Top Banner

Click here to load reader

Tcm Produtividade

Nov 29, 2015

ReportDownload

Documents

MODELO PARA A FORMATAO DOS ARTIGOS A SEREM UTILIZADOS NO ENEGEP 2003

...............................................................................................................................

ENSINO PRESENCIAL COM SUPORTE ead

n1epproatrabalho de concluso de mdulo TCMAnlise crtica para maximizao da produtividade...............................................................................................................................

Guarulhos

2012Gislaine Macedo SilvaRA: 300562011EPPROAHenrique Rodrigues Da SilvaRA: 306542011EPPROAPaulo Victor Feliz CruzRA: 301142011EPPROARita BarrosDa SilvaRA: 318142011EPPROANoite 1

Sala de Aula: 76N

trabalho de concluso de mdulo TCM

Anlise crtica para maximizao da produtividadeTrabalho de Concluso de Mdulo (TCM) apresentado ao Curso de Engenharia de Produo da Faculdade ENIAC, para a disciplina de Projeto de Produtividade, como requisito parcial para aprovao.Orientador:Prof. Me. Walter Antonio da Silva CostaGuarulhos

20121. Introduo

O Projeto Integrador possibilita uma viso ampla e integrada dos conhecimentos, busca a constante inovao, adaptao e identificao de oportunidades e alternativas na gesto das organizaes.

Durante o semestre o grupo dever identificar os resultados das demais disciplinas para a elaborao do projeto, inclusive o que promove o desenvolvimento das competncias e a integrao dos conhecimentos.

Atravs desses conhecimentos possvel desenvolver competncias a partir da aprendizagem pessoal e no somente o ensino unilateral. O projeto procura estabelecer a ambientao da aprendizagem, estimula a resoluo de problemas organizacionais, capacita e amplia as alternativas para gesto e melhorias das prticas organizacionais.

Esse Trabalho de concluso de mdulo exibe o processo seguido, todos os obstculos enfrentados para desenvolv-lo, alm disso, trouxe disciplina e organizao entre o grupo, ampliao de produo de texto e leitura e um bom trabalho em equipe.2. Produo e ProdutividadeA produo apenas uma medida de resultados, ou seja, um dado sobre o que foi produzido em determinada empresa por um perodo de tempo. Estas informaes so importantes para o planejamento e controle de produo (PCP), que controlar a atividade de decidir sobre o melhor uso dos recursos de produo. Este planejamento e controle de produo trabalham solucionando as seguintes questes: O que produzir, quanto, onde, como, quando, com o que e com quem produzir.A produtividade a capacidade de se produzir mais utilizando cada vez menos em menos tempo. Produtividade minimizar cientificamente o uso de recursos materiais, mo-de-obra, mquinas, equipamentos etc., para reduzir custos de produo, expandir mercados, aumentar o nmero de empregados, lutar por aumentos reais de salrios e pela melhoria do padro de vida, no interesse comum do capital, do trabalho e dos consumidores. (Japan Productivity Center for Social Economics Development ).Estudando a produtividade, podemos diagnosticar e projetar tendncias que interfiram nos resultados desejados, como por exemplo, o estoque de produtos acabados sem demanda. So muito utilizados para estes estudos, grficos e tabelas.A produo e produtividade so estudos diferentes, mas de grande valia um para o outro, atuando em cooperao. Portanto de suma importncia fazer uma anlise em ambos para um melhor retorno no lucro da organizao.

.3.Ferramentas utilizadas no projeto

Para uma realizao satisfatria deste projeto se fez necessrio a utilizao de ferramentas de qualidade como o diagrama de ishikawa e o 5W2H. Utilizar o diagrama de ishikawa importante para ter o diagnstico do que possa estar acontecendo de errado com o processo escolhido. J o 5W2H, ter este diagnstico e explorar as tecnicas que esta ferramenta dispe para a soluo do problema, tendo em vista quanto tempo levar, quanto custar, quando ser feito, etc.Enfim, so ferramentas que a maioria das organizaes utilizam delas, pois, os resultados de melhoria que estas ferramentas trazem so de suma importncia para a estruturao de grandes melhorias de processos produtivos. 3.1 diagrama de IshikawaO diagrama de Ishikawa, tambm conhecido como Diagrama de causa e efeito, Diagrama espinha-de-peixe ou Diagrama 6M, foi e est sendo uma tcnica de Administrao, que foi traduzida das teorias norte-americana para a realidade da cultura Japonesa.

A traduo e compreno foi de Kaoru Ishikawa, nasido em 1915 e formado em Engenharia Qumica pela Universidade de tquio. Embora tenha descrito com detalhes vrias outras ferramentas de controle da qualidade e que utilizamos, tais como o Grafico de pareto, os histogramas, os grafico de conrole e os de disperso, ficou conhecido mesmo especialmente pela difuo dos circulos de controle de qualidade ( CCQ ) e pela criao do Diagrama de Ishikawa.

A contruo do diagrama levado em considerao os 6Ms que so as principais causas de problemas como, mo de obra (pessoas), materias (componentes), mquinas (equipamentos), mtodos, meio ambiente e medio, ( Kaouru Ishikawa). Aplica-se esse diagrama quando o efeito de um processo problematico, isso e quando o processo no gera o efeito dessejado, enfim umas da ferramentas que utilizamos no projeto.

3.2 Ferramenta 5W2H

O 5W2H um tipo de lista de verificao (checklist) utilizada para informar e assegurar o cumprimento de um conjunto de planos de ao, disgnosticar um problema e planejar solues. Essa tcnica consiste em equacionar o problema, descrevendo-o por escrito, da forma como sentido naquele momento particular como afeta o processo as pessoas, que situao desagradavel o problema causa com a mudana do final da pergunta podemos utlizalos tambem como um plano de ao para implementao das solues escolhidas e o quando custa.

O 5W2H talvez seja o instrumento mais utilizado na previso e registro de aes para desenvolvimento de projetos de melhoria. Isso se deve basicamente a simplicidade de preenchimento, necessidade de poucos dados para gesto feito a partir de textos, no requerendo nenhum software especial e de fcil entendimento dos dados. Com essa ferramenta voc tem um quadro completo da tua equipe e os dados necessrios para implementar o projeto. Durante a execuo, o 5W2H permite saber quem quem, o que est fazendo e porque est fazendo. Esta ferramenta composto por indicadores de resultado por meio de gerenciar o plano de ao e verificar se resultado est sendo atingido. So eles que quantificam e qualificam o resultado. So fontes importantes para a avaliao.4. Estrutura Organizacional Na apresentao da empresa, o foco informar sua origem, sua localidade, dados cujo os quais relatam em resumo sua finalidade no mercado em que atua e todo o seu perfil funcional. A apresentao da empresa elaborada para descrev-la, para especificar como e quando ela surgiu, qual seu ramo, sua localizao e sua pretenso.

Com mais de 78 anos a Maggion conquistou a liderana do mercado entre os fabricantes nacionais no segmento da indstria de pneumticos. Com uma grande rede de distribuidores e milhares de consumidores finais, a empresa fornece a mais completa linha de Pneus e Cmaras de ar para motocicletas, caminhonetes, veculos de passeio, industriais, nibus, caminhes, tratores e implementos agrcolas.A Maggion uma empresa do ramo de pneus e cmaras de ar, uma empresa bem conceituada no mercado com certificao ISO 9001:2008, possibilita-nos utiliz-la no desenvolvimento do Projeto Integrador, que teremos que propor uma melhoria quantitativa na produo em um dos processos da empresa.

4.1 Misso, Viso e Valores.

Misso a finalidade da existncia de uma organizao. aquilo que define o significado a essa existncia. A misso da empresa liga-se diretamente aos seus objetivos institucionais, e aos motivos pelos quais foi criada. Servir nossos clientes, oferecendo produtos claramente reconhecidos como diferenciados e melhores no mercado.

Viso o objetivo da empresa, um plano, que descreve o que a organizao quer realizar objetivamente nos prximos anos de sua existncia. Normalmente um prazo longo (mais ou menos 5 anos). algo concreto a ser alcanado. A viso deve ser inspiradora, clara e curta, de modo que todos a sintam. Sermos reconhecidos no mercado como uma empresa que trabalha com seriedade, prestando aos nossos clientes servios com qualidade.Valores representam os princpios ticos que guiam todas as suas aes. Normalmente, so compostos de regras que simbolizam as aes de seus administradores, fundadores, e colaboradores em geral. tica, Comprometimento, Melhoria contnua, Responsabilidade ambiental e social.

4.2 Polticas da Qualidade

A Poltica da Qualidade tem como funo esclarecer os objetivos de uma organizao diante de seu foco principal que a de ser empresa com relaes a seus clientes e na sociedade, e muitas empresas acaba se tornando apenas mais uma usuria desta Poltica sem entender e ou traduzir de forma correta estes conceitos.

A Poltica da qualidade da Maggion representada pela seguinte frase: Satisfazer as necessidades e expectativas dos clientes, aprimorando seus produtos e eficcia no sistema de Gesto da Qualidade.

5. Mapa de ProcessosMapear processos um instrumento que auxilia a organizao a reconhecer as atividades que agregam valor, a estabelecer e disseminar boas prticas, a localizar informao e trocar conhecimento de forma mais eficiente, a identificar oportunidades de melhorias e a apoiar sinergia entre as reas. O mapeamento de processos ajuda tambm a dimensionar as reas a solicitar ou adequar recursos, a prestar contas do que est sendo realizado, alm de gerar indicadores estratgicos e de desempenho.

A maioria das empresas perceberam que para se manterem competitivas, assegurar a sua sobrevivncia e desenvolverem-se na economia global, teriam que, de forma contnua e incremental, mapear e gerir os seus processos de negcio, viabilizando desta forma uma melhoria continua.

O mapeame