Top Banner

Click here to load reader

Tratamento não farmacológico da obesidade · PDF file Consequências da Obesidade _____ 15 TRATAMENTO DA OBESIDADE _____ 19 ... A prevalência da obesidade é...

Jan 20, 2019

ReportDownload

Documents

doxuyen

NDICE

RESUMO _________________________________________________________________ 2

ABSTRACT _______________________________________________________________ 3

INTRODUO ____________________________________________________________ 4

OBESIDADE ______________________________________________________________ 5

Definio __________________________________________________________________ 5

Prevalncia ______________________________________________________________________ 5

Etiologia ________________________________________________________________________ 9

Avaliao, Diagnstico e Classificao ________________________________________________ 9

Tipos Morfolgicos _______________________________________________________________ 12

Consequncias da Obesidade _______________________________________________________ 15

TRATAMENTO DA OBESIDADE __________________________________________ 19

Consideraes Gerais _____________________________________________________________ 19

Tratamento Diettico ______________________________________________________________ 20

Actividade Fsica ____________________________________________________________ 33

Tratamento Comportamental ________________________________________________________ 37

Manuteno do Peso Corporal_______________________________________________________ 43

CONCLUSO ____________________________________________________________ 49

REFERNCIAS __________________________________________________________ 51

Tratamento no farmacolgico da obesidade FMUC 2011

Manuel Jorge Godinho 2

RESUMO

Durante anos a obesidade foi considerada sinnimo de beleza, bem-estar fsico e poder.

Hoje, constitui um importante problema de sade pblica, sendo mesmo considerada pela

Organizao Mundial de Sade como a epidemia do Sculo XXI. O aumento da sua

incidncia e prevalncia tem provocado um aumento insustentvel de complicaes com ela

relacionadas, tais como: diabetes mellitus tipo 2, doenas cardiovasculares, hipertenso

arterial sistmica, dislipidemias, aterosclerose e algumas formas de cancro, estando assim

associada a um maior risco de morbilidade e mortalidade precoces.

O tratamento da obesidade constitui hoje, um dos grandes desafios da prtica mdica.

De um modo geral, baseado em teraputica diettica, orientao da actividade fsica,

tratamento comportamental, medidas farmacolgicas e cirrgicas.

Com esta reviso, pretendo abordar as principais medidas mdicas no farmacolgicas,

luz do conhecimento actual, no tratamento da obesidade, no sentido de poder estabelecer

uma estratgia de abordagem teraputica que, baseada nos conhecimentos que temos sobre os

factores envolvidos, possa conduzir a um nvel de eficcia mais adequado.

Ser exposta uma reviso criteriosa da literatura pertinente, visando identificar as bases

cientficas que esclarecem as principais medidas mdicas no farmacolgicas no tratamento

da obesidade, sendo para tal utilizados os mais recentes artigos publicados, disponveis na

base de dados PubMed.

Palavras-Chave: obesidade, excesso de peso, dieta, actividade fsica, perda de peso,

manuteno da perda de peso.

Tratamento no farmacolgico da obesidade FMUC 2011

Manuel Jorge Godinho 3

ABSTRACT

For years obesity was considered a synonym of beauty, wellness and physical power.

Today it is an important public health problem, and its even considered the epidemic of the

21st century by the World Health Organization. The increasing of its incidence and prevalence

has led to unsustainable increasing complications related to it, such as type 2 diabetes

mellitus, cardiovascular disease, hypertension, dyslipidemia, atherosclerosis and some forms

of cancer, being therefore associated with an increased risk of early mortality.

Nowadays, the treatment of obesity is one of the greatest challenges of medical practice.

In general, it is based on dietary intervention, exercise programs, behavioral therapy,

pharmacotherapy and surgery.

With this revision, I intend to broach the main non-pharmacological medical measures,

in the light of the current knowledge, in the treatment of obesity, so that I can establish a

strategy for therapeutic approach which, based on what we know about the factors involved,

could lead to a most appropriate level of effectiveness.

A careful review of relevant literature will be exposed to identify the scientific basis

that clarifies the main non-pharmacological medical treatment of obesity, being used for this

the most recent published articles available on PubMed.

Key words: obesity, overweight, treatment of obesity, diet, physical activity, weight

loss, weight maintenance.

Tratamento no farmacolgico da obesidade FMUC 2011

Manuel Jorge Godinho 4

INTRODUO

As mltiplas causas que contribuem para a obesidade obrigam a abordar o seu

tratamento partindo de uma perspectiva multidisciplinar. Assim, a contribuio de elementos

alimentares, ambientais, comportamentais, sociais, genticos entre outros, faz com que seja

necessrio considerar a obesidade como o resultado da aco complexa de vrios factores.

Portanto, para o sucesso do tratamento da obesidade, imprescindvel pr em prtica uma

viso integradora das diferentes abordagens teraputicas. A indicao de um tratamento

baseado exclusivamente num plano alimentar rgido e no aumento da actividade fsica de

acordo com um programa fixo, est muito provavelmente dirigida para o fracasso. A

aplicao deste princpio conduz necessidade de vrios especialistas participarem no

tratamento desta condio de uma forma coordenada e organizada. Neste sentido mostra-se

importante a existncia de um apoio dirigido s alteraes do comportamento do indivduo,

podendo-se assim aumentar de uma forma bastante significativa as possibilidades de xito.

Por outro lado muito importante saber quando aplicar as diferentes formas de

tratamento disponveis actualmente, especialmente no que respeita s indicaes para o

tratamento farmacolgico e cirrgico.

A ideia segundo a qual o tratamento da obesidade consiste num perodo limitado em

que se consegue uma determinada reduo de peso, deve ser abandonada, pois a obesidade

uma doena crnica que constitui em si mesma um factor de risco para vrias patologias e que

exige um tratamento crnico que abrange uma fase em que o paciente tem como objectivo

perder peso e outra em que os esforos se dirigem para a manuteno da condio clnica

alcanada.

Em suma, aceitar a obesidade como doena fundamental para o seu tratamento.

Tratamento no farmacolgico da obesidade FMUC 2011

Manuel Jorge Godinho 5

OBESIDADE

Definio

Segundo a Organizao Mundial de Sade (OMS), a obesidade uma doena em que o

excesso de gordura corporal acumulada pode atingir graus capazes de afectar a sade e que,

uma vez instalada, tende a evoluir para a cronicidade.

Constitui uma condio complexa de dimenses sociais, biolgicas e psicossociais

considerveis, podendo eventualmente afectar qualquer pessoa de qualquer idade ou grupo

socioeconmico, em qualquer parte do mundo.

Prevalncia

As alteraes socioeconmicas decorrentes da melhoria das condies de vida das

populaes contriburam para uma mudana nos hbitos de vida nomeadamente nos padres

alimentares, traduzidos num aumento do consumo de comidas rpidas e no sedentarismo.

Simultaneamente foram observados aumentos na prevalncia de excesso de peso e obesidade

(Kain et al., 2002).

Os dados do International Obesity Task Force (2000) mostraram que, nos ltimos anos,

a prevalncia de obesidade tem aumentado significativamente em vrias regies do mundo,

sendo responsvel, em grande parte, pelo aumento da morbimortalidade com implicaes

significativas no indivduo, na famlia e na comunidade (Dietz et al., 1999; Cole et al., 2000).

Segundo a OMS (2006) o nmero de obesos passou de 200 para 300 milhes entre 1995

e 2000, chegando prximo dos 15% da populao mundial e em 2003, houve um crescimento

bastante expressivo, chegando a um valor estimado de 1,7 bilies de pessoas com obesidade

ou excesso de peso segundo os critrios de diagnstico da prpria OMS. Dados mais recentes

estimam que se as tendncias correntes continuarem, aproximadamente 2,3 bilies de adultos

Tratamento no farmacolgico da obesidade FMUC 2011

Manuel Jorge Godinho 6

tero excesso de peso e mais de 700 milhes sero obesos mundialmente em 2015 (WHO,

2010). A obesidade reconhecida por esta entidade como um importante problema de sade

Welcome message from author
This document is posted to help you gain knowledge. Please leave a comment to let me know what you think about it! Share it to your friends and learn new things together.