Top Banner
MANUAL DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DO CURSO DE FARMÁCIA 1 MANUAL DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DO CURSO DE FARMÁCIA
37

Manual de TCC do Curso de Farmáciajobspace.nossosprojetos.com.br/.../manual_de_tcc_curso_de_farmacia.pdf · Submeter projeto de pesquisa para elaboração da monografia ... com slides

Dec 02, 2018

Download

Documents

truongngoc
Welcome message from author
This document is posted to help you gain knowledge. Please leave a comment to let me know what you think about it! Share it to your friends and learn new things together.
Transcript
  • MANUAL DE TRABALHO DE CONCLUSO DE CURSO DO CURSO DE FARMCIA

    1

    MANUAL DE TRABALHO DE CONCLUSO

    DE CURSO DO CURSO DE FARMCIA

  • MANUAL DE TRABALHO DE CONCLUSO DE CURSO DO CURSO DE FARMCIA

    2

    So Paulo 2015

    Manual do Trabalho de Concluso de Curso do

    Curso de Graduao em Farmcia

    Normas e Apresentao Grfica

  • MANUAL DE TRABALHO DE CONCLUSO DE CURSO DO CURSO DE FARMCIA

    3

    APRESENTAO

    Este manual tem como objetivo apresentar orientaes sobre a elaborao do

    trabalho de concluso de curso dos alunos do curso de GRADUAO EM

    FARMCIA da Universidade Ibirapuera.

    O manual foi estruturado em quatro partes, sendo a primeira voltada aos

    aspectos regulamentares sobre a monografia farmacutica, a segunda onde esto

    apresentados os aspectos formais, com base na norma da ABNT NBR 14724, a

    terceira parte contendo as regras gerais e a quarta contendo uma lista de outras

    normas e suas aplicaes.

    Professora Ms. Camilla de Paula Uzam

    So Paulo 2015

  • MANUAL DE TRABALHO DE CONCLUSO DE CURSO DO CURSO DE FARMCIA

    4

    1. ASPECTOS REGULAMENTARES SOBRE A MONOGRAFIA FARMACUTICA Segundo a ABNT NBR 14724 de 17/03 de 2011, o TCC- trabalho de concluso de curso

    da graduao, trabalho de graduao interdisciplinar, trabalho de concluso de curso de

    especializao e/ou aperfeioamento um documento que apresenta o resultado de estudo,

    devendo expressar conhecimento do tema escolhido, que deve ser obrigatoriamente emanado

    da disciplina, mdulo, estudo independente, curso, programa, e outros ministrados. Deve ser

    feito sob a coordenao de um orientador (ABNT NBR 14724).

    O TCC componente curricular obrigatrio de suas matrizes a ser realizado no ltimo

    ano do curso, centrado em determinada rea terico prtica ou de formao profissional

    como atividades de sntese e integrao de conhecimento e consolidao das tcnicas de

    pesquisa. O TCC importante para o cumprimento dos objetivos dos cursos, uma vez que

    permite ao corpo discente praticar o aprendido nas diversas disciplinas, materializar sua

    pesquisa, analisar e concluir um trabalho acadmico.

    A monografia farmacutica o resultado do trabalho do aluno realizado em dois

    semestres atravs de duas disciplinas: Trabalho de concluso de curso I e o Trabalho de

    concluso de curso II, ambas realizadas sob a orientao de um professor orientador.

    1.1 Orientaes gerais sobre a elaborao da monografia

    a. Aspectos gerais A orientao do trabalho monogrfico ser assegurada a todos os alunos matriculados nas

    disciplinas de TCC I e TCC II;

    No caso da necessidade de afastamento do orientador, a coordenao da monografia

    providenciar sua substituio;

    Cada professor poder receber at 10 alunos para orientao, sendo esse seu limite de

    vagas por semestre;

    O preenchimento do nmero de vagas disponveis por orientador obedecer aos seguintes

    critrios: escolha do aluno; correspondncia entre o tema do aluno e a linha de pesquisa

    desenvolvida pelo professor;

    O processo de orientao s poder ser interrompido por motivo justo e comprovado.

  • MANUAL DE TRABALHO DE CONCLUSO DE CURSO DO CURSO DE FARMCIA

    5

    b. Obrigaes do professor orientador Acompanhar o aluno nas distintas fases da elaborao da monografia, incluindo a reviso

    e adequao do projeto realidade do aluno;

    Reunir-se semanalmente com seus orientandos em local e horrio previamente fixado na

    distribuio das disciplinas e turmas;

    Avaliar o texto final produzido pelos seus orientandos para posterior emisso de parecer;

    Apor conceito relativo ao cumprimento ou no do projeto monogrfico e na hiptese do

    trabalho no atender s exigncias da monografia farmacutica da UNIB haver

    recomendao ao aluno para que reinicie o processo de orientao com obrigatoriedade

    de matrcula para o semestre seguinte.

    c. Compete ao orientando Submeter projeto de pesquisa para elaborao da monografia farmacutica ao professor

    orientador;

    Reunir-se semanalmente com seu orientador em local e horrio previamente fixado,

    atendendo suas solicitaes e cumprindo as tarefas semanais;

    Redigir a monografia farmacutica e reescrev-la tantas vezes for necessrio para

    adequar-se s exigncias acadmicas;

    Entregar o trabalho no final do prazo previsto pelo professor orientador, para emisso de

    parecer;

    Depositar monografia com parecer do professor orientador em trs vias impressas e um

    CD, conforme calendrio estabelecido pela coordenao do curso;

    O aluno deve preparar uma apresentao final, com slides ou outros recursos visuais

    para expor seu trabalho a uma banca examinadora composta por trs professores do

    curso, podendo ter um professor externo convidado para a avaliao;

    d. Coorientao Caso o aluno (a) pretenda desenvolver uma monografia, cujo tema seja estranho

    especialidade do professor orientador ao qual est matriculado, facultado ao aluno

    buscar uma coorientao com outro professor da instituio. Este procedimento dever

    ser realizado mediante a aprovao do professor orientador e a realizao de termo de

    ACEITE com o professor coorientador;

  • MANUAL DE TRABALHO DE CONCLUSO DE CURSO DO CURSO DE FARMCIA

    6

    A coorientao ato voluntrio no qual o professor aceita coorientar o aluno e envolve as

    seguintes responsabilidades: indicao de bibliografia especializada, conversas sobre o

    tema e caso seja necessrio, leitura e correes do texto monogrfico, no que couber;

    A coorientao dever ser formalizada mediante termo de aceite o qual dever ser

    preenchido pelo aluno e dever conter as assinaturas do professor orientador e do

    coorientador;

    Na ocasio do depsito da monografia o preenchimento do parecer do aluno que foi

    coorientado dever conter as assinaturas dos dois professores: o orientador e o

    coorientador.

    1.2 A Disciplina de TCC I

    A disciplina de TCC I tem carga horria de 66 h , contemplando 3 horas aulas semanais e

    possui o seguinte contedo programtico:

    Definio do tema/ problematizao/ delimitao; pergunta de partida; justificativa/

    relevncia cientfica; definio de objetivos e formulao de hiptese; escolha do

    mtodo; anlise do contedo; reviso da literatura; aplicabilidade, perspectivas de

    resultados esperados; Normas da ABNT NBR 14724/2005- formatao de trabalhos

    acadmicos; NBR 6023/2002- normas de apresentao de referncias bibliogrficas;

    NBR 10520/ 2002- citaes em documentos.

    1.3 A Elaborao do Projeto Recomenda-se que o aluno, antes de fazer a monografia, elabore um projeto de pesquisa, que

    pode ser estruturado, de forma simplificada, conforme exposto abaixo:

    Tema: o assunto que se deseja desenvolver. Pode surgir da realidade ftica, da teoria

    bem como de uma curiosidade cientfica. Deve-se considerar o interesse, o tempo

    disponvel e a relevncia do tema, a existncia de bibliografia sobre o assunto, entre

    outros.

    Justificativa: Consiste na exposio sucinta, porm completa, das razes de ordem

    terica e dos motivos de ordem prtica que tornam importante a realizao da pesquisa.

    Problema de pesquisa: O problema uma dificuldade, terica ou prtica, no

    conhecimento de alguma coisa de real importncia, para qual se deve encontrar uma

    soluo. Deve ser formulado em forma de pergunta e constitui-se na questo de pesquisa

    que ir orientar a elaborao do trabalho.

  • MANUAL DE TRABALHO DE CONCLUSO DE CURSO DO CURSO DE FARMCIA

    7

    Reviso da Literatura: Contextualizao terica do problema e a seu relacionamento

    com o que tem sido investigado a esse respeito. Devem-se esclarecer os pressupostos

    tericos que do fundamento pesquisa e as contribuies proporcionadas por

    investigaes anteriores.

    Objetivo geral: Est ligado a uma viso global e abrangente do tema. O objetivo geral

    est ligado ao problema de pesquisa. a finalidade que, quando alcanada dar uma

    resposta ao problema.

    Objetivos especficos: Apresentam carter mais concreto. So etapas para alcanar o

    objetivo geral.

    Construo da hiptese: uma resposta provisria ao problema de pesquisa. No

    obrigatrio elaborar uma hiptese.

    Metodologia: Procedimentos e tcnicas de pesquisa e critrios de anlise de dados;

    Referncias: Apresentao de todas as fontes bibliogrficas apresentadas no projeto.

    1.4 Critrios objetivos para cumprimento da disciplina TCC I A disciplina TCC I avaliada segundo conceitos, que iro determinar a aprovao ou

    reprovao do aluno na disciplina. Os conceitos previstos so:

    CP (cumpriu);

    NC (no cumpriu);

    Abaixo seguem alguns requisitos que devem ser observados para que o aluno (a) seja

    considerado apto para a disciplina de TCC II:

    A delimitao do tema; a definio do problema de pesquisa e dos objetivos;

    A elaborao do sumrio- tpicos e subttulos;

    A realizao da reviso da literatura e a elaborao do tpico Introduo;

    A elaborao de um cronograma prevendo as etapas previstas para a concluso do

    trabalho;

    O conhecimento das normas da ABNT que sero utilizadas no trabalho;

    O descumprimento dos requisitos acima implicar na aplicao do conceito NC (no

    cumpriu).

  • MANUAL DE TRABALHO DE CONCLUSO DE CURSO DO CURSO DE FARMCIA

    8

    1.5 A Disciplina de TCC II A disciplina de TCC II tem carga horria de 66 horas, contemplando 3 horas aulas

    semanais e possui o seguinte contedo programtico:

    Anlise das etapas cumpridas; redao e finalizao da monografia; Organizao das

    referncias; Formatao do texto segundo ABNT; Requisitos para apresentao banca

    examinadora; depsito e defesa oral;

    1.5.1 Requisitos para o depsito Para o depsito da monografia e posterior defesa so exigidos os seguintes requisitos:

    O trabalho final deve estar livre de plgios e ser considerado, mediante parecer do

    professor orientador, defensvel perante banca examinadora. Devendo conter os seguintes

    requisitos objetivos:

    a) Introduo, reviso da literatura, discusso, metodologia, concluso e

    referncias bibliogrficas;

    b) A correta adequao do trabalho as normas da ABNT;

    O depsito da monografia ocorrer na secretaria acadmica, mediante ato protocolar,

    pessoalmente, em prazo estipulado no calendrio previamente determinado pela

    coordenao do curso de Farmcia;

    O aluno far a entrega de 3 (trs) exemplares impressos (que podem ser encardenados

    com espiral) acompanhados do parecer favorvel do respectivo orientador, por escrito,

    em formulrio prprio;

    1.6 A apresentao pblica A banca ser constituda por, no mnimo, 2 examinadores. Sendo o professor orientador

    da monografia e outro professor do quadro permanente da UNIB;

    A apresentao pblica seguir rigorosamente o seguinte rito: 15 (quinze) minutos para a

    apresentao oral do trabalho pelo aluno, 10 (dez) minutos para a arguio da banca

    examinadora; 10 (dez) minutos para as respostas ou informaes complementares

    solicitadas pelos membros da banca;

    A atribuio de notas segue o sistema numrico da UNIB. A nota final do aluno

    resultado da mdia aritmtica das notas atribuas pelos membros da banca;

    Em caso de no comparecimento para sua defesa oral, sem motivo justificado, o aluno

    ser considerado reprovado;

  • MANUAL DE TRABALHO DE CONCLUSO DE CURSO DO CURSO DE FARMCIA

    9

    Ao aluno cuja monografia tenha sido reprovada pela banca examinadora fica vetada a

    defesa da mesma ou de outra nova monografia, qualquer que seja a alegao, no mesmo

    semestre da reprovao;

    O aluno cuja monografia for constatada como cpia, plgio ou mera compilao de outros

    escritos dever ser reprovado, devendo o mesmo matricular-se no semestre seguinte e

    reiniciar todo o processo de elaborao e orientao de uma nova monografia;

  • MANUAL DE TRABALHO DE CONCLUSO DE CURSO DO CURSO DE FARMCIA

    10

    FICHAS DE ACOMPANHAMENTO PARA O DESENVOLVIMENTO DO

    TRABALHO DE CONCLUSO DE CURSO

    UNIVERSIDADE IBIRAPUERA

    COORDENAO DO CURSO DE FARMCIA

    TERMO DE COMPROMISSO DO ACADMICO

    Eu,________________________________________________________, Carteira de Identidade

    n _________________________________, aluno regularmente matriculado no curso de

    _______________________________________ da Universidade Ibirapuera do Estado de So

    Paulo- UNIB, matrcula_____________________ declaro estar ciente das regras definidas pela

    coordenao do curso de ____________________________ para o processo de realizao do

    Trabalho de Concluso de Curso, cumprindo, assim, os crditos da disciplina Trabalho de

    Concluso de Curso. Declaro ainda que me comprometo a cumprir rigorosamente os prazos

    definidos para entrega das diversas etapas do trabalho, bem como a de estar em todos os

    encontros previstos com o orientador.

    So Paulo,_______de _______de 20____.

    _______________________________

    Assinatura do aluno

    ______________________________

    Assinatura do Orientador

  • MANUAL DE TRABALHO DE CONCLUSO DE CURSO DO CURSO DE FARMCIA

    11

    TERMO DE COMPROMISSO DO ORIENTADOR DO TRABALHO DE CONCLUSO

    DE CURSO

    UNIVERSIDADE IBIRAPUERA

    COORDENAO DO CURSO DE FARMCIA

    Eu,________________________________________________________, Credenciado pelo

    Colegiado do Curso de ___________________________ desta instituio, declaro, para os

    devidos fins, estar de acordo em assumir a orientao do Trabalho de Concluso de Curso do (a)

    aluno (a) _________________________________________________________, assumindo as

    atribuies regimentais e dispostas na norma de elaborao do TCC.

    Ttulo provisrio:_____________________________________________________________

    So Paulo,_______de _______de 20_____.

    _______________________________

    Assinatura do aluno

    ______________________________

    Assinatura do Orientador

  • MANUAL DE TRABALHO DE CONCLUSO DE CURSO DO CURSO DE FARMCIA

    12

    FICHA DE INSCRIO PARA PARTICIPAO DA DEFESA DO TRABALHO DE

    CONCLUSO DE CURSO

    CAMPUS:__________________________ TURMA:_________________

    Acadmico (s) Matrcula:

    _____________________________________________________________________________

    _____________________________________________________________________________

    _____________________________________________________________________________

    _____________________________________________________________________

    Orientador indicado pelo Acadmico (s): _________________________________________

    Orientador deferido pela Coordenao: _________________________________________

    Tema:

    _____________________________________________________________________________

    _____________________________________________________________________________

    ______________________________________________________________________

    Objetivo geral do Trabalho:

    _____________________________________________________________________________

    _________________________________________________________________________

    Tipo de pesquisa: ____________________________________________________________

    So Paulo, _____, ___________, __________

    ACEITE ________________________________

    Orientador (a) TCC

    ______________________________________

    Coordenador do Curso

  • MANUAL DE TRABALHO DE CONCLUSO DE CURSO DO CURSO DE FARMCIA

    13

    TERMO DE ENCAMINHAMENTO PARA APRESENTAO E DEFESA DO

    TRABALHO DE CONCLUSO DE CURSO

    Eu, Orientador (a) ________________________________________________________,

    encaminho para a Apresentao e Defesa Pblica o TCC intitulado

    ___________________________________________________________________________ do

    (a) aluno (a) do ______ Ano do Curso de ______________________ da UNIB,

    _____________________________________________________________________, por

    considerar que ela atende aos requisitos mnimos de um TCC acadmico e por considerar o (a)

    aluno (a) apto (a) a apresent-la perante a Banca Examinadora.

    Por ser verdade, firmo o presente.

    So Paulo, ____, _____, _______

    _______________________________

    Assinatura do Orientador

  • MANUAL DE TRABALHO DE CONCLUSO DE CURSO DO CURSO DE FARMCIA

    14

    TERMO DE DESISTNCIA DE ORIENTAO DE TRABALHO DE CONCLUSO DE

    CURSO PELO ORIENTADOR

    Eu,________________________________________________________, Credenciado pelo

    Colegiado do Curso de ___________________________ desta instituio, declaro, para os

    devidos fins, desistir da orientao do Trabalho de Concluso de Curso do (a) aluno (a)

    _____________________________________________________________________________.

    Motivo da desistncia:

    _______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Parecer da Coordenao:

    _______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

    So Paulo, ____, _____, _______

    _______________________________

    Assinatura do Orientador

    ______________________________

    Coordenador do Curso

    UNIVERSIDADE IBIRAPUERA

    COORDENAO DO CURSO DE FARMCIA

  • MANUAL DE TRABALHO DE CONCLUSO DE CURSO DO CURSO DE FARMCIA

    15

    TERMO DE DESISTNCIA DE ORIENTAO DE TRABALHO DE CONCLUSO DE

    CURSO PELO ALUNO ORIENTANDO

    Eu,________________________________________________________, aluno (a) do Curso de

    ___________________________ desta instituio, declaro, para os devidos fins, desistir da

    orientao do Trabalho de Concluso de Curso pelo (a) professor (a)

    _____________________________________________________________________.

    Motivo da desistncia:

    ______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Parecer da Coordenao:

    ______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

    So Paulo, ____, _____, _______

    ___________________________________

    Assinatura do aluno (a)

    UNIVERSIDADE IBIRAPUERA

    COORDENAO DO CURSO DE FARMCIA

  • MANUAL DE TRABALHO DE CONCLUSO DE CURSO DO CURSO DE FARMCIA

    16

    FORMULRIO INDIVIDUAL PARA AVALIAO DE TCC

    Ttulo TCC: Turma: Orientador Co-Orientador: Discentes A: Discentes B: Discentes C:

    Apresentao Escrita

    EIXOS Elementos de avaliao Pontos Nota atribuda

    Estrutura do Texto [3.0]

    1. A redao atende aos critrios de uma produo acadmica. 1.0

    2. O contedo exposto esteve circunscrito ao tema adotado. 1.0

    3. A anlise apresentada na fundamentao terica decorreu de forma objetiva e coerente. 1.0

    Normatizao [2.0]

    1. O trabalho atende ao padro estipulado pela Associao Brasileira de Normas Tcnicas. 2.0

    NOTA DA APRESENTAO ESCRITA 5.0

    Apresentao Oral

    So Paulo, _______, _________, ____________

    ____________________________________ Avaliador

    EIXOS Elementos de avaliao Pontos Discentes

    A B C

    Defesa [4.0]

    1. A exposio seguiu uma seqncia lgica dividindo equitativamente os 20 ou 30 minutos de apresentao (introduo, desenvolvimento e concluso).

    1.0

    2. Na abordagem do tema foram apresentados com clareza os aspectos tcnicos da temtica demonstrado segurana e domnio do assunto.

    1.0

    3. As ideias foram expostas de forma crtica e em consonncia ao referencial terico metodolgico adotado.

    2.0

    Resposta Arguio

    [1.0]

    1. As respostas dadas Banca Examinadora foram emitidas de forma correta, dentro dos 20 minutos estipulados para a arguio.

    1.0

    NOTA DA APRESENTAO ORAL 5.0

    NOTA DA APRESENTAO ESCRITA 5.0

    NOTA FINAL 10.0

  • MANUAL DE TRABALHO DE CONCLUSO DE CURSO DO CURSO DE FARMCIA

    17

    ATA DE DEFESA DO TRABALHO DE CONCLUSO DE CURSO

    Aos _______________________________________________________________

    realizou-se a apresentao pblica de defesa do Trabalho de Concluso de Curso com o

    ttulo _________________________________________________________ apresentada

    pelo (a) aluno (a)

    _______________________________________________________________________

    ______________________________________________________________.

    Os trabalhos foram iniciados s __________ h pelo professor Orientador do TCC

    _______________________________________________ presidente da Banca

    Examinadora, constituda ainda pelos seguintes Membros:

    Professor (a): ______________________________________________________

    Professor (a): _____________________________________________________

    A Banca Examinadora, tendo terminado a apresentao do contedo do TCC, passou

    arguio do (a) candidato (a). Encerrados os trabalhos de arguio s ________ h, os

    examinadores reuniram-se para avaliao e deram o parecer final sobre a apresentao e

    defesa oral do candidato, tendo sido atribudas as seguintes notas:

    Avaliador (a) _________________________________________ Nota: _______

    Avaliador (a) _________________________________________Nota: _______

    Avaliador (a) _________________________________________Nota: _______

    Obtendo como mdia de apresentao e defesa ___________________________

    Proclamados os resultados pelo Presidente da Banca Examinadora, foram encerrados os

    trabalhos e, para constar, eu Professora Camilla de Paula Uzam lavrei a presente ata que

    assino juntamente com os demais membros da Banca Examinadora.

    So Paulo, ______, _______, _______

    ______________________________________

    Professora Cmilla de Paula Uzam

  • MANUAL DE TRABALHO DE CONCLUSO DE CURSO DO CURSO DE FARMCIA

    18

    2. ESTRUTURA DOS TRABALHOS ACADMICOS Os elementos do trabalho acadmico possuem estrutura composta por partes pr-

    textuais, textuais e ps- textuais, sendo algumas dessas partes consideradas obrigatrias e

    outras opcionais. Deve-se seguir obrigatoriamente a ordem descrita abaixo:

    PR-TEXTUAIS

    Capa (obrigatrio)

    Folha de rosto (obrigatrio)

    Errata (opcional)

    Folha de Aprovao (obrigatrio)

    Dedicatria (opcional)

    Agradecimento (opcional)

    Epgrafe (opcional)

    Resumo na lngua nativa (obrigatrio)

    Resuma na lngua estrangeira (obrigatrio)

    Lista de ilustraes, Lista de tabelas, Lista de abreviaturas e siglas; e Lista de smbolos

    (opcional).

    Sumrio (obrigatrio)

    TEXTUAIS

    Introduo

    Desenvolvimento do trabalho

    Concluso

    PS- TEXTUAIS

    Referncias (obrigatrio)

    Apndice (opcional)

    Anexos (opcional)

  • MANUAL DE TRABALHO DE CONCLUSO DE CURSO DO CURSO DE FARMCIA

    19

    2.1 PR- TEXTUAIS As partes pr- textuais so aquelas que antecedem ao texto e trazem informaes que

    auxiliam na identificao do trabalho acadmico, estes elementos sero tratados individualmente

    e cada item apresentar ilustraes e caixas de texto explicativos para melhor compreenso dos

    itens.

    2.2 CAPA (obrigatrio) Segue abaixo modelo de capa, que deve ser apresentado no formato A4 (21 cm x 29,7 cm), o

    projeto grfico de responsabilidade do autor, recomenda-se obedecer ao padro de fonte Times

    New Roman ou Arial. Deve obedecer a seguinte ordem:

    a. Nome da Instituio;

    b. Nome do Autor;

    c. Ttulo;

    d. Subttulo se houver;

    e. Local (cidade da instituio);

    f. Ano da entrega.

  • MANUAL DE TRABALHO DE CONCLUSO DE CURSO DO CURSO DE FARMCIA

    20

    Figura 1 Modelo da folha da capa

    UNIVERSIDADE IBIRAPUERA

    CURSO DE FARMCIA

    Maria Aparecida Otaviano

    ASSISTNCIA FARMACUTICA E O SUS

    So Paulo

    2015

    Margem

    superior 3 cm

    Espao entre linhas- 1,5 cm

    Margem

    direita 2 cm

    Sugesto

    tamanho de fonte

    16 a 20

    Sugesto

    tamanho de fonte

    14 a 16

    Margem

    inferior 2

    Margem

    esquerda 3

    cm

    Sugesto

    tamanho de

    fonte 14 a

    16

  • MANUAL DE TRABALHO DE CONCLUSO DE CURSO DO CURSO DE FARMCIA

    21

    2.3 Folha de Rosto (obrigatrio) Segue abaixo modelo de folha de rosto, que a folha que contm os elementos

    essenciais identificao do trabalho, deve ser apresentado no formato A4 (21 cm x

    29,7 cm), o projeto grfico de responsabilidade do autor, recomenda-se obedecer ao

    padro de fonte Times New Roman ou Arial.

    Deve obedecer a seguinte ordem:

    a) Nome do autor;

    b) Ttulo;

    c) Subttulo, se houver;

    d) Natureza (tese, dissertao, trabalho de concluso de curso, monografia e

    outros); nome da instituio, faculdade, curso);

    e) Nome do orientador e, se houver, do co- orientador;

    f) Local (cidade da instituio);

    g) Ano de entrega.

  • MANUAL DE TRABALHO DE CONCLUSO DE CURSO DO CURSO DE FARMCIA

    22

    2.4 ERRATA (opcional) Utiliza-se para indicao de erros porventura cometidos e sua respectiva correo,

    acompanhados de sua localizao no texto. Esta lista dever constar aps a folha de

    rosto.

  • MANUAL DE TRABALHO DE CONCLUSO DE CURSO DO CURSO DE FARMCIA

    23

    2.5 Folha de Aprovao (obrigatrio) Devem-se conter informaes essenciais aprovao do trabalho como, Ttulo, nome

    do autor e titulao. A data da aprovao e assinatura do presidente da banca e do

    coordenador do programa colocada aps a aprovao do trabalho. Essa folha no recebe

    ttulo.

  • MANUAL DE TRABALHO DE CONCLUSO DE CURSO DO CURSO DE FARMCIA

    24

    2.6 Dedicatria (opcional) Pgina opcional na qual o(a) autor(a) presta homenagem ou dedica seu trabalho. Esta

    folha no recebe ttulo e o projeto grfico fica a critrio do autor.

  • MANUAL DE TRABALHO DE CONCLUSO DE CURSO DO CURSO DE FARMCIA

    25

    2.7 Agradecimentos (opcional) Devem ser dirigidos s pessoas ou instituies que, realmente contriburam de

    maneira relevante elaborao do trabalho, restringindo-se ao mnimo necessrio. Deve

    receber ttulo, o projeto grfico fica a critrio do autor.

    Figura 6- Modelo da Folha de Agradecimentos:

  • MANUAL DE TRABALHO DE CONCLUSO DE CURSO DO CURSO DE FARMCIA

    26

    2.8 Epgrafe (opcional) Frase, pensamento ou at mesmo versos no qual o autor apresenta citao seguida de

    autoria relacionada matria tratada no corpo do trabalho. Esta folha no recebe ttulo e o

    projeto grfico fica a critrio do autor.

    Figura 7- Modelo da Folha da epgrafe:

  • MANUAL DE TRABALHO DE CONCLUSO DE CURSO DO CURSO DE FARMCIA

    27

    2.9 Resumo em Portugus/ Resumo em Ingls (obrigatrio) Deve ser um texto sinttico que inclui as ideias principais do trabalho, permitindo que

    tenha uma viso sucinta e clara do todo, principalmente das questes de maior

    importncia e das concluses a que se tenha alcanado. feito normalmente na lngua de

    origem e em outra de larga difuso, dependendo de seus objetivos e alcance.

    Em teses, dissertaes e monografias apresentar o resumo com, no mximo, 500

    palavras e em artigos peridicos e outros trabalhos acadmicos, com no mximo, 250

    palavras.

    As palavras- chaves devem estar logo abaixo do resumo.

    Obs.: Os resumos devem estar em folhas separadas, e deve obedecer, a seguinte

    ordem: folha do resumo em portugus > folha do resumo em ingls.

  • MANUAL DE TRABALHO DE CONCLUSO DE CURSO DO CURSO DE FARMCIA

    28

  • MANUAL DE TRABALHO DE CONCLUSO DE CURSO DO CURSO DE FARMCIA

    29

    3. Lista de Ilustraes, Tabelas, Abreviaturas, Siglas, Smbolos (opcional) Enumerao de elementos selecionados do texto, como datas, ilustraes (figuras), exemplos

    e tabelas, cada item designado por seu nome especfico, acompanhado do respectivo nmero da

    pgina. O ttulo deve ser centralizado, sem indicativo numrico, obedecem ordem que

    aparecem no texto, exceto para abreviaturas e siglas que devem estar relacionadas em ordem

    alfabtica. Recomenda-se fazer lista para informaes que contenham mais de 3 itens.

    Obs. As listas devem estar em folhas separadas, e deve obedecer a seguinte ordem: 1 Lista de

    ilustraes ou figuras, 2- Tabelas, 3- Abreviaturas e siglas, 4- smbolos.

    Figura 10- Modelo da folha de Listas.

  • MANUAL DE TRABALHO DE CONCLUSO DE CURSO DO CURSO DE FARMCIA

    30

    3.1 Apresentaes de ilustraes no texto Entende-se como ilustraes os grficos, diagramas, desenhos, fotografias, mapas, etc. que

    complementam visualmente o texto.

    3.2 Apresentao de Tabelas e quadros no texto As tabelas apresentam informaes tratadas estatisticamente; os quadros contm informaes

    textuais agrupadas em colunas.

  • MANUAL DE TRABALHO DE CONCLUSO DE CURSO DO CURSO DE FARMCIA

    31

  • MANUAL DE TRABALHO DE CONCLUSO DE CURSO DO CURSO DE FARMCIA

    32

    Figura 13- Modelo de sumrio

  • MANUAL DE TRABALHO DE CONCLUSO DE CURSO DO CURSO DE FARMCIA

    33

    4. TEXTUAIS

    Essa a parte do trabalho na qual exposta a matria. Deve ser apresentado no formato A4

    (21 cm x 29,7 cm), recomenda-se obedecer ao padro de fonte Times New Roman ou Arial,

    margens iguais s partes pr-textuais, espaamento 1,5 entre linhas. Os ttulos e subttulos das

    sees e subsees que compem o texto devem ser alinhados esquerda, precedidos de seus

    indicativos numricos grafados em algarismos arbicos e separados entre si por um espao de

    caractere, no deve conter ponto final e os ttulos devem ser separados do texto que os precede

    ou que os sucede por dois espaos de 1,5. Cada seo primria deve ser iniciada em uma nova

    folha. Deve apresentar trs partes principais: introduo, desenvolvimento e concluso.

    4.1 Introduo A partir da pgina inicial da introduo, todas as pginas devem ser numeradas inclusive

    referncias, anexos etc. e o nmero deve vir no canto superior direito, a 2 cm da borda superior.

    A introduo a parte inicial do texto, na qual devem constar a formulao e delimitao do

    assunto tratado, bem como os objetivos da pesquisa. Tem por finalidade fornecer ao leitor os

    antecedentes que justificam o trabalho. A introduo pode incluir informaes sobre a natureza e

    importncia do problema, sua relao com outros estudos sobre o mesmo assunto, suas

    limitaes e objetivos.

    4.1.1 Formatao O corpo do texto dever ser justificado.

    A sugesto de digitao deve ser em fontes 12, tipo Times New Roman ou Arial. As

    referncias devem ser alinhadas esquerda.

    4.1.2 Novo Captulo ou Nova Seo Quando muda o captulo ou a seo deve iniciar em uma nova pgina, mesmo havendo

    espao de sobra.

    4.2 Desenvolvimento Parte principal do texto, que contm a exposio ordenada do assunto. Pode ser dividida em

    sees ou subsees, que variam em funo do tema e da abordagem do mtodo.

    Em trabalhos que se propem a rever e comentar a literatura, e que no relatam pesquisa de

    campo ou de laboratrio conduzida pelo autor, a proposio preceder a reviso da literatura.

  • MANUAL DE TRABALHO DE CONCLUSO DE CURSO DO CURSO DE FARMCIA

    34

    Tambm no se justifica uma seo de resultado, porque em trabalhos desta natureza no existe

    coleta de dados e anlise estatstica. Em trabalhos nos quais se relata pesquisa de laboratrio ou

    de campo conduzida pelo autor, o desenvolvimento das monografias apresentaro nessa ordem

    as seguintes partes do texto: Reviso da Literatura, Preposio, Mtodo, Resultados e Discusso.

    4.2.1 Reviso da Literatura Da Reviso da Literatura devem constar trabalhos preexistentes, que serviro de subsdio s

    intenes de pesquisa do autor. Pode constituir em um corpo nico ou ser subdividido, caso o

    assunto a ser tratado assim o exija. A ordem cronolgica dos fatos deve ser obedecida,

    permitindo uma viso histrica do desenvolvimento do conhecimento do tema.

    4.2.2 Proposio Destina-se a apresentar as intenes do autor em relao ao assunto. Deve expressar

    coerncia recproca entre o ttulo e as sees de Reviso da Literatura e a Metodologia

    empregada.

    4.2.3 Mtodo Destina-se a expor os meios pelos quais o autor se valeu para a execuo do trabalho.

    descrito todo tipo de material, equipamento, procedimentos adotados durante o desenvolvimento

    do Trabalho de concluso de curso.

    4.2.4 Resultados Nesta seo o autor ir expor o obtido em suas observaes. Os resultados podero estar

    expressos em quadros, grficos, tabelas, fotografias ou em outros meios que demonstre o que o

    trabalho permitiu verificar. Os dados expressos no devem ser repetidos em mais de um tipo de

    ilustrao.

    4.2.5 Discusso A discusso constitui uma seo com maior liberdade. Nessa fase o autor, ao tempo que

    justifica os meios que usou para a obteno dos resultados, pode contratar esses com os

    constantes da literatura pertinente.

  • MANUAL DE TRABALHO DE CONCLUSO DE CURSO DO CURSO DE FARMCIA

    35

    4.2.6 Concluso Mesmo que se tenham vrias concluses deve-se usar sempre o termo no singular, pois, se

    trata da concluso do trabalho em si e no um mero enunciado das concluses obtidas pelo autor.

    a recapitulao dos resultados e da discusso da pesquisa. Pode apresentar dedues

    lgicas e correspondentes aos objetivos propostos.

    4.3 PS-TEXTUAIS Nesta seo compreendem as informaes que complementam o trabalho acadmico.

    4.3.1 Referncias (obrigatrio) Conjuntos de elementos que permitem a identificao, no todo ou em parte, de documentos

    impressos ou registrados em diversos tipos de materiais que foram mencionados no decorrer do

    trabalho. No deve constar nas referncias elementos que no foram citados no texto.

    As referncias devero ser apresentadas em lista ordenada alfabeticamente por autor e

    devem ser alinhadas esquerda.

  • MANUAL DE TRABALHO DE CONCLUSO DE CURSO DO CURSO DE FARMCIA

    36

    4.3.2 Apndice(s) (opcional) Documentos que so anexados no final do trabalho com a finalidade de documentar dados

    ou fatos citados no decorrer de seu desenvolvimento. So documentos elaborados pelo prprio

    autor e que completam seu raciocnio sem, prejudicar a explanao feita no corpo do trabalho.

    Os apndices so identificados por letra maiscula do alfabeto que dever ser consecutivo, e

    com o travesso separando os respectivos ttulos. Exemplo:

    APNDICE A- Avaliao numria...

    APNDICE B- Avaliao celular...

    4.3.3 Anexo (s) (opcional) Suportes elucidativos e indispensveis para compreenso do texto, so constitudos de

    documentos, nem sempre elaborados pelo prprio autor, que complementam a inteno

    comunicativa do trabalho.

    O ttulo deve ser centralizado e sem indicativo numrico.

    Se houver mais de um anexo, sua identificao deve ser feita por meio de letra maiscula do

    alfabeto.

    Exemplo:

    ANEXO A- Roteiro para formatar sumrio automtico.

    ANEXO B- Como inserir nmeros apenas, a partir da introduo.

  • MANUAL DE TRABALHO DE CONCLUSO DE CURSO DO CURSO DE FARMCIA

    37

    5. REFERNCIAS

    ASSOCIAO BRASILEIRA DE NORMAS TCNICAS. Informao e documentao - Referncias - Elaborao. Rio de janeiro, 2002 (NBR 6023). ASSOCIACAO BRASILEIRA DE NORMAS TECNICAS. Normas ABNT elaborao de referencias. Rio de Janeiro: ABNT, 2011 (6023).

    ASSOCIAO BRASILEIRA DE NORMAS TCNICAS. Numerao progressiva das sees de um documento escrito Apresentao. Rio de Janeiro, 2003 (NBR 6024). ASSOCIAO BRASILEIRA DE NORMAS TCNICAS. Sumrio Apresentao. Rio de Janeiro, 2003 (NBR 6027). ASSOCIAO BRASILEIRA DE NORMAS TCNICAS. Resumo Apresentao. Rio de Janeiro, 2003 (NBR 6028). ASSOCIAO BRASILEIRA DE NORMAS TCNICAS. ndice Apresentao. Rio de Janeiro, 2005 (NBR 6034).

    ASSOCIAO BRASILEIRA DE NORMAS TCNICAS. Informao e documentao - Citaes em documentos. Rio de janeiro, ABNT, 2002 (NBR 10520). ASSOCIACAO BRASILEIRA DE NORMAS TECNICAS. Normas ABNT informao e documentao citaes em documento. Rio de Janeiro: ABNT, 2011 (10520).

    ASSOCIAO BRASILEIRA DE NORMAS TCNICAS. Lombada Apresentao. Rio de Janeiro, 2004 (NBR 12225). ASSOCIAO BRASILEIRA DE NORMAS TCNICAS. Informao e documentao - Trabalhos Acadmicos - Apresentao. Rio de janeiro, 2011 (NBR 14724). ASSOCIAO BRASILEIRA DE NORMAS TCNICAS. Projeto de pesquisa Apresentao. Rio de Janeiro, 2011 (NBR 15287).