Top Banner

Click here to load reader

39

ESTUDO DE CASO: TRATAMENTO DE OBESIDADE ATRAVES DA …€¦ · A Obesidade pode ser, ou é uma doença crônica que atinge todas as faixas etárias e grupos socioeconômicos e que

Jul 14, 2020

ReportDownload

Documents

others

  • ESCOLA BRASILEIRA DE MEDICINA CHINESA EBRAMEC

    CURSO DE FORMAÇÃO INTERNACIONAL EM ACUPUNTURA

    ANTONIO JORGE DE OLIVEIRA

    ESTUDO DE CASO: TRATAMENTO DE OBESIDADE

    ATRAVES DA ACUPUNTURA AURICULAR

    SÃO PAULO

    2016

  • ANTONIO JORGE DE OLIVEIRA

    ESTUDO DE CASO: TRATAMENTO DE OBESIDADE

    ATRAVES DA ACUPUNTURA AURICULAR

    Trabalho de Conclusão de Curso de Formação

    em Acupuntura apresentado à EBRAMEC -

    Escola Brasileira de Medicina Chinesa, sob

    orientação do Professor, João Carlos Felix, e Co-

    Orientador, Dr. Reginaldo de C. Silva Filho

    SÃO PAULO

    2016

  • ANTONIO JORGE DE OLIVEIRA

    ESTUDO DE CASO: TRATAMENTO DE OBESIDADE

    ATRAVES DA ACUPUNTURA AURICULAR

    BANCA EXAMINADORA

    _________________________________

    _________________________________

    _________________________________

    João Carlos Felix

    ORIENTADOR

    Dr. Reginaldo de C. Silva Filho

    Co-Orientador

    ANTONIO JORGE DE OLIVEIRA

    São Paulo, ____ de _________de _____

  • DEDICATÓRIA

    Dedico esta pesquisa a minha família pela confiança, mesmo sabendo da dificuldade que

    encontraria, me incentivando a superar a mesma, Com exemplos de fé, esperança e força e que me

    fizeram conhecer a Acupuntura.

    Em especial a minha esposa e paciente, GeniLeite Pereira, e minha irmã, Maria do Socorro,

    e meus pais maravilhosos, Pai, Miguel Jorge de Oliveira eMãe Terezinha Mª da Silva Oliveira, que

    mesmo de longe sei que me apoiavam, e amigos (as) que incondicionalmente me apoiaram,

    Marilena F. Baptista, Malci A. Frazão, Alexandre Oliveira, pelo imensurável apoio e confiança

    depositados todos esses meses de estudos e dedicação para que essa pesquisa se realizasse.

  • AGRADECIMENTOS

    Agradeço Primeiro a DEUS, por iluminar minha mente no decorrer das pesquisas pelo

    milagre da vida, e pela oportunidade do aprendizado, em permitir através do conhecimento tornar-

    me capaz de ser útil em auxiliar ao próximo.

    A minha família, que sempre incentivou meus sonhos e esteve sempre ao meu lado nesta

    jornada de estudos, a todos os amigos que conquistei na turma acu079, e principalmente pelas

    criticas construtivas, estes estarão sempre em meu coração.

    Aos pacientes que me ajudaram a por em prática meus conhecimentos na área da

    Acupuntura e de poder ajudar o meu próximo.

    Agradeço em especial ao professor João Carlos Felix pela paciência e orientação na

    conclusão deste Estudo de Caso.

    E a todos demais professores Pela dedicação, amizade, profissionalismo, competência e

    tornar possível o meu sonho de transpor mais uma etapa em minha vida.

    Deus os abençoe e ilumine seus caminhos.

  • RESUMO

    A Acupuntura é uma técnica terapêutica milenar que através da inserção de agulhas e aplicação de

    sementes e Moxabustão se obtém o equilíbrio do QI (Energia Vital) e Xue (Sangue) pelo corpo,

    podendo ser utilizado com outros métodos complementares. O presente estudo pretende realizar

    com os pacientes no total de 10 que apresentam o quadro de obesidade, com o tratamento utilizando

    os pontos auriculares em 08 sessões de 30 minutos cada; Ao final espera-se a eficácia do tratamento

    para a perda de peso. O objetivo do tratamento é a diminuição e redução de medidas e melhorando

    consequentemente as medidas.

    Palavras-chave: Obesidade, Acupuntura Auricular,Tratamento.

  • ABSTRACT

    The acupuncture therapy is an ancient art that by inserting needles and applying seeds and

    Moxibustion is obtained the balance of the IQ ( vital energy ) and Xue ( blood ) into the body , can

    be used with other complementary methods. This study intends to conduct with patients in the total

    of 10 that have the obesity chart , with treatment using auricular points in 08 sessions of 30 minutes

    each; At the end it is expected efficacy of treatment for weight loss. The goal of treatment is to

    decrease and reduction measures and improving accordingly the measures.

    Keywords : Obesity , Auricular Acupuncture Treatment .

  • Sumário

    1. INTRODUÇÃO .................................................................................................................................. 9

    2. OBJETIVO ....................................................................................................................................... 10

    3. OBESIDADE SEGUNDO A MEDICINA OCIDENTAL .......................................................................... 11

    3.1 A OBESIDADE TAMBÉM FAVORECE AO SURGIMENTO DE ENFERMIDADES...........11

    3.2 HÁ DIVERSAS FORMAS DE CONCEITUAR E CLASSIFICAR A OBESIDADE................12

    3.3 TRATAMENTO NA MEDICINA OCIDENTAL......................................................................14

    4. OBESIDADE E A MEDICINA CHINESA - MC ......................................................................................... 15

    4.1 TRATAMENTO DA OBESIDADE COM ACUPUNTURA AURICULAR.............................16

    5 PONTOS AURICULARES UTILIZADOS .................................................................................................. 17

    6 GRAFICOS ........................................................................................................................................... 23

    7 MATERIAS E MÉTODO ........................................................................................................................ 33

    7.1 MATERIAS.................................................................................................................................33

    7.2 MÉTODO....................................................................................................................................35

    8 DISCUSSÃO ......................................................................................................................................... 36

    9 CONCLUSÃO ....................................................................................................................................... 37

    10 REFERENCIAS BIBLIOGRÁFICAS ................................................................................................. 38

  • 9

    1. INTRODUÇÃO

    A Acupunturaoriginou-senaChina,sendomilenaroseudesenvolvimento,

    emborapráticassemelhantesàAcupunturasejamencontradasemoutrospovos

    antigoscomoegípcios,sumerianos,persas,nascivilizaçõesmaiaeasteca,enas populações africanas,

    sendo também inúmeras as reminiscências na Medicina

    populardediferentespovosdaEuropa.Masemnenhumlugardomundosedeuo

    significadofilosóficoprofundoàAcupunturacomo,naantigaChina(YAMAMURA, 2004,p.LIV).

    Atualmente, a Acupuntura é bastante difundida e o tratamento tem sidouma importante

    ealternativaparaaquelesquenãoencontramdiagnósticosnamedicina tradicional –

    aalopáticaoumesmoparaaprevençãodedoençasecomoterapia (MANCINI,2011).

    AAcupunturafoiidealizadadentrodocontextoglobaldafilosofiadoTaoe das concepções

    filosóficas e fisiológicas que nortearam a MedicinaTradicional Chinesa.

    AconcepçãodosMeridianosedosPontosdeAcupuntura,odiagnóstico energéticoeotratamentobaseiam-

    senospreceitosdoYangedoYin,dosCinco Movimentos da Energia (Qi) e do Xue (Sangue)

    (YAMAMURA, 2004, p.LVI).

    AEnergia(Qi),segundoYamamura(2004,p.LVII)éaformaimaterialque promove o dinamismo,

    a atividade do ser vivo. Manifesta-se sob doisaspectos

    principais,umdecaracterísticaYangeoutrodecaracterísticaYin. Segueabaixo

    algumasdasformasdeQiexistentesnocorpo:YuanQi(QiOriginal):resultada

    transformaçãodaEssênciadoShen

    (Rim)emEnergiaYang(YangQi)eYin(YinQi)docorpo,GuQi(QidosAlimentos):provenientedaEssênci

    adosalimentose responsável por toda a nutrição energética das estruturas do corpo, WeiQi(Energia

    deDefesa):provenientedauniãodaenergiacelestecomaterrestreeresponsável por toda defesa e

    resistência contra as Energias Perversas (fatoresde adoecimento), ZhongQi (Qi Torácico): de

    formação semelhante ao WeiQi,é responsável pela dinâmica cardiorrespiratória e da

    respiraçãocelular.

    Acupuntura significa agulhar e puncionar e está focada na terapiae na cura das enfermidades

    pela estimulação da pele com agulhas epontos específicos, denominados acupontos, que pode ser

    feito de várias maneiras comoa Acupuntura Sistêmica, a Auricular, a Eletroacupuntura,

    Massagens,Exercícios Respiratórios e Fitoterapia (SZABÓ E BECHARA,2001).

  • 10

    2. OBJETIVO

    Reafirmar através desse trabalho de estudo de caso os benefícios e os efeitos da Acupuntura

    Auriculoterapia em pacientes com obesidade, com o método não Invasivo e um desempenho melhor

    e qualidade de vida.

  • 11

    3. OBESIDADE SEGUNDO A MEDICINA OCIDENTAL

    A obesidade,provavelmente é um dos distúrbiosmetabólicos mais antigos e remotos

    quecompeteà humanidade havendo relatos da ocorrência desta desordem em múmiasegípcias e em

    esculturas gregas. A obesidade tem sido considerada uma epidemia mundial presente tanto em

    países desenvolvidos como em desenvolvimento e sua prevalência esta crescendo de forma

    alarmante, o aumento da sua incidência esta distribuído em quase todas as raças e sexos e atinge

    principalmente a população de 25 e 44 anos.

    3.1 A OBESIDADE TAMBÉM FAVORECE AO SURGIMENTO DE

    ENFERMIDADES

    A obesidade também favorece o surgimento de enfermidades com potencial de morbidade

    como (a) dislipidemias, (b) Cardiovasculares, (c) Diabetes Não-Insulinodependente,(Diabetes Tipo

    II) e (c) Certos Tipos de Câncer, além das consequências dermatológicas, a alteração da imagem

    corporal pode levar a condições que comprometem a estética principalmente a qualidade de vida da

    pessoa.

    A Obesidade pode ser, ou é uma doença crônica que atinge todas as faixas etárias e grupos

    socioeconômicos e que segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), vem crescendo muito. O

    número de obesos entre 1995 e 2000 passou de 200 para 300 milhões, perfazendo quase 15% da

    população mundial. Estimativasmostram que, em 2025, o Brasil será o quinto país no mundo a ter

    problemas de obesidade em sua população. Um importante problema de saúde pública, e para a

    OMS, uma epidemia global.

    A etiologia da obesidade não é de fácil identificação, uma vez que a mesma é caracterizada

    como uma doença multifatorial, ou seja, é resultado de uma complexa interação entre fatores

    comportamentais, culturais, genéticos, fisiológicos e psicológicos. Dessa forma pode ser

    classificada em dois contextos: por determinação genética ou fatores endócrinose metabólicos, ou

    também influenciada por fatores externos,sejam eles de origem dietética, comportamental ou

    ambiental. Acredita-se que os fatores externos são mais relevantes na incidência de obesidade do

    que os fatores genéticos (ROMERO, 2006).

  • 12

    3.2 HÁ DIVERSAS FORMAS DE CONCEITUAR E CLASSIFICAR A

    OBESIDADE

    A definição primária de obesidade pode ser a de “acúmulo excessivo de tecido adiposo no

    organismo”. A grande dificuldade deste conceito básico é como medir esse tecido adiposo e como

    estabelecer o limiar a partir do qual um determinado indivíduo será rotulado como

    obeso(VASQUES, 2004).

    A obesidade é o acúmulo exagerado de gordura no tecido subcutâneo. Uma doença

    multifatorial que age de diversas formas para determinar este problema, ou seja, necessidade de

    atividade física, vida sedentária, alimentação exagerada e fator emocional(SANTOS E MOURA,

    1988).

    Já para Cohen e Cunha (2004), a obesidade é o estado físico em que a pessoa tem peso

    acima do que se espera para o seu biótipo (constituição musculoesquelética) e seu sexo. Além do

    sobrepeso ainda apresentam um excesso de gordura, com relação à considerada normal.

    Segundo Jinsheng(2005), um indivíduo obeso tem um padrão de peso excedente a 20% do

    seu corpo, relacionado com o acúmulo de gordura, não incluindo a massa magra (músculos), O

    sobrepeso nem sempre foi atributo negativo.

    Dados arqueológicos mostram que antes mesmo da Idade Moderna, a obesidade feminina

    era vista como forma de saúde e fertilidade, porque na Idade Média acreditavam que as mulheres

    que aguentavam um bebê por nove meses na barriga eram aquelas que tinham reservas adiposas, ou

    seja, acúmulo de gordura. Em 1930, o mundo da Psicologia já era dominado por Freud, e sua ideia é

    que a obesidade vem da fixação da pessoa na fase oral, advinda de famílias desajustadas, resultando

    na compulsividade em comer. (COHEN E CUNHA, 2004).

    No final da década de 1970, muitas companhias de seguro internacionais utilizavam tabelas

    que relacionavam peso com altura e determinavam se a pessoa era obesa, pois teria que pagar mais

    caro pelo seguro, porque estaria mais propensa a ter problemas de saúde. No entanto, esta forma de

    medição não é a ideal, já que pessoas com a mesma altura podem ter constituições diferentes, sendo

    este peso relacionado à musculatura (massa magra) e não a gordura acumulada (COHEN E

    CUNHA, 2004).

    Criou-se, então, o Índice de Massa Corporal (IMC), método mais utilizado atualmente e

    que define que a obesidade seria classificada a partir de um IMC superior a 30 kg/m². Outra

    definição que se refere igualmente ao excesso de peso é a de que “uma pessoa obesa é

  • 13

    definida,convencionalmente, como aquela que pesa 20% a mais do que o peso-padrão especificado

    com relação ao sexo, altura e estrutura corporal” (VASQUES, 2004).

    Segundo Fornazieri (2005), quando o resultado dessa divisão fica entre 19 e 25 kg/m²,

    considera-se o indivíduo normal. Entre 26 e 30 kg/m², pode-se concluir que há sobrepeso, acima de

    30 até 39,9 kg/m² a pessoa apresenta obesidade leve e as pessoas com IMC maior que 39,9 kg/m²é

    determinado como obeso grave ou mórbido.

    Outro método de mensuração da obesidade é feito a altura (cm) – 100 x 0.9, o resultado dos

    graus de obesidade podem ser até 10 % é considerado normal, acima de 10% até 20%, considerado

    como excesso de peso, de 20% a 30%, o indivíduo apresenta obesidade leve, de 30% a 50%

    obesidade grave e acima de 50% a pessoa tem obesidade mórbida. (JINSHENG, 2005).

    A OMS define obesidade grau I quando o IMC situa-se entre 30 e 34,9 kg/m², obesidade

    grau II quando IMC está entre 35 e 39,9kg/m² e, por fim, obesidade grau III quando o IMC

    ultrapassa 40kg/m² (FANDINO, 2004).

    O fato é que a obesidade se transformou no problema de saúde mais comum do século XXI,

    emergiu como uma epidemia em países desenvolvidos, durante as últimas décadas do século XX.

    No entanto, atualmente, atinge todos os níveis socioeconômicos e vem aumentando sua incidência,

    também nos países em desenvolvimento. Este problema não está limitado a uma região, país ou

    grupo racial/étnico, mas sim a um fenômeno mundial que afeta ricos e pobres, adultos e crianças e é

    resultante da ação de fatores ambientais, hábitos alimentares, atividade física e condições

    psicológicas sobre indivíduos geneticamente predispostos a apresentar excesso de tecido adiposo.

    (CABÝOGLU E ERGENE, 2006).

    Estudos populacionais realizados no Brasil,nos últimos 25 anos, tem demonstrado

    significativos aumentos nas prevalências de sobrepeso e obesidade em todas as regiões dopais, tanto

    em homens como em mulheres.

    A Obesidade corresponde a um grupo heterogêneo de condições com múltiplas causas que

    em análise resultam no fenótipo de obesidade. A influência genética na etiologia dessa condição

    clinica pode ser atenuada ou exacerbada por fatores não-genético, como o ambiente externo e

    interações psicossociais que atuam sobre mediadores fisiológicos de gasto e consumo energético.

    O envelhecimento também está ligado ao ganho de peso, por estar associado a fatores como

    declínio na TMB em consequência da perda de massa muscular, diminuição de atividades físicase

    aumento no consumo alimentar.

  • 14

    Jebbdescreve que comprometimentos endócrinos também parecem conduzir à Obesidade,

    como no caso do hipotireoidismo e problemas do hipotálamo, mas estas causas representam menos

    de 1% dos casos em excesso de peso.

    Outros problemas dessa mesma origem incluem alterações no metabolismo de

    corticosteroides, hipogonadismo em homens e ovariectomia em mulheres, e a síndrome de ovário

    policístico, a qual pode estar relacionada a mudanças na função ovariana ou à na hipersensibilidade

    no eixo hipotálamo-hipófise-adrenal.

    A obesidade, particularmente aquela localizada na região abdominal, pode elevar risco de

    ocorrência de Diabetes Millitusnão dependente de insulina (DMNDI) em Dez vezes(10).

    JUNG descreve que cerca de75% dos pacientes com (DMNDI) estão acima do peso desejável,

    FRANCISCHIET mostra que para um aumento de 10% no peso corporal, há aumento de 2 mg/dl na

    glicemia em jejum.

    JUNG, ao considerar a distribuição da gordura corporal, revela que a circunferência da

    cintura maior do que 100 cm pode isoladamente elevar o risco de desenvolvimento de diabetes em

    3,5 vezes, mesmo após um controle do IMC.

    A Obesidade traduz um desequilíbrio energético o qual é consequência de fatores como: tipo

    e a quantidade de alimentos consumidos, regularidade da alimentação e estado emocional enquanto

    se alimenta. Os reflexos de deficiência do Qi e Yang do Rim(Shen) e deficiência do Qi e Yang do

    Baço, vão se caracterizar por vários sinais e sintomas dentre os quais o aumento de peso é evidente

    (SEBOLD, 2006).

    Para tratar a obesidade com acupuntura é muito importante selecionar os pontos baseados

    nos sintomas, podem-se escolher pontos múltiplos em diversos meridianos, alguns pontos podem

    coincidir em vários tratamentos, de acordo com o padrão de obesidade que a pessoa apresenta, mas

    os efeitos são particulares, dependendo do paciente do acupunturista e do padrão que a pessoa tem.

    A acupuntura auricular é bastante eficaz, principalmente combinada com a acupuntura sistêmica

    (QUNLI E ZHICHENG, 2005).

    3.3TRATAMENTONAMEDICINA OCIDENTAL

    É fato conhecido que uma nutrição equilibrada e a prática regular de atividade física são

    fatores fundamentais para uma boa qualidade de vida e combater a obesidade. A obesidade e um

    estilo de vida fisicamente inativo são dois dos fatores de risco mais prevalentes das doenças

  • 15

    crônicas comuns do mundo ocidental. Ambos acarretam custos enormes para a saúde e para a

    economia, sendo reconhecido como os principais fatores de risco para as doenças cardiovasculares,

    o diabetes mellitus não insulinodependente, a hipertensão etc. “A epidemia de obesidade”, fornece

    uma visão geral da epidemia atual de obesidade, suas implicações nas taxas de mortalidade e de

    morbidade e suas consequências econômicas, o papel da atividade física nas doenças decorrentes da

    obesidade e sua relação com o estado da saúde do obeso. Também são analisadas formas de

    modificar os hábitos físicos do obeso e medicamentos, médicos, nutricionistas, farmacêuticos,

    agentes de saúde e estudantes. De fato, o papel da atividade física na equação de equilíbrio

    energético geral e sua influência na saúde do obeso.

    BOUCHARD, C. Atividade física e obesidade. São Paulo: Manole, (2003.p.469). (acesso dia

    13/01/2016 as 19:21hs).

    4. OBESIDADE EA MEDICINA CHINESA - MC

    A Teoria do Yin Yang explica o aparecimento do desequilíbrio energético,que

    paraMC,éconsideradacomoumadoença,pelodesequilíbrioentreestasduas

    forças,quandoumasetornamais“forte”eaoutraoposta,setornamais“fraca” (SEBOLD,2006).

    Desequilíbrio energético, neste caso a obesidade é interpretada,conforme Ross (2003, p.395)

    como sendo uma Deficiência do Qi e Yang do Baço,com principais manifestações: preguiça,

    secreção notrato respiratório,demoraoulentidãoparafazerqualquercoisa,sensaçãodepesonos

    membros,alémdeapresentaropulsovazioeescorregadioealínguapálida,com saburra gordurosa e

    branca. Outro padrão é a Deficiência do Qi e Yang do Rim(Shen),com

    sintomasdeexcessodepeso,retençãodelíquidos,sensaçãodefrionascostas, pernasebaixoabdome.O

    Pulsoé Vazio,lento,escorregadioeprofundoealíngua pálida, úmida, com presença de saburrabranca.

    Segundo Maciocia (2007, p.117-118) a função principal do Baço consisteem auxiliar a

    digestão do Estômago por meio do transporte e da transformaçãodas Essências alimentares,

    oriundas dos alimentos. Sendo o Baço(Pi), o sistema centralda

    produçãodeQique,apartirdosalimentoselíquidosingeridos,extraioQidos alimentos (GuQi), que é a

    base para a formação do Qi e doSangue(Xue).

    NaMedicina Chinesasãoconsideradasascorrelaçõescomvariadoselementoscomoa natureza

    com o clima úmido, o estilo de vida, as emoções, a alimentação, atensão

    mental,oexcessodepensamento.Contudo,estascorrelaçõespodemviragerar

  • 16

    deficiênciasenfraquecendo OBaço,Aalimentação,nocontextodaMedicina Chinesa

    serveparamanterumpadrãoenergéticoemanterumpadrãodeequilíbrio.Desta forma, as inter-relações

    pela Medicina Chinesa, baseiam-se no diagnósticode desequilíbrioenergéticoedeterminar

    ospontosutilizadosparaserem inseridas as agulhas dentro da técnica de Acupuntura

    (SEBOLD,2006).

    CABYOGLU (2006)relata que a utilização da Acupunturano tratamento da obesidade é

    satisfatória na perda de peso, no equilíbrio do apetite,na mobilidade intestinal, no metabolismo e

    nos fatores emocionais. A Acupuntura estáentre os tratamentos complementares maisutilizados.

    EstudosrevelamoefeitodaAcupunturasobreoapetite,principalmentese adicionarmos a

    Auriculoterapia, pois agem sobre o núcleo ventromedial,porque estimulam o hipotálamo, que é o

    centro da saciedade, sugerindo uma sensaçãode satisfação por mais tempo (SZABÓ E

    BECHARA,(2001).

    Para tratar a obesidade com Acupuntura é muito importante selecionaros

    pontosbaseadosnossintomas,podem-seescolherpontos múltiplos emdiversos meridianos, alguns

    pontos podem coincidir em vários tratamentos, de acordo como padrão de obesidade que a pessoa

    apresenta, mas os efeitos sãoparticulares, dependendo do paciente,das técnicas do Acupunturista e

    do padrão que a pessoa tem.A Acupuntura Auricular é bastante eficaz, principalmente combinada

    com aAcupuntura Sistêmica (QUNLI E ZHICHENG,2005).

    4.1TRATAMENTODA OBESIDADE COM ACUPUNTURAAURICULAR

    SegundoSouza(2007),aAuriculoterapiaéumatécnicadaAcupunturaque usa o pavilhão

    auricular para efetuar no tratamento da saúde, aproveitando o reflexo que a Acupuntura auricular

    exerce sobre oSNC.

    PERETTI (2005) relata que a Auriculoterapia tem duas estratégias básicas para auxiliar

    aperdadepeso.Ométododetratamentomaistradicionalconsisteem considerar a obesidade como uma

    consequência de maus hábitosalimentares, podendo ser comparado aotabagismo.

    SANTOS (2008, p.87) relata que a terapia auricular pode contribuir parao emagrecimento,

    posteriormente manter-se em forma, mas cada tratamento deveser individualizado.

    O tratamento da obesidade pela Auriculopuntura consiste emimplantar sementes auriculares

    convencionais, presas com fita adesiva específica nopavilhão

    auricular,quesãotrocadassemanalmente,utilizandootratamentodaacupressão (PERETTI,2005).

  • 17

    De acordo com o mesmo autor, este método utiliza um conjunto de pontosdo pavilhão

    auricular, escolhidos criteriosamente, de acordo com asnecessidades terapêuticas do paciente. O

    tratamento consiste na aplicação de sementesem pontos específicos da orelha, de acordo com as

    necessidades individuais. Após essa terapia, o paciente irá para casa com a incumbência de

    manipularestas sementesdemaneiraadequada,conformetranscriçãodamanipulaçãocorretade

    cadaponto.

    5PONTOSAURICULARES UTILIZADOS

    Auriculoterapia é o método mais frequentemente utilizado parao tratamento da obesidade.

    Pontos comumente utilizados incluem pontos de Fomee Estômago (saciedade e plenitude) e

    ShenMen (Sedação e Analgesia).

    Oouvido externo é inervado por vários nervos, incluindo o nervo vago, que é

    direcionadopara interagir com os nervos cranianos que partilham um caminho comum com

    osnervos digestivosemdireçãoaocérebro.

    Umadashipótesesparaexplicaraeficiênciada Auriculoterapia seria de que a estimulação do

    nervo auricular provocainterferências nos sinais de apetite e no trato gastrointestinal

    (LACEY,2003).

    Para tratar a obesidade, sugere-se sedar pontos do aparelho digestóriocomo Rim(Shen),

    Boca, Estômago, Baço, Intestino Grosso,Intestino Delgado, Fome e Vicio, e estimular os Intestinos.

    Aescolha adequada de pontos para o tratamento da obesidade promove o aumentodo

    metabolismocorporal,melhoraefunçãodigestivaeintestinal,bemcomoefeitos positivos sobre os

    fatores emocionais envolvidos, auxiliando do controleda compulsão alimentar de forma saudável

    (MARTINI E CARDOSO, 2009).

    Considerando o tratamento aplicado em 10(Dez) pacientes no estudo, foram aplicados os

    seguintes pontos.

    Ansiedade, O ponto ansiedade que é um ponto específico e acalma a mente.

    Baço,a Terra, transportar e transformar,

    Boca, O ponto Boca é um ponto do grupo de pontos fortalecedores como ponto

    hipoglicemiante, e este ponto fome diminui o apetite, é ponto específico.

  • 18

    Endócrino,responsável pelos hormônios, e podem estimular ou inibir as funções

    metabólicas de absorção e excreção, é formado por uma série de glândulas responsáveis pelo

    crescimento de tecidos, no equilíbrio hídrico do corpo, na reprodução e no metabolismo de

    carboidratos, ajuda importante no sistema digestório, também no distúrbio de sangue e pele.

    Pulmão, sua principal finalidade é fornecer ao nosso sangue oxigênio, que é transportado

    para as células do corpo. Os demais órgãos respiratórios têm a função de encaminhar o ar ao

    Pulmão, onde ocorre a conversão do sangue venoso (sangue pobre em oxigênio e rico em dióxido

    de carbono) em sangue arterial (sangue rico em oxigênio). Ao respirarmos iniciamos um caminho

    complexo, o ar entra pelas narinas (ou pela boca), encaminha-se para traqueia seguindo por

    pequenos tubos, os brônquios. A partir dos brônquios o ar é levado para outras regiões pulmonares.

    Um movimento involuntário que é controlado pelo cérebro controla a entrada e saída de ar do

    Pulmão. Ele manifesta-se pela tristeza ou lamentações.

    Estômago,possui a função de armazenar o alimento logo após a refeição, fazer a mistura

    com as secreções gástricas e enviar o alimento para o intestino.

    Fome, ponto que consiste em aliviar a fome, diabetes,e compulsão por comida.

    Coração, o coração bombeia sangue para todo corpo retirando e distribuindo substâncias

    como, por exemplo, gás carbônico e oxigênio. É importante saber que além desta, muitas outras

    trocas são realizadas, uma vez que através delas o equilíbrio de nosso corpo é mantido. Sua

    principal emoção e a alegria.

    Intestino Grosso é a porção do Sistema Digestório responsável pelo importante processo

    de absorção da água, o que determina a consistência do bolo fecal. Ele constitui a parte final do tubo

    digestivo e possui rica flora bacteriana.

    Intestino Delgado, participando no processo de absorção de nutrientes,

    Fígado,essencial à função do corpo humano e suas funções principais são a desintoxicação,

    a síntese de proteínas, produção de produtos bioquímicos necessários para a digestão, ou seja, bile,

    e uma série de outras funções. Manifesta-se através da raiva ou cólera.

    Rim + Shen) = (Espírito ou Consciência) Determina as fases de crescimento,

    desenvolvimento, de reprodução, e é composto por dois aspectos, (JingPré-Natal)

    Essência inata, Ancestral, que determinará a constituição básica e a vitalidade doindivíduo, e

    (JingPós-Natal), que é a Essência adquirida através dos alimentos, líquidos e também da respiração

    (ar), por isso está ligado diretamente ao Baço (Pi) e Estômago (Wei), devido a suas funções na

    digestão e transformação dos alimentos e bebidas.

  • 19

    ShenMen (Sedação e Analgesia).

    Vicio,utilizado como calmante emocional e sedativo,e um ponto de controle à ansiedade,

    por comida e doces em geral, onde o paciente muitas vezes diz que come através dos olhos.

    Baço

    Coração

    Endócrino

    Estômago

    Fígado

    Fome

    Intestino Delgado

    Intestino Grosso

    Pulmão

    Rim

    ShenMen

    Vicio

  • 20

    Os 12 Meridianos principais podem ser visualizados nesta tabela.

    http://www.compuland.com.br/anatomia/htm

    Foram colocadas nos pontos acima, enquanto a sessão de Acupuntura estava sendo

    realizada.

    Foram colocadas todas na mesma orelha somente de um lado, e trocadas a cada 4-5 dias,

    sendo que as duas orelhas foram utilizadas alternadamente.

    Aos pacientes foram aconselhados a pressionarem esses pontos com força por 5 minutos, 10

    minutos antes das três refeições regulares.

    Durante o período de tratamento, em alguns pacientes do sexo feminino foi detectado que

    sentiram indisposição quando estavam em período menstrual, quando usadoShenMen e Ansiedade

    juntos, e outros sentiram constipação.Porém em relação ao tratamento no geral foi muito

    satisfatório, pois todos conseguiram perder peso, alguns mais e outros menos.

    Meridiano

    Nome Chinês

    Sigla

    Polaridade

    Total de Pontos

    Pulmão Fei (肺經) P Yin 11

    Intestino Grosso Da Chang (大腸經) IG Yang 20

    Estômago Wei (胃經) E Yang 45

    Baço Pi (脾經) BP Yin 21

    Coração Xin (心經) C Yin 9

    Intestino Delgado Xiao Chang (小腸經) ID Yang 19

    Bexiga PangGuan (膀胱經) B Yang 67

    Rim Shen (腎經) R Yin 27

    Pericárdio XinBao (心包經) PC Yin 9

    Triplo Aquecedor San Jiao (三焦經) TA Yang 23

    Visícula-biliar Dan (膽經) VB Yang 44

    Figado Gan (肝經) F Yin 14

    https://pt.wikipedia.org/wiki/Triplo_Aquecedor

  • 21

    OBSERVAÇÃO:

    Uma paciente de 110 kilos, que nunca tinha sido tratada com acupuntura chegou a perder

    mais de 13 kilos, em 08(oito) sessões, tudo associado a uma caminhada matinal e a uma

    alimentação básica e moderada. Além das demais pacientes que também perderam em media ate

    3kilos durante o tratamento, pois a acupuntura realiza um tratamento de limpeza corpórea e depois

    vai estabilizando o peso conforme a pessoa desejar. Aqui segue a copia do TERMO DE

    COSENTIMENTO LIVRE E ESCLARECIDO (TCLE)eos gráficos de acordo com os tratamentos

    que se caracteriza em inicio, meio e fim.

  • 22

  • 23

    6 GRAFICOS

    PACIENTE: C. R. P. A.

    IDADE 39

    ALTURA 1,66

    PESO

    INICIAL

    1º SESSÃO 67,5

    2º SESSÃO 66,2

    7º SESSÃO 65,4

    8º SESSÃO 64,2

    PACIENTE PERDEU EM MEDIA 3,300KILOS DURANTE AS 08 SESSÕES. EM MEDIA

    PERDEU 0,8625 GRAMAS POR SESSÕES.

    0

    10

    20

    30

    40

    50

    60

    70

    80

    Categoria 1 Categoria 2 Categoria 3 Categoria 4

    Série 1

    Série 2

    Série 3

  • 24

    PACIENTE: R.L.J.C

    IDADE 47

    ALTURA 1,65

    PESO

    INICIAL

    1º SESSÃO 68,5

    2º SESSÃO 67,3

    7º SESSÃO 65,6

    8º SESSÃO 64,5

    PACIENTE PERDEU EM MEDIA 4 KILOS DURANTE EM AS SESSÕES. EM MEDIA

    PERDEU 0,5 GRAMAS POR SESSÕES.

    0

    10

    20

    30

    40

    50

    60

    70

    80

    Categoria 1 Categoria 2 Categoria 3 Categoria 4

    Série 1

    Série 2

    Série 3

  • 25

    PACIENTE:T.C.R

    IDADE 67

    ALTURA 1,70

    PESO

    INICIAL

    1º SESSÃO 64,00

    2º SESSÃO 63,8

    7º SESSÃO 62,2

    8º SESSÃO 60,5

    PACIENTE PERDEU EM MEDIA 3,5 KILOS DURANTE EM AS SESSÕES. EM MEDIA

    PERDEU 0,4375 GRAMAS POR SESSÕES.

    0

    10

    20

    30

    40

    50

    60

    70

    Categoria 1 Categoria 2 Categoria 3 Categoria 4

    Série 1

    Série 2

    Série 3

  • 26

    PACIENTE:M.S.O.L

    IDADE 53

    ALTURA 1,68

    PESO

    INICIAL

    1º SESSÃO 69,00

    2º SESSÃO 68,8

    7º SESSÃO 67,2

    8º SESSÃO 61,5

    PACIENTE PERDEU EM MEDIA 7,5 KILOS DURANTE EM AS 08 SESSÕES. EM

    MEDIA PERDEU 0,9375 GRAMAS POR SESSÕES.

    0

    10

    20

    30

    40

    50

    60

    70

    80

    Categoria 1 Categoria 2 Categoria 3 Categoria 4

    Série 1

    Série 2

    Série 3

  • 27

    PACIENTE:M.O.O

    IDADE 50

    ALTURA 1,67

    PESO

    INICIAL

    1º SESSÃO 68,00

    2º SESSÃO 68,7

    7º SESSÃO 67,5

    8º SESSÃO 61,3

    PACIENTE PERDEU EM MEDIA 6,7 KILOS DURANTE EM AS 08 SESSÕES. EM

    MEDIA PERDEU 0,8375 GRAMAS POR SESSÕES.

    0

    10

    20

    30

    40

    50

    60

    70

    80

    Categoria 1 Categoria 2 Categoria 3 Categoria 4

    Série 1

    Série 2

    Série 3

  • 28

    PACIENTE:R.G.S

    IDADE 49

    ALTURA 1,67

    PESO

    INICIAL

    1º SESSÃO 79,00

    2º SESSÃO 78,7

    7º SESSÃO 76,3

    8º SESSÃO 72,1

    PACIENTE PERDEU EM MEDIA 6,9 KILOS DURANTE EM AS 08 SESSÕES. EM

    MEDIA PERDEU 0,8625 GRAMAS POR SESSÕES

    0

    10

    20

    30

    40

    50

    60

    70

    80

    90

    Categoria 1 Categoria 2 Categoria 3 Categoria 4

    Série 1

    Série 2

    Série 3

  • 29

    PACIENTE:C.A.S.S

    IDADE 39

    ALTURA 1,68

    PESO

    INICIAL

    1º SESSÃO 75,00

    2º SESSÃO 74,7

    7º SESSÃO 72,5

    8º SESSÃO 69,1

    PACIENTE PERDEU EM MEDIA 5,9 KILOS DURANTE EM AS 08 SESSÕES. EM

    MEDIA PERDEU 0,7375 GRAMAS POR SESSÕES

    0

    10

    20

    30

    40

    50

    60

    70

    80

    Categoria 1 Categoria 2 Categoria 3 Categoria 4

    Série 1

    Série 2

    Série 3

  • 30

    PACIENTE:Z.P.L

    IDADE 66

    ALTURA 1,58

    PESO

    INICIAL

    1º SESSÃO 110,00

    2º SESSÃO 109,7

    7º SESSÃO 99,7

    8º SESSÃO 97

    PACIENTE PERDEU EM MEDIA 13 KILOS DURANTE EM AS 08 SESSÕES. EM

    MEDIA PERDEU 1,625 GRAMAS POR SESSÕES

    0

    20

    40

    60

    80

    100

    120

    Categoria 1 Categoria 2 Categoria 3 Categoria 4

    Série 1

    Série 2

    Série 3

  • 31

    PACIENTE:G.L.P

    IDADE 66

    ALTURA 1,68

    PESO

    INICIAL

    1º SESSÃO 89,00

    2º SESSÃO 88,8

    7º SESSÃO 86,5

    8º SESSÃO 82,1

    PACIENTE PERDEU EM MEDIA 6,9 KILOS DURANTE EM AS 08 SESSÕES. EM

    MEDIA PERDEU 0,8625 GRAMAS POR SESSÕES

    0

    10

    20

    30

    40

    50

    60

    70

    80

    90

    100

    Categoria 1 Categoria 2 Categoria 3 Categoria 4

    Série 1

    Série 2

    Série 3

  • 32

    PACIENTE:E.M.S

    IDADE 59

    ALTURA 1,58

    PESO

    INICIAL

    1º SESSÃO 69,00

    2º SESSÃO 68,8

    7º SESSÃO 66,3

    8º SESSÃO 62,5

    PACIENTE PERDEU EM MEDIA 6,5 KILOS DURANTE EM AS 08 SESSÕES. EM

    MEDIA PERDEU 0,8125 GRAMAS POR SESSÕES

    0

    10

    20

    30

    40

    50

    60

    70

    80

    Categoria 1 Categoria 2 Categoria 3 Categoria 4

    Série 1

    Série 2

    Série 3

  • 33

    7MATERIAS E MÉTODO

    7.1 MATERIAS

    É tudo que se faz uso durante a sessão de Aurículo, para o tratamente com o paciente.

    1 Sementes

    2 Apalpador

    3Microporo

    4Pinça

    5 Placa

    6Algodã

    7Álcoo – 70%

    ...................

    SementesApalpadorMicroporo

    www.energiayang.com.br

  • 34

    .

    Pinça ......Placa

    Algodão Alcoolfator 70

  • 35

    7.2MÉTODO

    Após assepsia na orelha, as sementes são colocadas emuma das orelhas utilizando os pontos

    de acupuntura auricular conforme foi informado na pagina acima, no item cinco (5), onde o

    paciente mantém as sementes durante um período entre 4 ou 5 dias, parem serem trocadas e

    alternando as orelhas, e não pode esquecer de apertar pelo menos umas três vezes antes das

    principais refeições durante todo dia, e assim continuamente conforme o tratamento.

  • 36

    8DISCUSSÃO

    Observamos que entre os vários tipos e métodos de tratamento para redução de peso e

    medidas do corpo, outros deram bons resultados equivalentes aos pontos utilizados na

    Auriculoterapia, porém namaioria dos casos não foi utilizado o ponto do Órgão Coração.

    OCoração é de grande importância e deve ser tratado, pois sutilmente estando em equilíbrio

    todo o processo de tratamento terá melhor resultado e a conclusão será mais efetiva. No entanto, no

    tratamentoda obesidadecom Auriculoterapiafoi utilizado o método não invasivo com

    resultadospositivos e satisfatórios.

  • 37

    9CONCLUSÃO

    Neste trabalho de estudo de casos, demonstrou-se que pacientes com Obesidade submetidos

    a tratamento com Auriculoterapia obtiveram resultados significativos na redução de peso e medidas

    do corpo, além do equilíbrio energético e emocional. Em alguns casos o tratamento associado à

    atividade física o resultado poderá ser mais rápido e eficaz,para o aprendizado e para o processo

    desenvolvido com os pacientes no intuito de amenizar e adequar ao propósito de redução de

    medidas através daAuriculoterapia.

    Diante do resultado durante o período de tratamento foram satisfatório.

  • 38

    10 REFERENCIAS BIBLIOGRÁFICAS

    Acesso em 08/11/2015 as 09:21 horas

    Auriculoterapia, Escola Huang Li Chun, Editora Roca, São Paulo, (1999)

    BOUCHARD, C Atividade física e obesidade São Paulo: Manole,(2003p.469) (acesso dia

    13/01/2016 as 19:21hs)

    CABÝOGLU E ERGENE, (2006)

    COHEN E CUNHA, (2004)

    Dulcetti, (2001, p.50-64).

    FANDINO, (2004)

    http://www.compuland.com.br/anatomia/htm

    http://www.prosalus.com.br

    Hugh MacPherson, Ted J Kapchuk; prólogo por Giovanni Maciocia;1ª Edição:

    JINSHENG, (2005)

    LACEY, (2003)

    MaciociaG. Os Fundamentos da Medicina Chinesa: Um texto abrangente para acupunturistas e

    fitoterapeutas. 1ª ed. São Paulo: Roca Ltda., (1996)

    Maciocia (2007, p.117-118)

    MANCINI, (2011)

    MARTINI E CARDOSO, (2009)

    Murata, Jorge Jodi 1ª Edição:São Paulo: ícone (2010 p.30-31-36-37-58-59).

    Obesidade, 5ª edição, (1999)

    PERETTI, (2005)

    pt.slideshare.net/.../a-acupuntura-e-o-tratamento-da-obesidade1-uma-abo. Acesso13/01/2016 00:38h

    pt.wikipedia.org/wiki/fitoterapia chinesa>a enciclopédia livre. Acesso 07/01/201600:34h

    pt.wikipedia.org/wiki/terapia-alimentar-chinesa>origem a enciclopedia livre. Acesso 07/01/2016

    23:38h

    QUNLI E ZHICHENG, (2005)

  • 39

    ROMERO, (2006)

    Ross, (2003.p.395)

    Santos (2008, p.87)

    SANTOS E MOURA, (1988)

    Santos, Jose Francisco dos, 3 ª Edição: São Paulo, Ícone (2010,p.24a26-30-31-87).

    São Paulo:Roca(2002 p.318-332)

    SEBOLD, (2006)

    Sites.uai.com.br/.../Auriculoterapia-e-importante-aliada-n-combate-a Obe. Acesso 21/01/2016

    20:32h

    Souza, (2007.p.29-31)

    Sussumann, (2008, p.99-100)

    SZABÓ E BECHARA, (2001)

    VASQUES, (2004)

    Wagner Pereira da Fonseca, 2ª Edição: São Paulo (2013 p.21-32-33-40-41-42).

    ww.acupuntura-mtc.com/terapias-mtc/acupuntura-para-emagrecer-php Acesso 13/01/2016 23:36h

    www.ebramec.com.br

    www.energiayang.com.br

    www.zangfu.com.br/auriculoterapia-na-obesidade-parte-i/323/ Acesso 21/01/2016 22:02h

    Yamamura, (2004.p.669)

    YAMAMURA, (2004, p.LIV)

Welcome message from author
This document is posted to help you gain knowledge. Please leave a comment to let me know what you think about it! Share it to your friends and learn new things together.