Top Banner
CURSO DE ESTUDO CURSO DE ESTUDO E PRÁTICA DA E PRÁTICA DA MEDIUNIDADE MEDIUNIDADE I. Necessidade do Estudo da Mediunidade Federação Espírita Brasileira
18

CURSO DE ESTUDO E PRÁTICA DA MEDIUNIDADE I. Necessidade do Estudo da Mediunidade Federação Espírita Brasileira.

Apr 16, 2015

Download

Documents

Internet User
Welcome message from author
This document is posted to help you gain knowledge. Please leave a comment to let me know what you think about it! Share it to your friends and learn new things together.
Transcript
  • Slide 1
  • CURSO DE ESTUDO E PRTICA DA MEDIUNIDADE I. Necessidade do Estudo da Mediunidade Federao Esprita Brasileira
  • Slide 2
  • ESTUDO DA MEDIUNIDADE: NECESSIDADE 1. Evita dificuldades e desenganos relativos ao desconhecimento do assunto. 2. Educa mdiuns de forma correta e equilibrada. 3. Orienta como desenvolver corretamente a mediunidade e como produzir boas comunicaes medinicas. 4. Esclarece como atender Espritos necessitados de auxlio. 5. Esclarece como neutralizar aes de Espritos moralmente inferiores. Allan Kardec: O Livro dos Mdiuns. Introduo.
  • Slide 3
  • MDIUNS DESPREPARADOS No assumem o talento com responsabilidade. No se esforam para viver com retido moral. A disciplina medinica falha ou ausente. Fogem das responsabilidades familiares e sociais. Julgam-se mensageiros especiais. Ausentam-se do estudo. Abraam prticas exticas. Acreditam-se intrpretes de altas personalidades. No aceitam advertncias. Transformam-se em instrumentos das sombras. Acreditam conhecer o passado e o futuro. Emmanuel: Seara dos Mdiuns. Item: no campo doutrinrio.
  • Slide 4
  • PALAVRAS DE ALLAN KARDEC Muito mais do que se pensa tm contribudo a ignorncia e a leviandade de vrios mdiuns. (...) Presentemente [o Espiritismo] j no um espetculo: uma doutrina de que no mais riem os que zombavam das mesas girantes (...). Allan Kardec: O Livro dos Mdiuns. Introduo.
  • Slide 5
  • CURSO DE ESTUDO E PRTICA DA MEDIUNIDADE II. Conceito. Objetivo. Conseqncias do Estudo da Mediunidade.
  • Slide 6
  • Conceito - reunio privativa com participantes previamente inscritos. Objetivo estudar metdica, contnua e seriamente a teoria e prtica mediunidade Conseqncias prova a existncia e a sobrevivncia do Esprito e o seu estado moral-intelectual aps a morte. Esclarece a respeito das aes dos Espritos. Prepara para a desencarnao e para a reencarnao. Demonstra a necessidade se se investir na melhoria espiritual.
  • Slide 7
  • CURSO DE ESTUDO E PRTICA DA MEDIUNIDADE III. Estrutura do Curso de Estudo e Prtica da Mediunidade na Casa Esprita
  • Slide 8
  • ORGANIZAO BSICA Departamento, Coordenao ou Setor Doutrinrio, que tenha como caractersticas: um programa de estudo, compatvel com as diretrizes espritas, definido pela direo da casa Esprita, ouvindo a coordenao da mediunidade; equipe coordenadora do departamento ou setor; quadro de monitores, capacitados, e pessoal de apoio. critrios definidos de avaliao e acompanhamento das atividades.
  • Slide 9
  • Uma reunio s verdadeiramente sria, quando cogita de coisas teis, com excluso de todas as demais. As reunies de estudo so (...), de imensa utilidade (...) para aqueles, sobretudo, que seriamente desejam aperfeioar-se. Allan Kardec: O Livro dos Mdiuns.Captulo XXIX, itens 327 e 329.
  • Slide 10
  • CURSO DE ESTUDO E PRTICA DA MEDIUNIDADE IV. Capacitao de Monitores do Curso de Estudo e Prtica da Mediunidade
  • Slide 11
  • A capacitao contnua necessria atualizao doutrinria e pedaggica dos monitores. Ela pode ser realizada : Semanalmente = em reunies de educao continuada com monitores e estagirios, prevenindo, desta forma, os inconvenientes do ensino padronizado. O programa destas reunies deve ser previamente definido. Semestralmente = trata-se de uma capacitao ministrada sob a forma de encontros, seminrios, simpsios, cursos etc.
  • Slide 12
  • Hoje e agora, onde estivermos (...) somos constantemente induzidos a lecionar disciplinas de entendimento e conduta. (...) Doutrina Esprita, na essncia, universidade de redeno. E cada um dos seus profitentes ou alunos (...) obrigado a educar-se para educar. Emmanuel: Seara dos Mdiuns. Item: ensino esprita.
  • Slide 13
  • CURSO DE ESTUDO E PRTICA DA MEDIUNIDADE V. Programa da FEB
  • Slide 14
  • O programa da FEB, para a mediunidade, tem como base: a)estudo das obras codificadas por Allan Kardec e subsidirias a estas; b) conduta moral do Evangelho de Jesus. OBJETIVOS: aprofundar o conhecimento esprita na rea da mediunidade; favorecer desenvolvimento natural das faculdades psquicas, inclusive a medinica.
  • Slide 15
  • Formao moral: Orientao de : educao moral que consiste na arte de formar caracteres, que incute hbitos. Allan Kardec: O Livro dos Espritos, questo 685. Compreenso do que mediunidade: Todo aquele que sente, num grau qualquer, a influncia dos Espritos , por esse fato, mdium. Essa faculdade inerente ao homem; no constitui, portanto, um privilgio exclusivo. (...) Pode, pois, dizer-se que todos so, mais ou menos, mdiuns. Allan Kardec: O livro dos Mdiuns, cap. XIV, item 159. FUNDAMENTAO DO CURSO
  • Slide 16
  • 02 PROGRAMAS DE ESTUDO. PROGRAMAS DIVIDOS EM MDULOS DE ESTUDO. MDULOS SUBDIVIDIDOS EM 04 PARTES: 1) Fundamentao Esprita estudo terico bsico sobre mediunidade. 2) Prtica exerccios preparatrios (programa i) e reunio medinica supervisionada (programa ii) 3) Atividade Complementar- estudos complementares (facultativos) 4) Culminncia do Mdulo: conduta esprita ORGANIZAO DO CURSO
  • Slide 17
  • PROGRAMA I FUNDAMENTAO ESPRITA PRTICA Princpios doutrinrios espritas reviso No h Introduo ao estudo da mediunidadePrece. A prtica medinicaIrradiao mental Mediunidade, obsesso, desobsessoHarmonizao psquica A vida no plano espiritualPercepo psquica PROGRAMA II As reunies medinicascondies ao desenvolvimento supervisionado de : a) da faculdade medinica, em quem possua condies naturais para tal; b) de faculdades psquicas e conduta moral. Allan Kardec e a Codificao Esprita A experimentao medinica. Os tipos comuns de mediunidade Faculdades medinicas incomuns Os Espritos comunicantes A ao da luz e das trevas
  • Slide 18