Top Banner

Click here to load reader

Revista Live Marketing 018

Jul 23, 2016

ReportDownload

Documents

 

  • Ano 3 nmero 18 2015

    Congresso rene os principais prossionais do mercado e consolida o conceito Live Marketing

    Agncia Carioca UP line foi destaque no Ampro Globes Awards que premiou os melhores do setor

    No s de requinte, glamour e exclusividade que vive o mercado de luxo

    Quer um mercado mais justo e tico no Live Marketing?

  • +55 11 3031.4010 3094.1280

    Rua Wisard, 305 - cj. 53 - Vila Madalena www.freshdesignprojetos.com.br

    fresh_cenografiaFresh Design Cenografia

  • +55 11 3031.4010 3094.1280

    Rua Wisard, 305 - cj. 53 - Vila Madalena www.freshdesignprojetos.com.br

    fresh_cenografiaFresh Design Cenografia

  • 4 #18 w 2015

    sumrio05 Editorial

    08 Mercado do luxo ganha destaque

    12 Live News

    16 2 Congresso Brasileiro de Live Marketing destaque

    34 Focaccia fala sobre o novo Live Marketing

    38 Entrevista Ronaldo Ferreira

    40 Globes Awards entrega o prmio aos vencedores

    62 Business Intellingence na pauta do varejo

    65 Gente

    66 Caderno Ampro

  • 5 #18 w 2015

    Caro leitor

    O 2 Congresso Brasileiro de Live Marketing chegou ao fim com trs certezas absolutas. A

    primeira que as principais agncias do setor comeam a se engajar na proposta de criar

    uma unidade e fazer com que haja um fortalecimento do mercado. A segunda que, defi-

    nitivamente, o conceito Live Marketing entrou no cotidiano de agncias e fornecedores. E a

    terceira certeza a de que existe um ambiente favorvel para a realizao da terceira edio

    do evento dentro de 2 anos.

    No campo das discusses geridas pelos comits, o destaque ficou para a pavimentao de

    um caminho focado, principalmente, na necessidade de se entender como gerar experincias

    nicas para os consumidores, que esto mais maduros. S que, a concretizao desse obje-

    tivo, passa por olhar seriamente para o prprio umbigo. Ficou claro que as agncias tm uma

    lio de casa a cumprir: como satisfazer consumidores e clientes, sem prostituir o mercado?

    evidente que h um longo percurso a ser trilhado, o qual passa pela adoo de boas prticas

    para manter o mercado sustentvel. No mais possvel buscar um job que no seja rentvel.

    No d para as agncias dizerem amm a qualquer proposta vinda do mercado anunciante,

    seja para um fee aviltante, seja para um prazo de pagamento absurdo.

    Os dois dias de evento, bem como as inmeras conversas de bastidores, mostraram que h

    uma profissionalizao do setor. E essa profissionalizao tem que ser vista no dia a dia e

    colocada para fazer a roda girar rapidamente. No possvel ter um discurso na teoria e fazer

    diferente na prtica. No existe mais espao para concorrncias com mais de quatro agncias

    e importante que o setor se posicione em relao a esse e tantos outros temas que norteiam o

    Live Marketing. E, o principal, as agncias precisam estar unidas, porque s assim conseguiro

    ter fora para enfrentar os obstculos.

    O final do evento foi marcado pela entrega do Ampro Globes Awards, que mais uma vez premiou

    os melhores trabalhos desenvolvidos ao longo do ano. O destaque foi para a NewStyle, que

    ficou com o prmio de Agncia do Ano, e para a UP Line, que alm do prmio de Melhor Agncia

    de Live Marketing do Rio de Janeiro e da Regio Sudeste e Centro-Oeste, tambm levou trs

    ouros e uma prata, com trs projetos.

    Boa leitura!

    A Revista Live Marketing um veculo de comunio de propriedade da Growth Comunicaes e desenvolvida em parceria com a Associao de Marketing Promocional AMPRO.

    EXPEDIENTE

    Conselho Editorial: Kito Mansano, Mauro Camargo, Mnica Schiaschio, Paulo Focaccia e Sergio Sanches

    Editor Executivo: Sergio Sanches (MTB 16.338)

    Subeditora: Ana Maria Santos

    Redao: Eduardo Rodrigues, Nathlia da Silva e Robson Castro

    Caderno AmproRedao: Camila Barini

    Reviso: Palavra Bem Escrita

    Projeto Grfico e Diagramao: Fmais Comunicao e Marketing

    Impreso: Leograf Editora Grfica Ltda.

    Sugestes de pauta podem ser enviadas para: sergio@revistalivemarketing.com.br

    Departamento comercial: Mauro Camargo

    Fone: (11) 9 9978.9998 - (11) 2626.0567

    Email: mauro@revistalivemarketing.com.br

    Ncleo comercial: comercial@revistalivemarketing.com.br

    As matrias e artigos assinados no representam necessariamente a opinio da Revista e da AMPRO.

    Fica proibida a reproduo das matrias sem a expressa autorizao dos editores e sem a citao da fonte.

    EDITORIAL

  • 8 #18 w 2015

    MERCADO DE LUXOMERCADO DE LUXO

    Em alta, mercado de luxo quer fidelizar consumidor e mira novos horizontesRequinte, glamour e exclusividade. Esses so alguns dos elementos do mercado de luxo, segmento que busca dar a seus clientes experincias nicas e inesquecveis. Mais do que na funo, o consumo de mar-

    cas e produtos de luxo pautado pelas sensaes proporcionadas. E suprir as

    exigncias dessa parcela seleta de consumidores, a chamada classe AAA ou elite

    da sociedade, o principal desafio das empresas ao desenvolverem suas aes.

    Inventar e reinventar estratgias para atender demanda no tem sido tarefa fcil,

    mas, como o pblico no para de crescer, ao que tudo indica as iniciativas tm

    surtido efeito bastante positivo. Estudo encomendado pelo Centro de Inteligncia

    Padro (CIP) e produzido pela Officina Sophia, sob o ttulo Marcas Mais Amadas

    do Brasil 2015, apontou o crescimento da presena de marcas de luxo no ranking

    das preferidas dos consumidores. De acordo com o levantamento, mais do que

    qualidade, cada vez mais as pessoas buscam produtos personalizados e exclusivos

    para o seu consumo. Ou seja, um setor em franco crescimento, que existe cada

    vez mais um olhar clnico sobre as aes de promoo e estratgias de produo.

    Idealizador do estudo e especialista internacional em relaes de consumo e

    varejo, Roberto Meir assegura que em um perodo em que as marcas buscam

    se diferenciar e estar presentes na mente dos consumidores, estarem ligadas s

    mais amadas representa uma grande conquista para as empresas.

    Meir lembra tambm da necessidade dos diretores de marketing entender como

    as marcas de luxo conseguem trabalhar as dimenses de forma to efetiva que

    a varivel preo fique diluda. Este o verdadeiro sonho de consumo de toda

    marca. Entre as primeiras colocadas nos segmentos analisados no ranking

    dasmarcas de luxo mais amadas do Brasil esto Ferrari, Louis Vuitton, Dior, John

    John, Cartier, Gucci, Ralph Lauren, Polo Ralph Lauren e Rolex.

    Referncia na Amrica Latina quando o assunto mercado de luxo, Carlos Ferreirinha,

    presidente da MFC Consultoria, v o setor atualmente com a mesma cautela que

    enxerga o mercado nacional de todos os segmentos. No mundo h tambm um novo

    formato: mercados mais jovens de consumo que garante crescimento. O mesmo se

    aplica ao Brasil, com as novas regies como Nordeste, Norte e Centro-Oeste. Segue

    em crescimento, mas em taxas menos agressivas como foram at ento.

  • 9 #18 w 2015

    Gerir o negcio pelo princpio da gesto do luxo uma deciso

    estratgica que demanda comprometimento imperativo com a

    excelncia e a perseguio do extraordinrio, salienta Ferreiri-

    nha. Ainda de acordo com ele, qualidade o ponto inicial e a ne-

    cessidade de adio de caractersticas que elevam a percepo

    do produto e servio, que igual mo-de-obra, matria-prima,

    nvel de servio prestado e atendimento emocional.

    Para o consultor, o segredo do sucesso nesse mercado a persis-

    tncia somada viso estruturada de longo prazo. E isso aliado a um

    comprometimento singular com o especial, diferenciado, exclusivo

    e excepcional. O luxo tem como foco principal o indivduo com

    perfil de consumo aspiracional, que se movimenta pela vontade e

    no somente necessidade. Quem busca marcas que o emocionam

    e se permitem ao encantamento. Dependendo dos produtos e ser-

    vios, alguns so acessados apenas por indivduos de alta renda.

    Em alta

    Para o especialista Eduardo Dechichi, todas as marcas precisam

    de uma personalidade que consiga inspirar uma paixo nas

    pessoas, pois os empresrios bem sucedidos personificam seus

    negcios. Para manter a marca no ar, criar e manter seu status

    na comunicao imprescindvel. O maior custo do marketing do

    luxo a pesquisa, preparao do material grfico e a divulgao,

    seja ela por mdias tradicionais ou mdias digitais.

    Ainda segundo Dechichi, que tambm empresrio do ramo de

    luxo, caso essa divulgao esteja atrelada ao Live Marketing, o

    ambiente e o cenrio so importantes e o treinamento dos pro-

    motores esmerado. Qualquer detalhe ao vivo pode destruir

    a imagem da marca em segundos.

    Mais do que os produtos em si, as experincias proporcionadas

    so o verdadeiro luxo. o que ressalta a VP de Atendimento da

    Digi, Sara Bonenkamp. Hoje, luxo de verdade so experincias.

    E com certeza para a classe AAA o tempo cada vez mais mais

    valorizado. Sendo assim, para terem uma estratgia eficiente as

    empresas proporcionam aos seus consumidores experincias de

    luxo que envolve a marca, criam festas exclusivas, idealizadas a

    partir de um mailing seleto. So momentos que o dinheiro efetivo

    no pode comprar, observa.

    Segundo a executiva, tambm so importantes as experincias

    que ensinam algo para o consumidor de luxo. Ele quer apren-

    der, ver coisas que nunca viu. Por exemplo, fazer uma aula de

    culinria no meio do Saara com um chefe famoso de especiarias

    rabes, patrocinada pela Land Rover.

    Transformao

    Com a introduo da lgica do mercado de massa e seus in-

    vestimentos em marketing, o setor de luxo ganhou uma nova

    dinmica, diferente da que o originou. A opinio da gerente de

    Marketing da Swarovski, Mirella Celeri, que v o mercado em

    plena transformao. Atelis que faziam produtos para uma

    elite se tornaram grandes conglomerados que aumentaram

    substancialmente o nmero de lanamentos por ano ao mesmo

    tempo em que inseriram produtos de menor valor agregado em

    seu portflio. Os jovens tambm trouxeram novas formas de se

    usufruir do luxo. Diante de tanta transformao, um contingente

    bem maior de consumidores passou a almejar o luxo, diz.

    Mirella comenta que se o luxo no vivel para todos ainda h

    a possibilidade de se comprar produtos premium, que tragam a

    satisfao para um pblico que ascendeu socialmente atravs de

    suas conquistas. a onda da premiunizao. Empresas e marcas

    passam a querer se diferenciar atravs de caractersticas premium.

    Temos de gua a cerveja, de papel higinico a carros. Tudo para

    buscar diferenciao, oferecer algo a mais para um pblico cada vez

    mais exigente e antenado com o que est acontecendo no mundo.

    Com 15 anos de experincia de mercado, o scio da agncia MR,

    Ricardo Sampaio comenta que o mercado de luxo um segmento

    Por incrvel que

    parea, a atual

    situao da economia

    beneficia o setor.

    Com a alta do dlar

    os clientes passam a

    comprar mais aqui,

    mais vantajoso.

    (Cludio Diniz)

    CEO da Maison du Luxe no Brasil, Cludio Diniz Vice-presidente da Digi, Sara Bonenkamp Presidente do Instituto I-VBA, Juan Manuel Valladares

  • 10 #18 w 2015

    MERCADO DE LUXO

    que no para, tendo um pblico fiel, independente do momento fi-

    nanceiro do Pas, sendo que a crise apenas influencia na frequncia

    em que as compras so realizadas. E para ele uma gesto eficiente

    para o setor tem que ter um diferencial:o networking, saber o que

    acontece nesse meio. Em segundo pontuo a abordagem utilizada,

    que nesses casos deve ser formal, compatvel ao mundo em que

    esse cliente vive. Detalhes tambm so fundamentais e devem ser

    colocados em prtica com toda pompa necessria.

    Para Sampaio fundamental que as agncias estejam perto de

    seus clientes o mximo possvel, para entender as diferenas,

    perfis, gostos. Tudo isso, sustenta o executivo, fornece uma base

    com referncias importantes. Segundo ele, a MR tem isso como

    lio de casa e passa essa metodologia em suas campanhas. O

    pblico de luxo gosta de se sentir exclusivo e isso precisa estar

    claro na elaborao dos projetos. O cliente gosta de se sentir

    querido e reconhecido. Essa ao traz esse sentimento, pois

    demonstra que a marca se preocupa com ele e o saldo disso

    o mais positivo possvel, pois fideliza o cliente e aproxima a

    marca dele, encerra o scio da MR.

    A diretora da Task Trade, Bruna Fanucchi De Micheli, destaca que

    o mercado de luxo um dos mais importantes do Brasil e que est

    em franca ascenso, que exige um trabalho especificamente das

    empresas, desde a promoo at o material de comunicao a ser

    criado e produzido. Trabalhei com muitas cervejas especiais de alto

    valor agregado onde os brindes eram taas de cristais com filetes

    de ouro para reproduzir a logo marca. Um ticket mdio alto, para

    um brinde caro, porm apreciado e aceito pelos consumidores.

    Para a executiva, este ano o mercado deve ter um crescimento

    mais tmido, porm um target difcil de reduzir seu consumo.

    E entre os desafios est sempre a oferta do melhor em aes

    adaptadas a este pblico. Temos foco tambm em conquistar

    os consumidores de luxo para o seguimento de beleza, trazendo

    experincias as lojas, em shoppings renomados, com demons-

    traes de alto nvel para o pblico. Fidelizao, atendimento em

    tempo real e a qualquer hora, para o cliente que exigente. Essas

    tambm so nossas metas para sempre superar as expectativas.

    Olhar apurado

    Coordenador da Comisso de Luxo da Cmara de Comrcio

    Frana-Brasil e CEO da Maison du Luxe no Brasil, Cludio Diniz

    contundente ao afirmar que o setor vive um timo momento

    no Pas. Por incrvel que parea, a atual situao da economia

    beneficia o setor. Com a alta do dlar os clientes passam a com-

    prar mais aqui, mais vantajoso. Recentemente visitei algumas

    marcas e todas afirmaram que bateram suas metas em janeiro,

    fevereiro e maro. Segunda elas, esse ano foi melhor do que 2014.

    A crise no afetou o mercado de luxo, ao contrrio, beneficiou.

    De acordo com ele, que autor dos livros O mercado do Luxo no

    Brasil e The Luxury Market in Brazil, os diversos segmentos do

    mercado de luxo apresentam bons resultados atualmente. Moda,

    relojoarias e calados, por exemplo, bateram suas metas. O seg-

    mento de eventos outro que se mantm em alta, assim como

    a gastronomia. Segundo Diniz, h locais que no possuem mais

    datas para a realizao de eventos nesse ano, pois esto com a

    agenda cheia.

    Entender o consumidor de cada regio do Pas o grande desafio

    dos empresrios, afirma Diniz. As marcas queriam em um primeiro

    momento analisar o mercado. Agora elas analisam as regionalida-

    des do Brasil, as caractersticas de cada estado, de cada cidade. O

    grande desafio entender o consumidor de cada Estado, entender

    de onde ele , o que quer, o que lhe agrada e como atingi-lo. A cada

    27 minutos surge um milionrio, o Brasil o segundo pas onde

    mais surgiro milionrios at 2016, perde apenas para a frica do

    Sul. A marcas precisam ver onde esto os milionrios.

    Esse mundo de requinte e luxria, porm, precisa ser melhor

    entendido. H mitos que devem ser esclarecidos, diz o presiden-

    te do Instituto I-VBA, Juan Manuel Valladares, que desenvolve

    aes no segmento. Para ele, existe principalmente falta de

    conhecimento sobre o que realmente significa ou implica esse

    conceito. Isso porque, ressalta ele, luxo nada tem a ver com o

    consumo de produtos caros, mas sim com refinamento. E o fim

    desse imbrglio pode ter incio, por exemplo, na desconstruo

    da tese de que clientes do mercado do luxo possuem um alto

    grau de exigncia dos servios ou produtos oferecidos.

    Valladares entende que esse mercado composto por clientes

    complexos. Essa complexidade provm dos usos e costumes

    que rodeiam seu dia a dia. Vale lembrar que no falamos de

    recursos econmicos e sim de refinamento, o que demanda

    uma ampla bagagem sociocultural e o que certamente no deve

    se confundir com rigidez ou monotonia. Pelo contrrio, trata-

    se da diversidade no olhar, produto de uma maior educao e

    experincias vivenciadas. Quanto mais voc conhece, aprende e

    tem experincias, certamente uma personalidade mais complexa

    voc desenvolver, analisa.

    O fundamental para o sucesso de uma empresa de marketing

    Para toda iniciativa

    que voc pretenda

    desenvolver dentro

    do mercado do

    Luxo, uma das

    principais regras

    oferecer altssima

    qualidade. E

    isso, em termos

    de experincia

    do consumidor,

    significa

    desenvolver uma

    iniciativa genuna,

    verdadeira. (Juan

    Manuel Valladares)

    Especialista, Eduardo Dechichi

  • 11 #18 w 2015

    nesse mercado, aconselha Valladares, contar com uma equipe

    verticalmente especializada ou desenvolver uma parceria correta

    com quem tiver o conhecimento e olhar refinado necessrio,

    no considerando somente ter acesso aos elementos de uma

    campanha, mas de realizar a mistura perfeita entre eles. Para

    toda iniciativa que voc pretenda desenvolver dentro do mercado

    do Luxo, uma das principais regras oferecer altssima quali-

    dade. E isso, em termos de experincia do consumidor, significa

    desenvolver uma iniciativa genuna, verdadeira. Voc tem que

    fazer o consumidor sentir que ele vivencia algo que real e no simplesmente

    uma campanha fake procura de clientes. Voc at poder mostrar resultados

    com esse tipo de ao, mas no atingir o pblico-alvo da marca, observa.

    Valladares destaca ainda o quo assertiva foi a troca da denominao Marketing

    Promocional para Live Marketing, o que permite, segundo ele, visualizar o port-

    flio de em um contexto mais amplo, orientado na criao de experincias para os

    consumidores dos clientes. Experincias que no mercado do luxo devem ser ni-

    cas, sendo estas experincias nicas consideradas absolutas e totalmente rele-

    vantes para qualquer tipo de campanha. n

    Presidente da MFC Consultoria, Carlos Ferreirinha Diretora da Task Trade, Bruna Fanucchi De Micheli

  • 12 #15 w 2015

    Live News

    A ALE, quarta maior distri-

    buidora de combustveis do

    pas, a Visa e a Cielo realizam,

    at o dia 11 de novembro,

    uma promoo que vai levar

    trs clientes dos postos da

    rede de postos para assistir

    abertura das Olimpadas

    Rio 2016. Para participar da

    promoo, basta realizar um

    pagamento com o carto Visa (Visa Electron, Visa Crdito, Visa Empresarial,

    Visa Cargo e pr-pagos Visa) nas mquinas da Cielo nos postos ALE. A cada

    transao realizada, de qualquer valor, o participante ter direito a um nmero

    da sorte, que poder ser consultado a partir do dia 3 de novembro no site visa.

    com.br/vocenaabertura. Os vencedores sero divulgados no dia 11 de novembro

    no hotsite da promoo.

    A Cmara Brasileira de Comrcio Eletrnico (camara-e.net) abriu as inscries

    para o selo Black Friday Legal 2015, programa que visa a criar um ambiente

    de confiana e promover boas prticas no e-commerce na data promocional de

    novembro. As empresas interessadas em participar devem preencher o formu-

    lrio de inscrio no site do Black Friday Legal 2015 (http://blackfridaylegal.

    camara-e.net), assinar digitalmente o cdigo de tica da promoo, em que

    se comprometem a realizar ofertas reais, e responder a uma pesquisa simples

    sobre o seu negcio elaborada em conjunto com o Servio Brasileiro de Apoio

    s Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). Alm disso, devem assistir a uma das

    capacitaes que camara-e.net e Braspag esto oferecendo gratuitamente sobre

    os aspectos legais do e-commerce.

    Para dar a oportunidade a todos os brasileiros de se candidatar a ser um

    condutor da Tocha Olmpica ou da Tocha Paralmpica Rio 2016, a Nissan criou

    o Projeto Rota da Tocha de recrutamento de candidatos para o revezamento.

    E o resultado das duas primeiras semanas da ao supera as expectativas,

    com mais de 1,5 mil histrias enviadas como parte da inscrio no site

    www.quemseatreve.com.br. Alm disso, equipes de selecionadores esto rodan-

    do o Brasil com carros Nissan para encontrar pessoas com histrias atrevidas.

    Ter uma ao ou histria de vida atrevida exatamente o critrio principal da

    Nissan para a seleo dos candidatos a condutor da tocha. O Projeto Rota da

    Tocha foi desenvolvido com a agncia Momentum.

    Depois de 8 anos, a Skol voltou a patrocinar o Festival de Inverno da Bahia, que

    chegou a sua 11 edio. Patrocinadora da cota mster, a cerveja Skol criou

    vrias aes, dentre elas duas opes de entretenimento inditas preparadas

    exclusivamente para o pblico do Festival. A grande novidade foi o Skol up

    Bar, um espao com estrutura de bar sustentado por um guindaste h 30 m

    de altura do cho, onde o convidado pode curtir o festival nas alturas e expe-

    rimentar com drinks especiais de Skol Beats Senses. Outra experincia foi a Vitrine Skol - um camarote exclusivo com direito a uma passarela para deixar o

    convidado ainda mais perto dos shows. A Vitrine Skol foi montada em uma rea

    de 138 m2, totalmente decorada e capacidade para receber 200 convidados por

    noite. Alm destas aes, a Skol preparou uma lata estilizada para o Festival

    de Inverno da Bahia. Pela primeira vez, o pblico teve uma lata com designer

    exclusivo criado para o evento.

    Os seguidores da lanchonete The Fifties nas redes sociais tm um motivo a mais

    para acompanhar as delcias postadas diariamente. Est no ar a campanha Fifty

    Fifty, desenvolvida pela agncia Digi, que distribui descontos de 50% na conta

    do happy hour nas lojas da rede, nas entradas na hora do almoo ou para a sobremesa no jantar. Para participar, basta que os seguidores se conectem com

    o Facebook da marca, entrem no app, decidam o melhor momento para rachar

    a conta com o The Fifties (almoo, jantar ou happy hour), indiquem trs amigos e escolham a loja de preferncia para o uso do benefcio. Depois, s imprimir

    o voucher e usar na unidade.

  • 39 #15 w 2015

  • 16 #18 w 2015

    CAPA

    Cerca de 600 profissionais de Live Marketing, estudantes, clientes, agncias, fornecedores e pblico antenado com os rumos do setor mais uma vez se reuniram para colocar em pauta os prximos passos de um mercado que movimenta cerca de R$ 50 bilhes anualmente. O 2. Congresso Brasileiro de Live Marketing envolveu discusses com

    quem conhece o dia a dia das rotinas e exps tendncias, polmicas e opinies diversas, alm de cases de sucesso. O evento durou dois dias e deixou pelo menos dois ensinamentos. O primeiro a importncia do engajamento, visto que vrias agncias se uniram para sua realizao. O segundo que o termo Live Marketing se consolidou.

    Alm disso, possvel assegurar que dois temas foram citados em praticamente todos os painis a crise econmica e a importncia do digital para a comuni-cao entre as marcas e o pblico.

    Na abertura dos trabalhos, o presidente da Associao de Marketing Promocional (Ampro), Kito Mansano, destacou a satisfao em realizar mais um encontro do universo Live Marketing, mesmo tendo de encarar as dificuldades encontradas. Ns despejamos toda a nossa energia para superar os desafios, ignoramos discursos de crise e nos concentramos no fazer, somos Live Marketing. Ns nos superamos a cada dia e estamos de volta com nosso Congresso, afirmou o executivo, lembrando que, dessa vez, o trabalho foi mais rduo.

    Segunda edio do Congresso mostrou a importncia de se manter engajado para superar dificuldades

    Para atrair clientes, o Live Marketing est no foco das marcas

    O comit intitulado O Valor do Live Marketing trouxe para discusso o tema A importncia do Live Marketing no resultado do meu negcio. Ficou claro que aes Live esto cada vez mais no foco de trabalho das marcas como ferramenta indispensvel para atrair clientes ao consumo de produtos e, claro, gerar paixo e resultados.

    Participaram do painel a vice-presidente de Marketing da Mastercard, Beatriz Galloni; a Head of Branding & Creative da Nestl Brasil, Tatiana Lemos; e o Chief Marketing Officer(CMO) da Samsung Mobile, Ricardo Barbosa. A mediao ficou por conta do scio-diretor da Aktuellmix, Clio Ashcar Jnior, e do Chief Executive Officer (CEO) da Ponto de Criao, Marcelo Heidrich.

    Mansano enfatizou ter acreditado que a segunda edio do evento seria mais fcil de realizar. Tivemos de convencer nossos pares, e nos convencer tambm, de que esse encontro fundamental. Acreditei que esse segundo congresso seria muito mais fcil, mas estava enganado, completou o presidente da Ampro. n

    Presidente da Ampro, Kito Mansano

    Vice-presidente de Marketing da Mastercard, Beatriz Galloni; a Head of Branding & Creative da Nestl Brasil, Tatiana Lemos; scio-diretor da Aktuellmix, Clio Ashcar Jnior, Chief Executive Officer (CEO) da Ponto de Criao, Marcelo Heidrich e o Chief Marketing Officer(CMO) da Samsung Mobile, Ricardo Barbosa

    O destaque ficou para a revelao de que h um movimento no mercado com o objetivo integrar marcas e agncias, para que exista maior grau de parceria, no apenas de trabalhos em modelos tradicionais. No s no caso de consumidores, o momento de pensar em conjunto para gerar experincias de alto impacto. A inovao tambm fator preponderante quando a ideia atrair a ateno dos consumidores. O que a gente v um consumidor maduro e preparado para essa crise, que busca cada vez mais informao. Ele teve acessos muito grandes ao consumo e agora no quer abrir mo disso, destaca Tatiana.

    As mdias tradicionais j no tm o mesmo impacto que em anos atrs, afinal o uso das tecnologias mveis tem causado uma revoluo na interao entre as pessoas. O grande desafio gerar preferncia, e isso no consigo atravs da televiso. Na TV consigo mexer com o emocional, mas com o Live Marketing criamos momentos que no tm preo, avalia Beatriz.

    O case da Coca-Cola, que adicionou o nome das pessoas nas latas de refrigerante e promoveu a interao entre a marca e seu pblico final ganhou destaque no painel. Alm disso, essas inovaes no pensamento que se concretizam em aes Live partem do pressuposto de que as agncias devem estar dispostas a desafiar junto com as marcas.

    Por outro lado, ousar nas parcerias tambm alavanca resultados e fideliza con-sumidores, como no caso da unio de foras entre Mastercard e Samsung, no programa Surpreenda. O Live Marketing vital para o engajamento do pblico, e nada melhor que a possibilidade de experimentar e aprofundar o contato com o produto. O consumidor inteligente, ele quer um negcio 360 graus, com-plementou Barbosa. n

  • 17 #17 w 2015

    C

    M

    Y

    CM

    MY

    CY

    CMY

    K

  • 18 #18 w 2015

    CAPA

    #somosgratos

    truckvan truckvan_brasil truckvan

    Ampro Globes Awards

    Melhor Fornecedor do Ano 2015

    www.truckvan.com.br | (11)2086-5555 Rua So Gabriel, 126 - Jd. So Luiz - So Paulo

    No inventamos a roda, mas graas a ela chegamos aqui.

    C

    M

    Y

    CM

    MY

    CY

    CMY

    K

    Anncio Truckvan.pdf 1 03/09/15 09:48

  • 19 #17 w 2015

    #somosgratos

    truckvan truckvan_brasil truckvan

    Ampro Globes Awards

    Melhor Fornecedor do Ano 2015

    www.truckvan.com.br | (11)2086-5555 Rua So Gabriel, 126 - Jd. So Luiz - So Paulo

    No inventamos a roda, mas graas a ela chegamos aqui.

    C

    M

    Y

    CM

    MY

    CY

    CMY

    K

    Anncio Truckvan.pdf 1 03/09/15 09:48

  • 20 #18 w 2015

    CAPA

    Criatividade e inspiraes podem quebrar padres

    Plugue-se ao digital ou fique off-line para o mundo

    Qual a fonte, o poo, a rvore ou qualquer local de onde brotam as ideias e como o processo criativo est impregnado nos profissionais de Live Marketing esse foi o assunto que entrou em pauta. O Live Marketing

    sob o olhar da ideia reuniu um time de criativos de agncias diversas para esclarecer e criar polmicas sobre as rotinas dos profissionais que tm a mente antenada no mundo.

    O painel escalou os criativos Adriana Salles, diretora de Criao e Planejamento da Avantgard; Adriano Cerullo, diretor de Criao da The Marketing Store; Ana Paula Dugaich, vice-presidente de Criao e Planejamento da Ponto de Criao; Bruno Brasileiro, diretor de Criao da Mood; Cleber Paradela, diretor de planejamento da Tudo; Mrcio Franco, diretor de Criao da Tudo; e Mnica Pedro, diretora associada de Planejamento da Live Team/Grupo Team Cretif. A mediao ficou a cargo do diretor de Criao Dil Mota.

    Adriana destacou que a inspirao vem de todos os lugares, principalmente, de ouvir as pessoas, histrias, msica, est em todo lugar. Brigo com meu time at hoje. Odeio criativo de fone de ouvido. preciso estar atento a tudo o que acontece, disse Adriana.

    A inquietao do momento que o mercado precisa se reinventar. Um exemplo comentado pelos participantes foi como o aplicativo UBER alterou um segmento econmico, j que os taxistas no pensaram em uma ideia para inovar seu mercado.

    Dil Mota colocou em pauta se a criatividade um dom ou algo que pode ser

    desenvolvido. Cerullo comentou sobre a maneira como a escola trata a criativi-dade das crianas, e que h escolas de comunicao que fazem o processo de desintoxicao do que aprendido na escola. Ana Paula acrescentou que se a pessoa no estiver interessada no mundo no tem como ser criativa.

    Alm das ideias, os criativos tambm destacaram que necessrio um constante enfrentamento positivo e desafiar os clientes, para que novas e encantadoras inspi-raes se tornem aes Live. As agncias tm o dever de levar ao cliente algo que encante, encha os olhos, faa a marca se destacar, refora Brasileiro. n

    O mundo est cada vez menor aps a revoluo digital que acontece a cada minuto. H dados expressivos que apresentam um panorama de universaliza-o do acesso s redes sociais e de interao. Para ter ideia do tamanho do impacto causado pelo digital na vida das pessoas, 1,49 bilho de pessoas esto no Facebook a cada ms. Outros 800 milhes esto no Whatsapp e 40 milhes usam pginas para pequenos negcios. Estar presente no ambiente digital primordial, inclusive para marcas e agncias que lidam com aes Live.

    Para discutir quais os modelos de negcios envolvendo digital e as oportunidades aproveitando a conectividade do pblico, o congresso reuniu a estrategista de contas do Google, Nina Camargo; a diretora executiva da Interactive Advertising Bureau - IAB

    Brasil, Cristiane Camargo; e o lder da rea de vendas do Facebook, Marcelo Pacheco.

    Dados apresentados por Cristiane so animadores para quem pensa em investir no digital 90% da populao no Brasil ter acesso

    Internet at 2018, e o investimento nesse segmento publicitrio, em 2015, deve ser de R$ 9,5 bilhes. O foco dos gigantes da tecnologia, no caso o Google e o Facebook, formalizar parcerias com as agncias, gerando mais negcios e lucros. Uma das questes esclarecidas que j h programas de remunerao para agncias por parte do Facebook.

    E h espao para texto, foto, vdeos, claro, observando cada peculiaridade da mdia e qual o tipo de pblico a ser alcanado. Entender os pontos fortes e fracos de cada servio digital tambm se faz necessrio para ter sucesso e relevncia nos meios digitais, para atrair o pblico consumidor e gerar negcios. Pacheco destacou que no cenrio atual no h distino entre o on e o off-line. Tenho duas notcias, uma boa e uma m. A ruim que no h mais diviso entre digital e no digital. A boa que estamos aqui para ajudar, disse o representante do Facebook.

    Dentre os cases apresentados, Nina comentou sobre dois. O Google Cardboards para a Renner permitiu que clientes, jornalistas e o pblico tivessem a experincia imersiva ao vivenciar o processo criativo dos designers de moda por meio de um pequeno aparelho, uma espcie de culos de realidade virtual. E o case Challenge All in or Nothing, uma ativao para a Adidas na Copa, que teve pblico participante que encheria diversos estdios do Maracan. importante, acima de tudo, que as agncias sejam genunas. E elas devem pensar nos canais no apenas como meios de contato, mas como veculos de projeo, que podem personificar as marcas. Porm, se no houver genuinidade, no possvel dar andamento em qualquer campanha, enfatizou Nina. n

    Equipe de criativos, moderados por Dil Mota

    Lder da rea de vendas do Facebook, Marcelo Pacheco; estrategista de contas do Google, Nina Camargo; Chief Executive Officer (CEO) da Ponto de Criao, Marcelo Heidrich; scio-diretor da Aktuellmix, Clio Ashcar Jnior e a diretora executiva da Interactive Advertising Bureau - IAB Brasil, Cristiane Camargo

  • 21 #17 w 2015

    Siga nossas redes sociaise saiba mais sobre a TeleEventos

    TeleEventos,empresa oficial na Gesto

    e Credenciamentodos Participantes do

    2 Congresso Brasileiro de Live Marketing.

    At o prximo!

    Orgulho de Ser TeleEventos :Realizar a Gesto de Convidados e Credenciamento do mais importante evento de LIVE MKT do Brasil!

    Presidente

  • 22 #18 w 2015

    CAPA

    Brasil avana no Live e aprende com os gringos

    Mercado busca o equilbrio da relao com Compras

    O Comit de Relaes Sustentveis trouxe o painel Um Outro Mundo

    Possvel, que contou com a presena da Chief Marketing Officer (CMO)

    da Iris Group para as Amricas, Sarah Aitken. A moderao ficou por conta

    do vice-presidente de desenvolvimento setorial da Ampro, Wilson Ferreira Junior,

    e da presidente da Mark Up, Silvana Torres.

    Sarah destacou que a unio das equipes importantssima para reduzir gastos

    e chegar a resultados satisfatrios. Sarah ponderou sobre algumas atitudes que

    afetam o mercado, como a necessidade de diferenciar um trabalho perante os

    demais e caso no consiga melhor nem entrar, ou desistir do caso. Outra

    situao comentada pela convidada foi o fato de verificar a totalidade do projeto.

    Para ela, se o briefing estiver com lacunas. necessrio conversar com o cliente.

    Quando o assunto o mercado exterior, Sarah comenta que h um relacionamento

    de respeito entre as agncias em outros pases, o que se torna benfico para

    todos os participantes dos processos Live. Relacionamentos de qualidade so

    mais sustentveis e duradouros.

    Sarah completa sua reflexo falando de algumas mudanas observadas no setor

    nos ltimos anos, que causaro impacto em toda a relao marca-consumido-

    res. Temos visto uma integrao do marketing digital com o tradicional. Nunca

    vimos uma evoluo to boa quanto agora. H o surgimento do ponto de vista

    estratgico.

    Em um vdeo produzido especialmente para o Congresso, os executivos da Jack

    Morton, uma das principais agncias de brand experience do mundo, destacaram que a criatividade um dos elementos do processo do negcio, mas deve-se

    observar que as agncias e clientes precisam fortalecer seus laos por meio de

    parcerias slidas em torno de um objetivo comum atrair os coraes e mentes

    do pblico consumidor. n

    Um dos grandes desafios no cotidiano das agncias e clientes envolve

    atender as demandas das campanhas, que passam pelas reas de Com-

    pras. No Congresso de Live Marketing, essa situao gerou polmica entre

    os participantes, devido ao conflito de interesses observado entre as reas de

    Compras dos clientes e as agncias. Esse conflito foi, inclusive, apontado pelo

    vice-presidente de Compras da PSA Peugeot Citroen Amrica do Sul, Carlos Cruz.

    Ele destacou a divergncia de prioridades, j que enquanto o setor de Compras

    prima pela rentabilidade, o de Marketing busca a criatividade, e isso tem um custo

    que pode se enquadrar no oramento ou ultrapassar. Diante disso, ele acredita

    ser necessrio mudar o formato atual para que todos ganhem. Uma das metas

    a troca de experincias e aprendizados.

    Colaboraram com o painel o presidente da Mega Share, Mrcio Mendes; e o

    manager director da Inner Group, Fbio Battaglia. Precisamos equalizar o inte-resse de Compras e Marketing, disse Bataglia. n

    Vice-presidente de desenvolvimento setorial da Ampro, Wilson Ferreira Junior; presidente da Mark Up, Silvana Torres e a Chief Marketing Officer (CMO) da Iris Group para as Amricas, Sarah Aitken

    Presidente da Mega Share, Mrcio Mendes; presidente da Mark Up, Silvana Torres, vice-presidente de Compras da PSA Peugeot Citroen Amrica do Sul, Carlos Cruz e o manager director da Inner Group, Fbio Battaglia

  • 23 #17 w 2015

  • 24 #18 w 2015

    CAPA

    Valores e condutas em pauta

    Em busca do ouro vivo

    Quais as condutas, padres ticos, mecanismos, princpios e solues que podem compor o mantra das agncias e clientes envolvidos com o universo do Live Marketing? Essa pauta foi abordada e esclarecida

    durante o painel Declogos de Valor, que focou na elaborao de ideias que servem de sugesto para os lados da moeda do mercado, em busca do desenvolvimento de relacionamentos mais justos, nos quais todos possam colaborar para o fim dos negcios predatrios.

    O vice-presidente de desenvolvimento setorial da Associao de Marketing Pro-mocional (Ampro), Wilson Ferreira Junior, comandou os trabalhos e apresentou os princpios que, em tese, deveriam nortear os rumos do mercado Live. Ele ainda pontuou quais so as atitudes que os clientes devem incorporar s roti-nas cotidianas para que haja harmonia entre os envolvidos nas negociaes de solues criativas e as marcas.

    Os principais pontos residem em trabalhar para tornar o Live Marketing prota-gonista de solues estratgicas para os clientes, agindo eticamente, formando talentos e produzindo resultados mensurveis e significativos para a cadeia envolvida; fazer com que as agncias sejam filiadas a Ampro e certificadas por ela; alm de defender o sistema 4 or Pay, incentivando concorrncias com no mximo quatro agncias. O mesmo valor para os clientes, que tambm contam com um elenco de sugestes. A lista completa dos princpios pode ser vista no site da Ampro.

    Como concluso aos trabalhos do painel, o diretor da Agncia Um, Ronaldo Fer-

    reira, foi anunciado como o novo presidente do Comit de Relaes Sustentveis da Ampro e assegurou que gerar uma mudana de filosofia no pensamento de mercado ser o maior desafio do comit. Esse o momento de fazer o negcio virar atitude. O canal Fala Mais no site da entidade ser uma das ferramentas colaborativas nesse processo. Vamos ouvir as dvidas e tentar ajudar.

    Economia e oportunidadesO primeiro dia do 2 Congresso Brasileiro de Live Marketing foi fechado com a palestra de Ricardo Amorim, economista e apresentador do programa Manha-ttan Connection/Globonews. Com o tema Um Osis de oportunidades no Live Marketing em meio ao deserto da crise econmica, ele exps diversos dados e comentou sobre como transformar as dificuldades do atual cenrio econmico em lucros. Apesar das crticas, Amorim foi otimista em relao ao Live Marketing. Esse mercado vai crescer exponencialmente. O que tem valor hoje a informa-o. No entanto, para que o resultado seja positivo, o profissional mostrou que preciso pensar diferente. Hoje, esto se vendendo por preo e no por valor, e isso no pode acontecer. n

    De olho nos Jogos Olmpicos 2016 do Rio de Janeiro, o Congresso de Live Marketing escalou profissionais para abordar a vivacidade, a dinmica e o legado desse megaevento esportivo. O Painel Olmpico: Live, Life,

    Legacy reuniu Gaetano Lops, Chief Executuve of Officer (CEO) da Gael e o diretor de Planejamento da Momentum, Rodrigo Coelho. O presidente da Agncia Tudo, Mauricio Magalhes, comandou os trabalhos.

    Magalhes destacou que o momento de pensar em oportunidades de negcios, alm do que feito pelos patrocinadores oficiais, e fez um alerta sobre a impor-

    tncia do Live Marketing para o evento. Sem o Live as marcas no avanam. Ele pontuou ainda que a Olimpada ser um evento espetacular para o Brasil, e um momento para reinventar.

    Como complemento, Coelho destacou que os jogos representam cifras eleva-das. Ser uma oportunidade para as marcas contriburem, fazerem diferena e serem reconhecidas pelo pblico. Nesses jogos, vamos viver uma das coisas mais importantes que as marcas podem aprender, que o poder do real time marketing, da reao ao vivo.

    Outro fato destacado por Lops que as marcas, alm de fazer ativaes, devem focar no legado que desejam para os consumidores. Tem que aprofundar a relao com atletas, com a sociedade e com o pas, comentou. Ele ressaltou, ainda, que as marcas devem buscar parcerias com as agncias para que as estratgias no sejam prejudicadas e que o pblico consumidor seja atendido em suas expectativas. Tem que fazer as coisas de verdade, porque os consumidores detonam na internet o que mal feito.

    Coelho disse que os anunciantes precisam ter coragem e deixar de fazer coisinhas. preciso criar conexes, criar fs e deixar um legado positivo, afirmou Coelho. Na linha de provocao, Magalhes destacou que tambm a chance de todos os envolvidos com o Live porem fim ao complexo de vira-lata dos brasileiros.

    Lops destacou tambm a necessidade de planejamento para as empresas que ainda desejam participar do maior evento esportivo mundial. Para quem j est envolvido com o esporte, a hora essa. Quem no fez, a chance de comear. Mas, se for pensar nos jogos e depois esquecer, no adianta. uma histria para ficar. Sei quando uma marca fala superficialmente comigo ou profundamente. Essa a grande diferena para esse tema, afirmou. n

    Presidente do Comit de Relaes Sustentveis da Ampro, Ronaldo Ferreira

    Chief Executuve of Officer (CEO) da Gael, Gaetano Lops; presidente da Agncia Tudo, Mauricio Magalhes e o diretor de Planejamento da Momentum, Rodrigo Coelho

  • 25 #17 w 2015//////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////// www.fullbar.com.br

    contato@fullbar.com.br (11) 3021-9800 / f u l l b a r d i g i t a l

    HAPPYHOURRUA DR. ALBERTO SEABRA, 1061

    D I G I T A L

    AGORA DECASA NOVA

    MAIS ESPAO PARA NOVAS IDEIAS E INSIGHTS OUSADOS, DESCOMPLICANDO TECNOLOGIAS PARA SEUS PROJETOS DIGITAIS.

    ACESSE O SITE E VEJA O NOSSO CARDPIO

    Alguns dos melhores drinks

    MULTIPLUS

    AMAROKCAMPANHA

    DE INCENTIVO

    VW

    PROMOO

    MULTIPLUSGAME DESIGN

    BRASILPREV

    C

    M

    Y

    CM

    MY

    CY

    CMY

    K

  • 26 #18 w 2015

    CAPA

    Nmeros mostram que o mercado tem espao para crescer

    Live do Cabura ao Chu

    Estratgias e informaes foram destaque no 2 Congresso Brasileiro de Live Marketing. O Comit Pesquisa e Evoluo do Mercado, sob o comando da scia-diretora da Agncia 96, Denise de Cassia, e do scio da DuoVozz Inteligncia,

    Joo Riva, apresentou um novo panorama que mostra os rumos e a evoluo do mercado, bem como o que pensam os consumidores.

    O diretor da Lafis Consultoria, Alexandre Franco, detalhou novos dados do segmento no Brasil. Ao todo, a empresa ouviu 200 agncias, a maioria da regio Sudeste. O resultado mostrou nmeros relevantes, como o faturamento anual de at R$ 5 milhes para pelo menos a metade das cerca de 3 mil agncias especializadas no pas. As entrevistas trouxeram ainda como resultado a predominncia de empresas grandes como clientes (64%) e as ativaes da marca como o principal trabalho realizado pelas agncias (93%), seguidas pelos eventos (92%) e promoes (88%). O Live

    ainda tem muito espao para crescer, ressaltou Franco, diante das concluses.

    Alm de nmeros, o diretor da Central Globo de desenvolvimento comercial, Carlos Henrique Nascimento, incrementou o comit ao falar sobre oportunidades de negcio e a reestruturao da gigante de mdia para integrar novos projetos voltados ao Live Marketing. Muitas vezes, no ambiente do Live Marketing, o veculo no totalmente compreendido em termos de funo. Estamos aqui para construir e fazer histria. Para ter resultado preciso emoo, execuo e planejamento, disse o executivo.

    Segundo o representante da Globo, um dos modelos de negcio baseia-se em vnculo de contedo aliado a aes promocionais. Nascimento fez um convite s agncias para que conversem com a emissora sobre projetos que tenham como foco o Live emoo latente, conexo de marcas, linguagem adequada ao pblico em diversas plataformas.

    O encerramento do comit foi marcado por um debate com outros profissionais, como a diretora da Agncia 96, Denise de Cssia, o presidente do Grupo Aten-dimento, Mrcio Oliveira e o scio-presidente da Avantgarde, Luiz Arruda. Foram abordadas diferentes questes, entre elas tecnologias e gestores de negcios. Um dos questionamentos feitos foi sobre a necessidade de mudana do Live Marketing. Live j sinal dessa renovao que o marketing precisa. O marketing tem a chance de quebrar um pouco das barreiras entre os diferentes fornecedores e ele quem dita o ritmo para que tudo seja Live, opinou Oliveira. O Live complementa, no substitui, completou Denise.

    Na opinio de Arruda, necessrio rever os velhos conceitos em busca de fidelizar, atrair e manter um canal de comunicao constante entre as pontas do processo de consumo. Precisamos criar fs para as marcas. Esse um dos fundamentos mais atuais da relao entre marcas e o pblico em geral. Essa misso a nossa atividade, o Live Marketing. n

    O Live Marketing est presente em todos os cantos do pas, e para provar isso representantes das regionais da Associao de Marketing Promocional (Ampro) contaram experincias e convidaram os participantes a sair dos grandes centros rumo aos destinos que o pas oferece. De acordo com a vice--presidente de desenvolvimento regional da entidade, Alexa Carvalho, a ideia foi mostrar que existem agncias e profissionais capacitados no pas inteiro. Ela explica que a entidade faz um trabalho de potencializao desses mercados, melhora a qualificao da mo de obra, ou seja, os profissionais e os fornecedores que abastecem o negcio, e assim, promove mais conhecimento. E a gente sabe que est no caminho certo, destacou.

    A diretora regional da Ampro PR/SC, Elaine Moro Costa tambm acredita na evoluo do mercado fora das grandes capitais. Apresentaram seus pontos de vista a diretora adjunta da Ampro Centro-Oeste, Juliana Ottoni; o presidente da Ampro Nordeste, Milton Santana; o diretor regional da Ampro RS, Roberto Rimoli; o diretor associado da Ampro Nordeste, Mrcio Vianna; e o diretor regional da Ampro RJ, Tony Coelho. Somos fundamentais no processo de inteligncia, porque entendemos a peculiaridade de cada regio, mencionou Juliana.

    Planalto abraa o Live

    O diretor de normas da Secretaria de Comunicao da Presidncia da Repblica (Secom), Sidney Oliveira, falou sobre o novo modelo de licitao para o setor de Live Marketing, que vem sendo trabalhado. O formato em desenvolvimento foi uma conquista da Ampro e atende as recomendaes do Tribunal de Contas da Unio (TCU).

    Na prtica, o que est em evidncia a adoo, por parte da Secom, de um modelo unificado de edital que vai possibilitar a mais de 300 unidades ligadas ao Sistema de Comunicao de Governo do Poder Executivo Federal ministrios, autarquias, secretarias, empresas estatais, agncias estatais e outras estruturas a contratao de agncias de Live Marketing por meio de licitaes. Hoje, j existe a contratao de agncias de publicidade e de relaes pblicas.

    Segundo Oliveira, at setembro os trmites documentais devem ser concludos, o que abre oportunidades de negcio para todos os segmentos de Live Marketing desde relacionamento, eventos, organizao de feiras e congressos at trade, cenografia e receptivo. Ainda, conforme explicou o representante da Unio, h espao tambm para a contratao de agncias digitais. n

    Diretor da Lafis Consultoria, Alexandre Franco; diretor da Central Globo de Desenvolvimento Comercial, Carlos Henrique Nascimento; diretora da agncia 96, Denise de Cassia; scio-presidente da Avantgarde, Luiz Arruda e o scio da DuoVozz Inteligncia, Joo Riva

    Diretores regionais da Ampro

  • 27 #17 w 2015

    A REVOLUO

    UM NOVO PRODUTO DA

    EM COMUNICAOCORPORATIVA

    TRANSFORMECOMUNICAOEM DILOGO

    INTERFACESIMPLES E INTUITIVA

    MAIS AGILIDADE EMSEUS EVENTOS

    ACOMPANHE RESULTADOSEM TEMPO REAL

    HOTSITESPROMOCIONAISAPPS MOBILE

    CAMPANHASDE INCENTIVO

    SISTEMASONLINE

    WWW.DIGIPRONTO.COM.BR(11) 2855-5555COMERCIAL@DIGIPRONTO.COM.BR

    estratgia + digital

  • 28 #18 w 2015

    CAPA

  • 29 #17 w 2015

  • 30 #18 w 2015

    CAPA

    Trade Marketing gera valor para o Live Marketing

    Varejo deve pensar grande para conectar consumidores

    Um dos painis que mais atraiu a ateno do pblico foi o que destacou que o Trade Marketing tambm Live Marketing. Com a participao de profissio-nais renomados e a coordenao da presidente do Comit de Trade da Ampro,

    Ana Paula Andrade, o painel mostrou cases e nmeros atrativos para o mercado.

    Durante o evento, a retail trade marketing manager da Dell, Carolina Loyo, o gerente de Marketing da Cisco, Maurcio Portela, o diretor de Marketing da JBS, Marcelo Dias, a gerente de Marketing da Fnac, Mariana Manita e o doutor em Marketing pela Fundao Getlio Vargas e pela ESPM, Henrique de Campos Jr.,

    apresentaram dados que fortalecem a importncia desse segmento, como o faturamento anual de R$ 12 bilhes.

    Vrios fatores mostram que o Trade Marketing tem alto grau de importncia na relao marca-consumidores. O ponto de venda continua responsvel por 70% das vendas, apesar do crescimento da plataforma digital. A chegada, descoberta e deciso acontecem no ponto de venda, disse Portella. Carolina enfatizou que no foi toa que a Dell precisou voltar ao mercado de varejo ao perceber que perdia vendas. Foi necessria uma mudana de estratgia, cujo resultado foi positivo.

    Aplicar Business Intelligence nos negcios que envolvam pontos de venda primor-dial. Dias afirmou que a Friboi no existia como marca reconhecida, e tudo dependia da confiana do consumidor no processo de produo. A partir da necessidade, criou-se um negcio que envolve no apenas embalar e colocar marca nas peas de carne vendidas em milhares de pontos, mas elaborar e colaborar com quem est na ponta da relao direta com o consumidor. Tabloides, degustao, brindes, programa de fidelizao de aougues, treinamento profissional, viagens, aperfeioamento dos mtodos de manuseio da carne, entre outras aes foram destacadas pelo diretor de Marketing da JBS. Essas aes fizeram com que o Top of Mind da JBS sasse dos 35% em 2013 para 80% em 2014.

    Os participantes do painel tambm ressaltaram o sucesso nas parcerias comerciais entre marcas e pontos de venda, que exigem uma ateno especial desde a elaborao dos materiais de apoio, peas de comunicao, brindes, gift cards com recompensas aos shoppers at outras aes promocionais que garantem maior interao com o pblico. n

    Pensar de forma ampla dentro de um universo conectado com consumidores ligados tecnologia e pesquisa de preos, qualidade e benefcios o desafio das marcas. Scio-diretor da Gouveia e Souza, Luiz Alberto Marinho

    apresentou a palestra O Futuro do Varejo, mostrando o novo perfil do consumi-dor, que mais exigente e com mais poder de pesquisa e compra.

    Hoje, apontou o especialista, o consumidor tem opo e informao e no quer mais comprar algo que no exatamente o que ele busca. O consumidor comea a controlar o processo. Est se transformando no maximizer, no se satisfaz com o que bom, quer o melhor. Ele sabe que h marcas demais que lutam pela sua preferncia.

    Marinho destacou que o poder de deciso est cada vez mais nas mos do con-sumidor, que desconfia e busca o melhor custo/benefcio ao consultar produtos e servios que possivelmente comprar. fundamental compreender os gostos, e ter informaes tornou-se essencial para ditar os rumos das estratgias das marcas.

    O palestrante tambm afirmou que as marcas precisam pensar em integrar suas aes internet e ao mobile. Marinho mostrou cases curiosos e criativos, como o da C&A, que implantou cabides com numeradores de likes que a pea recebeu. Em outro exemplo, a Nvea criou pulseiras localizadoras para crianas, que permitiam aos pais monitorar seus filhos por meio de seus smartphones.

    Como recado, o especialista disse que as marcas, agncias, fornecedores e demais envolvidos no universo live devem dedicar tempo para analisar o Big Data, para conhecer melhor seu pblico, e integrar seus canais de comunicao com os produtos oferecidos. n

    Resultado positivo apesar das dificuldadesO presidente da Associao de Marketing Promocional (Ampro), Kito Mansano, avalia como positiva a realizao do 2. Congresso Brasileiro de Live Marketing. Sem sombra de dvidas atingimos nossos objetivos e promovemos um encontro entre os vrios tipos de colaboradores desse mercado. Encaramos os desafios e, com unio dos apoiadores e profissionais que investem em comunicao moderna, mais uma vez realizamos o evento, j garantindo a edio de 2017.

    Mesmo encarando os desafios, Mansano destaca que o mercado se acalmou, e a preocupao das empresas com o futuro foi reduzida. Tivemos palestras fantsticas ressaltando o potencial do Live Marketing em criar e buscar novos negcios.

    O dirigente se diz satisfeito com o resultado alcanado. Foram dois dias de grandes avanos, com a reunio de quem est ligado ao Live. Ocorreram conversas importantes entre as marcas e as agncias de Live Marketing. Acredito que novas parcerias esto se formando para driblar a crise, concluiu. n

    Doutor em Marketing pela Fundao Getlio Vargas e pela ESPM, Henrique de Campos Jr.; gerente de Marketing da Fnac, Mariana Manita; diretor de Marketing da JBS, Marcelo Dias; gerente de Marketing da Cisco, Maurcio Portela; retail trade marketing manager da Dell, Carolina Loyo e a presidente do Comit de Trade da Ampro, Ana Paula Andrade

    Scio-diretor da Gouveia e Souza, Luiz Alberto Marinho

  • 31 #17 w 2015

    AF_Anuncio_Batuque_26x34cm.pdf 1 25/08/15 12:45

  • 34 #18 w 2015

    PUBLI-EDITORIAL

    Aplausos para a Associao de Marketing Promocional (Ampro)

    e para o 2 Congresso Brasileiro de Live Marketing. O evento

    que teve seu lugar de destaque no mercado trouxe tona a im-

    portncia estratgica das aes de Live Marketing e a robustez

    que este setor est tomando. Na mo inversa, de forma absolu-

    tamente acertada, trouxe, tambm, as feridas que o crescimento

    das agncias e dos clientes est deixando.

    As dores deste crescimento no so novidade para ningum, mas

    a forma como foram abordadas, a clareza de entendimento e as

    resolues que decorreram deste 2 Congresso, so!

    Os diversos painis discutiram de cara limpa todas essas

    mazelas e com grande xito conseguiram realinhar algumas

    premissas de operao regular das agncias, do relacionamento

    com os clientes e com os fornecedores.

    O festejado Comit de Relaes Sustentveis, pegando carona

    nos resultados do 1 Congresso e se aprofundando nas lies

    aprendidas desde ento, resolveu inovar e apresentou ao mer-

    cado, de forma objetiva e transparente, os Princpios de Valor.

    Eles resumem, em dez sucintos itens, essas lies aprendidas

    e visam a buscar a formao de um mercado mais justo para

    toda a cadeia do Live Marketing.

    Caso seja seguido pelas agncias e pelos clientes (j que h uma

    lista de dez Princpios de Valor para cada um deles) a tendncia

    que se crie relaes que contribuam para a perenidade das

    agncias e, por conseguinte, para o atingimento de resultados

    mais satisfatrios nas campanhas criadas, planejadas e produ-

    zidas pelas agncias para seus clientes.

    Importa destacar que em ato continuo aprovao dos Prin-

    cpios de Valor, foi criado o Comit Permanente de Relaes

    Sustentveis da Ampro que tem como atribuio responder ao

    mercado sobre a aplicao dos Princpios de Valor, divulg-

    -los e ensin-los. Atravs do tambm inovador Fala Mais as

    agncias, clientes e fornecedores podero acessar a este Comit

    Permanente e solicitar eventuais atuaes da associao na

    busca das boas prticas.

    Juridicamente, trata-se de recomendaes da Ampro de boas

    prticas a serem aplicadas, portanto, com a autoridade de quem

    h mais de 20 anos representa o mercado. Certo que a entida-

    de, por ser associao de classe, no pode agir punitivamente,

    mas seguramente, contando com o bom sendo de todos que

    compe o mercado, os resultados sero atingidos.

    Neste momento to conturbado do Pas, com tantas mudanas

    que acontecem em velocidade, a adoo de mecanismos que

    resguardem a boa conduta, a tica e que visem a sustentabilidade

    de empresas, deve ser levada e preservada com bastante ateno.

    Em vista desta to necessria medida, agora realidade, vamos

    passar a cada edio, a analisar juridicamente um a um os

    Princpios de Valor e os efeitos legais que aqueles podem trazer.

    Por fim, aplaudimos, tambm, o Comit Permanente de Relaes

    Sustentveis e os Princpios de Valor que foram aprovados no

    mencionado Congresso.

    Paulo M. Focaccia, scio do FAS Advogados

    O novo Live Marketing

  • 35 #17 w 2015

    C

    M

    Y

    CM

    MY

    CY

    CMY

    K

  • h2oc

    om.co

    m.br

    | #lev

    amosp

    araopessoal

    NOcontrataram a

    A FESTA DE FIM DE ANO

    SURPRESASDA EMPRESA FOI CHEIA DE

    demorava horas

    o valet

    FALTARAM BRINDES PARA TODOS OS CONVIDADOS

    CERV

    EJA

    QUEN

    TE

    poucosgarons

    COMIDA FRIA

    O MICROFONE FALHOUBEM NAHORA DODISCURSODO CEO

    O MESTRE DE CERIMNIA NEM ERA UM MESTRE DE CERIMNIA

    O GERADOR PIFOU

    NO TINHAEQUIPAMENTOSEM STAND-BY

    A BANDA

    DEU BALO

    RECEPCIONISTA

    SEM EDUCAO

    CENOGRAFIA

    MAL IMPLANTADA

    esquece

    ram de p

    agar o ECAD

    FESTA SEM AMBULNCIA

    SEGURO?QUE

    SEGURO?

    RUIM

    FO

    RN

    EC

    ED

    OR

    A AGN

    CIA

    NEM EN

    TENDEU

    O BRIE

    FFING

    CASA SEM ALVAR

    NOPLANEJARAM

    COMANTECEDNCIA

    ############

    ############

    PLANILHA ERRADA

    FILAS IMENSAS PARA A CAIPIRINHA

    SURPREENDA SEUS CONVIDADOS APENAS COM O SUCESSO QUE VOC ESPERA. VEM COM A GENTE!

    An_H2otierra_52x34_FFA_01.indd 1 8/14/15 2:32 PM

  • h2oc

    om.co

    m.br

    | #lev

    amosp

    araopessoal

    NOcontrataram a

    A FESTA DE FIM DE ANO

    SURPRESASDA EMPRESA FOI CHEIA DE

    demorava horas

    o valet

    FALTARAM BRINDES PARA TODOS OS CONVIDADOS

    CERV

    EJA

    QUEN

    TE

    poucosgarons

    COMIDA FRIA

    O MICROFONE FALHOUBEM NAHORA DODISCURSODO CEO

    O MESTRE DE CERIMNIA NEM ERA UM MESTRE DE CERIMNIA

    O GERADOR PIFOU

    NO TINHAEQUIPAMENTOSEM STAND-BY

    A BANDA

    DEU BALO

    RECEPCIONISTA

    SEM EDUCAO

    CENOGRAFIA

    MAL IMPLANTADA

    esquece

    ram de p

    agar o ECAD

    FESTA SEM AMBULNCIA

    SEGURO?QUE

    SEGURO?

    RUIM

    FO

    RN

    EC

    ED

    OR

    A AGN

    CIA

    NEM EN

    TENDEU

    O BRIE

    FFING

    CASA SEM ALVAR

    NOPLANEJARAM

    COMANTECEDNCIA

    ############

    ############

    PLANILHA ERRADA

    FILAS IMENSAS PARA A CAIPIRINHA

    SURPREENDA SEUS CONVIDADOS APENAS COM O SUCESSO QUE VOC ESPERA. VEM COM A GENTE!

    An_H2otierra_52x34_FFA_01.indd 1 8/14/15 2:32 PM

  • 38 #18 w 2015

    Criar agncias e clientes de valor o bom desafio do momentoP

    ara dar continuidade a um trabalho que foi apresentado durante o 2 Congresso Brasileiro de Live Marketing, o comit de relaes sustentveis da Associao de Marketing Promocional (Ampro) criou os dez princpios que norteiam as boas prticas a serem adotadas por agncias, fornecedores e clientes. O objetivo dar um norte

    simples e possvel para guiar e proteger o mercado de Live Marketing no Brasil. E o relacionamento sustentvel ser a

    plataforma principal para unir e fortalecer todas as empresas que compe a cadeia produtiva do setor. Na entrevista, o

    presidente do comit de relaes sustentveis da Ampro, Ronaldo Ferreira, conta como esse projeto ser transformado

    em realidade, para que em um futuro, cada vez mais possvel, exista uma autorregulamentao formal deste mercado.

    ENTREVISTA

    O Fala Mais um canal em que qualquer pessoa pode manifestar-se de forma annima. Contribuir, fazer parte deste processo relatando quando presenciar algo que esteja a margem dos princpios.

    Presidente do comit de relaes sustentveis, Ronaldo Ferreira

  • 39 #18 w 2015

    Revista Live Marketing Quais as motivaes para retomar o trabalho do comit?

    Ronaldo Ferreira So duas principais: o diagnstico indicando que o mercado como um todo rejeita o baixo nvel de sustentabilidade dos relacio-

    namentos hoje em dia ; e a percepo de que a misso de transformar isso

    possvel. Juntos, podemos avanar significativamente. O que precisamos para

    transformar e fortalecer o nosso mercado est dentro de nossas empresas.

    No necessitamos de investimentos, ou de grandes mudanas de processos.

    Precisamos apenas transformar a conscincia que ns j temos das boas

    prticas, em nossa atitude do dia-a-dia. Por isso, lanamos os Princpios de

    Valor das Agncias e dos Clientes.

    Revista Live Marketing Qual seria o grande problema que vocs enfrentam no setor?

    Ronaldo Ferreira Lidamos com um mercado maduro por parte dos clientes. Eles geralmente so globais, organizados e preparados para negociar conosco.

    Por outro lado, ainda somos um mercado jovem, no unido e desorganizado.

    A relao sempre fica complicada e difcil para o lado mais frgil. E este o

    papel do Comit: fortalecer o nosso mercado, para que esse dilogo acontea

    em uma plataforma mais equilibrada. Se o mercado organizado o trabalho

    ser mais eficiente e trar melhores resultados para todos, inclusive clientes

    e fornecedores.

    Revista Live Marketing Foi isso que levou a criao dos princpios?Ronaldo Ferreira Os princpios de valor nada mais so do que um resumo da conscincia que temos do que correto fazer. a nossa receita do bolo. Se ela

    for seguida, no tem como dar errado. Desde o comeo entendemos que fazia

    falta algo simples que pudesse nos guiar e que fizesse sentido para toda a ca-

    deia produtiva do nosso mercado. Que inclusse as pequenas, mdias e grande

    empresas. Algo que nos mostrasse em linhas gerais o que certo ou errado. Os

    princpios devem servir para todos e devem ser claros, sem necessitar explicar.

    Revista Live Marketing Como funcionar o Fala Mais?Ronaldo Ferreira Ele vital para todo o processo. um canal em que qualquer pessoa pode manifestar-se de forma annima. Contribuir, fazer parte deste pro-

    cesso relatando quando presenciar algo que esteja a margem dos princpios. Em

    breve o Fala Mais tambm ser mobile. E, us-lo simples: voc entra no site da

    Ampro e deixa a informao. E ns, do Comit, mensalmente vamos analisar as

    informaes recebidas para em seguida, se pertinente, comunicar as agncias,

    fornecedores ou clientes envolvidos. Nossa aes no sero punitivas, mas

    daremos a chance para que a empresa que no age de acordo com os princpios

    possa atuar de maneira correta e sustentvel. O Fala Mais informao de mo

    dupla. O compromisso do Comit dar retorno permanente.

    Revista Live Marketing Qual a grande expectativa de vocs. criar a autor-regulamentao?

    Ronaldo Ferreira No faz sentido pensar em autorregulamentao imediata, quando no somos devidamente organizados. Primeiro temos que ser reconhe-

    cidos como uma agncia ou um fornecedor de valor, depois um mercado de

    valor. A autorregulamentao vir naturalmente para reconhecer este processo

    de amadurecimento. Nossa expectativa na verdade termos um mercado mais

    unido, com empresas mais slidas e perenes. Queremos eliminar os piratas de

    nosso mar.

    Revista Live Marketing Como as agncias esto encarando a iniciativa?

    Ronaldo Ferreira Desde o congresso estamos recebendo um apoio grande. Muita gente com vontade de participar. No s das agncias de So Paulo, mas

    das regionais tambm, que esto muito mais ativas e mobilizadas. Todos que-

    rem participar. um movimento nacional. E o nosso calendrio de aes para

    o segundo semestre de 2015 j tem o compromisso de ao nas regionais.

    E a partir de agora com a divulgao dos Princpios de Valores, por todos os

    veculos especializados em nosso mercado, vamos dar o start para que mais

    agncias participem. Todo mundo bem vindo, agncia, fornecedor, cliente.

    Precisamos de muitos agentes de transformao.

    Revista Live Marketing Como engajar o cliente nessa discusso?

    Ronaldo Ferreira Em nossas reunies mensais de comit teremos as infor-maes via Fala Mais. Vamos manter dilogo mais direto com aqueles clientes

    que merecem elogios por suas boas prticas e tambm vamos oferecer ajuda

    para os Clientes que esto agindo a margem dos Princpios de Valor. Iniciamos

    tambm uma troca produtiva com a Associao Brasileira de Anunciantes (ABA)

    e comeamos a atuar junto aos comits de sourcing e jurdico deles.

    Outra estratgia forte a mdia, que est colaborando para a divulgao de

    tudo o que discutimos na Ampro. A imprensa a portadora das notcias para

    nosso prprio trade, clientes, estudantes e sociedade em geral.

    Revista Live Marketing Alm do anncio publicado na mdia especializada, o que mais est sendo feito para comunicar os valores para o mercado?

    Ronaldo Ferreira A partir do anncio dos princpios de valor, o trabalho do comit promover workshops com agncias, fornecedores e clientes. Todos os

    Princpios precisam ser discutidos e vivenciados dentro das agncias e forne-

    cedores para que eles possam fazer parte de nossas decises. Queremos que o

    Comit seja o facilitador desta transformao, mas que a vontade de mudar, de

    agir, venha de dentro das Agncias. Ser um trabalho grande at o final do ano.

    Revista Live Marketing Como vocs chegaram aos dez princpios?

    Ronaldo Ferreira No comeamos um trabalho do zero. A Ampro j atua h muito tempo no sentido de despertar a conscincia do mercado. O que

    fizemos foi reunir o que seriam as boas prticas adquiridas com a experincia

    que todas as agncias possuem. Definimos a receita de como fazer para ter

    um mercado de respeito, com qualidade, profissionalismo, tica, rentabilidade,

    perenidade. E os princpios nasceram da. Dissemos ok, sabemos como fazer,

    mas nunca havamos colocado no papel de forma to simples, que pudesse

    alertar algum prontamente. Tipo: onde que est escrito que no legal fazer

    isto? Nos nossos princpios de valor. s olhar.

    Revista Live Marketing Como a Ampro se prepara para efetivamente dar o suporte a quem no atua de acordo com os princpios, mas quer se adequar?

    Ronaldo Ferreira A Ampro como toda associao experiente, tem um conjunto de recursos para agir alm de s orientar. Se a agncia no vive os

    princpios, temos que tentar entender onde est o problema e a Ampro pode

    direcionar essa empresa para seus outros comits, que esto l para ajudar.

    Revista Live Marketing Como atrair as agncias que no so associadas da Ampro?

    Ronaldo Ferreira Todo o segredo do nosso trabalho est voltado para ter objetivos mensurveis. Hoje o foco so as agncias que esto na Ampro e se

    fizermos delas, agncias de valor, vamos atrair as que ainda no participam da

    associao. Se o cliente comear a perceber valor nas agncias associadas a

    Ampro, e exigir o nosso selo, quem est fora vai querer entrar no barco. Vamos

    atrair pelo bom exemplo, vamos aproximar estas agncias pelo que estamos

    construindo e pelo que vamos poder oferecer a elas. n

  • 40 #18 w 2015

    GLOBES

    I MELHOR CAMPANHA DE COMUNICAO INTEGRADAOURO NewStyle - Linha 180 Avon - AvonPRATA Hands - Beco das Garrafas Heineken - Cervejarias Kaiser II MELHOR CAMPANHA DE PATROCNIOOURO Hands - Beco das Garrafas Heineken - Cervejarias KaiserPRATA Atenas Comunicao Superlativa - Arena Eletrnica Trident Music TridentBRONZE Zerotrs Marketing Promocional - Oi Torcida Brasil - Projeto Proprietrio III MELHOR USO DE MARKETING DIRETOOURO NewStyle - Linha 180 Avon - AvonPRATA ROCK Comunicao - ROCK Amp ROCK IV MELHOR IDEIA OU CONCEITO INOVADOROURO NewStyle - Linha 180 Avon - AvonPRATA NewStyle - IdentiArte - Tattoos para Diabticos - ADJ Diabetes BrasilPRATA OpusMltipla - Semforo do Idoso - Prefeitura Municipal de Curitiba V MELHOR USO DE MDIA INTERATIVAPRATA Netza Comunicao Integrada - Promoo Honda FIT - HondaBRONZE Ampla Comunicao - Doe Sua Energia 2.0 - Baterias Moura VI MELHOR ATIVAO EM LIVE MARKETINGPRATA Monumenta Comunicao e Estratgias Sociais - Harley, Cabelo e Bigode - Harley Davidson BrasliaPRATA NewStyle - Linha 180 Avon - AvonBRONZE NewStyle - IdentiArte - Tattoos para Diabticos - ADJ Diabetes Brasil VII MELHOR CAMPANHA BUSINESS TO BUSINESSOURO UP line - Boteco GloboNews - GloboNewsPRATA Hands - Pirelli Scorpion Journey - PirelliPRATA Pepper Comunicao Integrada - Expo Disney 2014 - Disney VIII MELHOR CAMPANHA DE TRADE MARKETING, CANAL OU VAREJO ESPECFICOBRONZE Arandas Marketing Boutique - Tododia Sentidos - Natura CosmticosBRONZE Promova I.D.E.I.A.S. - Neste Natal, Dar Presente Ser Presente - O Boticrio

    IX MELHOR EXPERINCIA EM EVENTOSOURO Hands - Pirelli Scorpion Journey PirelliPRATA Help Comunicao Conceitual - Show de Lanamento da Nova Linha de Caminhes Volvo - Volvo do BrasilBRONZE Agncia Smash! - Chilli Beans Fashion Cruise - Chilli Beans e Dreamakers X MELHOR DIREO DE ARTE E/OU DESIGN EM CAMPANHAS DE LIVE MARKETINGOURO NewStyle - Linha 180 Avon - AvonPRATA ROCK Comunicao - ROCK Amp - ROCKPRATA ROCK Comunicao - Vitrine Coffee Steam - Nespresso XI MELHOR USO DA INTERNET, VIRAL OU REDES SOCIAIS EM UMA CAMPANHA DE LIVE MARKETINGOURO Ampla Comunicao - Teste Auditivo 3D - Sistema Jornal do Commercio de ComunicaoPRATA NewStyle - Linha 180 Avon - AvonPRATA UP line - GloboNews Play Notcias ao vivo, onde voc estiver GloboNews XII MELHOR CAMPANHA DE INCENTIVOPRATA Ciagroup - Programa Territrio Volkswagen - VolkswagenBRONZE Askme Live Marketing - Fbrica de Prmios - Coca-Cola FEMSA Brasil XIII MELHOR CAMPANHA DE BRANDING GERANDO FIDELIDADE MARCAOURO Hands - Beco Das Garrafas Heineken - Cervejarias KaiserBRONZE Hands - Pirelli Scorpion Journey - PirelliBRONZE Monumenta Comunicao e Estratgias Sociais - Harley, Cabelo e Bigode - Harley Davidson Braslia XIV MELHOR CAMPANHA GERANDO INCREMENTO DE VOLUMEOURO UP line - GloboNews Play Notcias ao vivo, onde voc estiver - GloboNewsBRONZE Arandas Marketing Boutique - Tododia Sentidos - Natura CosmticosBRONZE Netza Comunicao Integrada - Promoo Honda FIT - Honda Automveis

    XV MELHOR CAMPANHA DE RESPONSABILIDADE SOCIALOURO NewStyle - Linha 180 Avon - Instituto Avon - AvonPRATA Mark Up - Giro pela Vida Instituto Avon - Instituto AvonBRONZE Ampla Comunicao - Doe Sua Energia 2.0 - Baterias Moura XVI MELHOR CAMPANHA DE BAIXO INVESTIMENTOOURO UP line - Tweet Machine GloboNews GloboNewsPRATA Ampla Comunicao - Teste Auditivo 3D - Sistema Jornal do Commercio de ComunicaoPRATA NewStyle - Figurinhas Desaparecidas - Mes da S GRAND PRIX - MELHOR CAMPANHA DO ANOOURO NewStyle - Melhor Campanha De Comunicao Integrada - Linha 180 Avon - Avon MELHOR AGNCIA DO ANONewStyle MELHOR AGNCIA REGIONAL NORTE/NORDESTEAmpla Comunicao MELHOR AGNCIA REGIONAL SUDESTE/CENTRO OESTEUP line MELHOR AGNCIA REGIONAL SULHelp Comunicao Conceitual MELHOR AGNCIA REGIONAL ESTADO DE SO PAULONewStyle MELHOR PROFISSIONAL DO ANOProduo - Elaine MouraAtendimento - Daniela KouryPlanejamento - Rodrigo FerreiraCriao - Edimar Cesar de Arajo Filho MELHOR FORNECEDOR DO ANOTruckvanUranus2

    Mercado comemora com os vencedores do GlobesUma grande festa celebrou os melhores cases, profissionais e aes de Live Marketing durante a 15. edio do AMPRO Globes Awards 2015. A festa debuta e revela a fora que movimenta o mercado e revigora as energias criativas para mais um perodo de trabalho. O evento ocorreu na noite do dia 28 de julho, em cerimnia no Centro de Convenes Rebouas, em So Paulo, e marcou o encerramento do 2 Congresso Brasileiro de Live Marketing, o mais importante encontro do setor no pas.

    Foram premiadas 43 campanhas, de 18 agncias. O destaque da noite foi para a NewStyle, com cinco ouros e o Grand Prix de Melhor Campanha do Ano, com o case Linha 180 Avon, na categoria de Melhor Campanha de Comunicao Integrada. A agncia paulista, que concorreu em dez categorias, tambm levou quatro pratas e um bronze, sendo eleita a Melhor Agncia do Ano. A segunda mais premiada foi a Hands, com trs trofus de ouro, dois de prata e um bronze, e na sequncia a UP Line, com trs ouros e uma prata.

    A partir de agora, os vencedores da etapa nacional do AMPRO Globes concorrem para a etapa internacional do Globes Awards 2015, envolvendo mais de 25 pases. A anlise das campanhas foi feita por um jri composto por 31 profissionais ligados ao mercado, entre anunciantes, profissionais de agncias, jornalistas especializados e docentes de cursos comunicao oferecidos por instituies de ensino devidamente reconhecidas pelo setor de Live Marketing. O AMPRO Globes mostra claramente a evoluo positiva do Live Marketing. Impressiona a qualidade e a variedade dos cases premiados, afirma o vice-presidente de Relaes Institucionais da AMPRO, Alexis Pagliarini, que presidiu o jri em 2015.

    Aps a entrega dos prmios, os participantes acompanharam o show da banda Big Time Orchestra, que agitou a noite com sucessos da msica mundial. n

  • 41 #18 w 2015

    COM AS LUZES DO ARMAZM, O

    20 CONGRESSO BRASILEIRO DE LIVE MARKETING FOI UM VERDADEIRO ESPETCULO DE GRANDES TALENTOS.

    SOLICITE UM ORAMENTO E LEVE O MELHOR

    DA ILUMINAO AOS SEUS EVENTOS.

    ILUMINAR EVENTOSDE SUCESSO ANOSSA EXPERTISE

    TEL.: +55 (11) 3644-4841 O WWW.ARMAZEMDALUZ.COM O f/ARMAZEMDALUZ

    NOSSA EXPERTISE TRANSFORMAR EVENTOS EM INESQUECVEIS ESPETCULOS.

    C

    M

    Y

    CM

    MY

    CY

    CMY

    K

  • 42 #18 w 2015

    GLOBES

  • 43 #18 w 2015

  • 44 #18 w 2015

    GLOBES

    UP Line busca reconhecimento nacional. Comeou sendo escolhida a agncia do ano

    A intensidade da contemplao da conquista se mede pelo empenho e compromisso adotado

    na empreitada. dessa forma que a UP Line explica o desempenho no AMPRO Globes Awards

    2015. Essa uma das premiaes mais importantes do mercado de Live Marketing, e a UP

    foi eleita a Melhor Agncia de Live Marketing do Rio de Janeiro e da Regio Sudeste e Cen-

    tro-Oeste. Alm disso, levou trs ouros e uma prata com trs projetos. Isso significa a consolidao e

    o reconhecimento de um trabalho de posicionamento que tem sido feito nos ltimos 2 anos.

    A UP Line uma empresa com foco em experincia de contedo, uma das agncias de maior potencial de

    entrega estratgica, criativa e operacional do mercado do Rio de Janeiro. conceituada em aes de expe-

    rincia de contedo que convergem diversos ambientes da comunicao. Estamos nos preparando para ter

    esse reconhecimento em esfera nacional. Nossas aes de Live Marketing tm potencializado os resultados

    esperados pelos clientes e isso tem nos dado um espao importante no mercado. Na premiao em So

    Paulo, concorremos com as maiores agncias do pas, que administram verbas at maiores que as nossas.

    Os resultados que obtivemos at aqui s afirmam o alto potencial de performance que essa equipe tem, e queremos usar essa capacidade para um crescimento exponencial com as marcas em So Paulo e todo o

    Brasil, destaca a scia-diretora da UP Line Marcella Mugnaini.

    A executiva faz questo de destacar a versatilidade que dita o ritmo da agncia. Segundo ela, todos os projetos

    UP Line so pensados estrategicamente para que se construa um storytelling do incio ao fim, que tangibili-zado em todos os pontos de contato com o pblico pela experincia de contedo. Alm de uma estratgia de

    potencializao da experincia, para que aquele pblico seja atingido presencialmente, temos que trabalhar

    na alavancagem de conversas e compartilhamento, no envolvimento de redes sociais e imprensa. Isso tem

    nos trazido resultados positivos, inclusive as premiaes.

    UP Line recebe o prmio de agncia do ano

    Scia diretora da UP Line, Marcella Mugnaini

  • 45 #18 w 2015

    Com o mercado atual visto como importante para o Live Marketing,

    que ganha espao nos planejamentos de comunicao das marcas

    nos ltimos anos, o pblico pede cada vez mais experincia na intera-

    o com as marcas; estas, por sua vez, querem mais potencializar

    as suas iniciativas em marketing. nesse momento que a UP Line entra com a estratgia. Enxergamos a gesto colaborativa como

    a forma mais eficiente de potencializar produtivamente uma equipe.

    Aps a revoluo digital que nos promoveu o relacionamento com

    as pessoas pelas redes, natural que esse conceito de comporta-

    mento colaborativo, em rede e descentralizado ultrapasse a esfera

    dos relacionamentos interpessoais e passe pelos relacionamentos

    profissionais, processos de gesto e administrao de negcios,

    ressalta Marcella.

    A publicitria destaca que a UP Line trabalha a insero de comporta-

    mentos colaborativos em trs esferas do negcio: gesto, processos

    e execuo. No que tange gesto, pratica-se o comportamento

    colaborativo h mais de 1 ano, o que permite diminuir as hierarquias

    e fortalece a equipe para a tomada de deciso. Atravs do desen-

    volvimento da interdependncia, destaca lideranas circunstanciais

    para cada projeto e deciso a ser tomada.

    Em processos, h 2 anos a empresa possui um workflow desenhado em cima da estrutura do design thinking, que coloca as pessoas no centro do processo. Com isso, promove diversos processos criativos

    que envolvem toda a equipe do incio ao fim. Quanto execuo,

    realiza um exerccio de trabalhar cada vez mais em rede, em par-

    ceria com outras empresas e empreendedores para aumentar a

    capacidade produtiva, de entrega e tambm movimentar a economia.

    Marcella analisa que a crise que afeta o pas ainda no atingiu o pico,

    mas a dinmica do segmento permite que as agncias preparadas

    para atuar nesse ambiente criem mecanismos de enfrentamento

    que enxergam possibilidades de crescimento. Podemos falar que

    o Live, no sentido literal dele, do ao vivo, est cada vez mais pre-

    sente nas estratgias de comunicao como um todo, inclusive nas

    ativaes do setor, claro, por meio do uso dos Key Performance

    Indicator (KPI) para decises de marketing real time. Outra coisa que est vindo tona e muito tem se falado no mercado sobre a

    mdia programtica. E, claro, a preparao para os Jogos Olmpicos

    de 2016.

    Apesar de o cenrio no estar favorvel para a economia como um

    todo, um momento importante para focar em inovao e criativi-

    dade a fim de criar oportunidades com novos negcios e parcerias.

    Nos articulamos e vamos lanar um novo brao de negcio que

    j est atuante e ser lanado para o mercado em breve, alm

    de outras oportunidades de crescimento horizontal que em breve

    tambm dividiremos. Creio que o principal desafio deste ano e do

    prximo criar oportunidades e nos destacar dentro desse cenrio

    econmico no favorvel, para que possamos visar a um crescimento

    sustentvel, defende a publicitria.

    A UP Line teve um crescimento de receita no primeiro semestre e

    planeja continuar com esse crescimento no segundo. Internamente

    nos preparamos para aproveitar esse momento de crise e buscar

    encontrar as oportunidades que se apresentam. Novos negcios

    gerados dentro do nosso prprio negcio e um investimento forte no

    crescimento da nossa filial em So Paulo so o nosso foco nesse se-

    gundo semestre, finaliza Marcella Mugnaini. n

    Lanamento GloboNews Play - Notcias ao Vivo, onde voc estiver

    Tweet Machine GloboNews

    Boteco GloboNews 2014

  • 46 #18 w 2015

    GLOBES

    A estrela da NewStyle brilhou na 15 AMPRO Globes Awards 2015, evento

    que finalizou o 2 Congresso Brasileiro de Live Marketing. Finalista em dez

    categorias, a agncia concorreu com 98 campanhas e conquistou 11 das

    43 premiaes, disputadas por 18 agncias. Foram cinco ouros, quatro

    pratas e o Grand Prix, sendo eleita a Melhor Agncia do Ano e a Melhor Agncia Regional Estado de So Paulo. As agncias finalistas da etapa nacional da premiao

    conquistaram o direito de concorrer etapa internacional do The Globes Awards.

    O carro-chefe da NewStyle foi o case Linha 180 Avon, mas tambm se destacaram os trabalhos IdentiArte - Tattoos para Diabticos e Figurinhas Desaparecidas.

    Isso fez a agncia ter o nome cravado nas categorias de Melhor Campanha de Co-

    municao Integrada (ouro); Melhor uso de Marketing Direto (ouro); Melhor Ideia ou

    Conceito Inovador (ouro e prata), Melhor Ativao em Live Marketing (prata e bronze),

    Melhor Direo de Arte e/ou Design em Campanhas de Live Marketing (ouro); Melhor

    uso da Internet, Viral ou Redes Sociais em uma Campanha de Live Marketing (prata);

    Melhor Campanha de Responsabilidade Social (ouro); e Melhor Campanha de Baixo

    Investimento (prata).

    Os quase 100 cases foram analisados por um jri composto por 31 profissionais ligados ao mercado, entre anunciantes, profissionais de agncias, jornalistas especializados e

    docentes de cursos comunicao oferecidos por instituies de ensino devidamente

    reconhecidas pelo setor de Live Marketing.

    A campanha criada para a Avon, responsvel pela maioria dos trofus faturados pela

    agncia, conscientiza a sociedade sobre o combate violncia domstica no pas,

    com o conceito de que a verdade no pode ser maquiada. O presidente da NewStyle,

    Claudio Xavier, comemora o resultado do empenho da agncia. Estamos orgulhosos

    com mais esta conquista, fruto de trabalho, dedicao e da busca incansvel pela

    criatividade sempre! Todos esses prmios vm coroar o trabalho de um ano do time

    brilhante que temos aqui.

    Com mais de 20 anos de estrada, os alicerces da empresa foram construdos com

    um olhar apurado ao mercado e s tendncias de comunicao. Em 2007, a agncia

    passou a integrar o Grupo ABC, atuando nas reas de promoo, ativao, eventos,

    trade marketing, digital e mdia. A NewStyle possui uma relao duradoura com seus clientes, assinando estratgia, criao e execues impecveis.

    H 4 anos no ranking das melhores agncias para trabalhar no pas, avaliadas pelo Great Place to Work, a NewStyle conta atualmente com 200 profissionais especializa-

    dos em planejar, criar, produzir, executar e coordenar, de forma gil, aes que gerem

    resultados de verdade. Em 2013, foi destaque no Prmio Cabor como Agncia do

    Ano na categoria de Melhor Servio de Marketing, ganhou como Melhor Empresa de

    Marketing Promocional no Prmio Colunistas, alm de conquistar diversos prmios

    com cases vencedores. n

    The AMPRO Globes Awards go to... NewStyle!!!

    Equipe NewStyle comemora o recebimento do prmio

  • 47 #18 w 20150

    5

    25

    75

    95

    100

    20150810_BUE_LM_OGREGO

    segunda-feira, 10 de agosto de 2015 16:33:45

  • 48 #18 w 2015

    GLOBES

    Trabalho. Muito trabalho. E, claro, dedicao. Essa

    a receita que levou a Ampla Comunicao ao topo no

    Ampro Globes Awards 2015. A agncia garantiu o prmio

    de Melhor Agncia Regional Norte/Nordeste. Com atua-

    o especializada de 39 anos no mercado, e 130 colaboradores,

    a agncia adota um modelo que integra a publicidade e o Live

    Marketing, com forte atuao na rea digital, e atendimento aos

    setores pblico e privado.

    Sediada em Recife e com filial em Vitria, no Esprito Santo o que

    garante uma atuao no mercado sudeste , a Ampla rene um his-

    trico positivo de crescimento e inovao, alicerada em sinnimos

    de criatividade, crescimento e inovao, busca sempre se reinventar.

    Recentemente, participou do Cannes, numa permanente avaliao

    de seus trabalhos.

    Vice-presidente-executivo da agncia, Aguinaldo Viriato faz

    questo de sintetizar o perfil da empresa. O talento e o

    profissionalismo da nossa equipe, a excelncia criativa, a ino-

    vao, a experincia e os clientes que confiam e apostam na

    Ampla so a nossa pulsao. Sempre buscamos novas ideias,

    nos reinventamos, com foco na qualidade, sustentabilidade e

    relacionamento positivo.

    Para ele, a gesto um exerccio coletivo na empresa, coordenado

    e planejado para gerar resultados a partir de comportamentos e

    Talento e a excelncia criativa. Eis a receita do sucessoda Ampla, Melhor Agncia Regional Norte/Nordeste

    O talento e o profissionalismo da nossa equipe, a excelncia criativa, a inovao, a experincia e os clientes que confiam e apostam na Ampla so a nossa pulsao. Sempre buscamos novas ideias, nos reinventamos, com foco na qualidade, sustentabilidade e relacionamento positivo.

    Vice-presidente-executivo da Ampla, Aguinaldo Viriato

    da compreenso da importncia e necessidade de trabalhar com

    objetivos e metas, permanente monitoramento, controle, avalia-

    o e tomada de decises com olhar para o mercado. A situao

    do Pas no alimenta iluses. A recesso, infelizmente, se revela

    em toda parte: no nimo das pessoas e na iniciativa empresarial.

    Porm, existem oportunidades na crise e o Nordeste um bom

    exemplo desta perspectiva. H muito para ser explorado, desde o

    ambiente cultural rico e diversificado s caractersticas naturais

    da regio. Se o momento no aconselha o turismo externo, temos

    aqui excelentes opes. Se a economia sugere ampliar a pesquisa

    de compra e diversificar o leque de marcas e preos temos por

    aqui rtulos locais e regionais de qualidade com adequao ao

    gosto e comportamento do consumidor, defende.

    A sede de interatividade e evoluo tecnolgica, com foco nas

    novidades que devem brotar da rea digital e mobile, por fazerem parte do cotidiano das pessoas, se transformam no combustvel da

    permanente inovao do mercado, avalia o vice-presidente. Por

    outro lado, o ponto de venda (PDV) e todas as suas circunstncias,

    principalmente nestes tempos difceis, vai demandar crescente

    evoluo e solues criativas para tornar a experincia de compra

    mais prazerosa e atraente, diz Viriato.

    A Ampla uma referncia no setor. Foi, inclusive, premiada no Glo-

    bes (nacional e regional), com o trabalho contratado pelo Arquivo

    Histrico Judaico de Pernambuco, para ajud-los a atender a um

    convite da Prefeitura de Nova Iorque e realizar nos Estados Unidos

    no Jewish Museum, um evento para comemorar o aniversrio de

    350 anos da Comunidade Judaica de local. Criamos e montamos

    uma grande Exposio para contar

Welcome message from author
This document is posted to help you gain knowledge. Please leave a comment to let me know what you think about it! Share it to your friends and learn new things together.