUCAO INTERPARESSlide38Slide39Slide41EDUCAO INTERPARESEDUCAO INTERPARESEDUCAO INTERPARES EDUCAO INTERPARES APRENDE-SE MELHOR COM OS SEUS PARES QUE COM OS PRPRIOS MESTRES Confcio EDUCAO INTERPARES EDUCAO INTERPARES EDUCAO INTERPARES EDUCAO INTERPARES EDUCAO INTERPARES EDUCAO INTERPARES EDUCAO INTERPARES EDUCAO INTERPARES EDUCAO INTERPARES EDUCAO INTERPARES EDUCAO INTERPARES

Welcome message from author
This document is posted to help you gain knowledge. Please leave a comment to let me know what you think about it! Share it to your friends and learn new things together.