Top Banner

of 26

Artigo QFD

Oct 19, 2015

ReportDownload

Documents

  • Universidade Federal de Santa Catarina www.producaoonline.inf.br

    ISSN 1676 - 1901 / Vol. 3/ Num. 2/ Junho de 2003

    QFD EM DESENVOLVIMENTO DE PRODUTO: CARACTERSTICAS METODOLGICAS E

    UM GUIA PARA INTERVENO

    Lin Chih Cheng Departamento de Engenharia de Produo

    Escola de Engenharia Universidade Federal de Minas Gerais

    Campus Pampulha, PCA, 2o. andar, Belo Horizonte, MG

    [email protected]

    Data de Submisso: Jun/03 Data de Aprovao: Jun/03

  • QFD EM DESENVOLVIMENTO DE PRODUTO: CARACTERSTICAS METODOLGICAS E

    UM GUIA PARA INTERVENO

    Lin Chih Cheng

    Departamento de Engenharia de Produo Escola de Engenharia

    Universidade Federal de Minas Gerais Campus Pampulha, PCA, 2o. andar,

    Belo Horizonte, MG [email protected]

    Resumo O mtodo Desdobramento da Funo Qualidade QFD atingiu um estgio em que bem

    conhecido na literatura acadmica da gesto do desenvolvimento de produto e tem sido

    amplamente aplicado em vrios pases. Este artigo visa trazer mais contribuies para a

    aplicao de QFD em sistemas de desenvolvimento de produto, baseando-se em reflexes

    resultantes de um programa de pesquisa-ao sobre aplicaes de QFD nas empresas

    brasileiras nos ltimos dez anos. Essa reflexo segue duas linhas interligadas, teoria e

    prtica, pois pressupe que uma prtica eficaz requer um bom entendimento das bases

    metodolgicas do mtodo e, ao mesmo tempo, as bases metodolgicas so continuamente

    refinadas pela boa prtica, e dessa forma se obtm a construo e o acmulo do

    conhecimento de QFD. Portanto, para atingir o objetivo da dinmica do binmio teoria-

    prtica, este artigo busca: 1- salientar as caractersticas metodolgicas de QFD de uma

    forma estruturada, trazendo um esquema analtico tri-dimensional (fenmeno de interesse,

    caractersticas metodolgicas manifestas, e caractersticas metodolgicas subjacentes); e 2-

    apresentar um guia para aplicao do mtodo QFD em processos de interveno, com

    capacidade de efetuar o diagnstico do contexto e circunscrever a situao-problema, e com

    aspectos operacionais. Palavras-Chave: Desdobramento da Funo Qualidade, QFD, Gesto de Desenvolvimento de Produto,

    Caractersticas Metodolgicas, Guia para Interveno.

    1. Introduo O mtodo de Desdobramento da Funo Qualidade, mais conhecido como QFD, foi

    formulado pelo Professores Akao e Mizuno h mais de trinta anos (Akao, 1990a). Desde

  • ento, vrios elementos conceituais e metodolgicos foram acrescentados pelo prprio

    Professor Akao e por outros importantes autores japoneses engajados na Gesto da Qualidade

    Total (GQT) e no QFD (Akao, 1990b; 1990c; Kogure, 1983; Mizuno, 1994; Yoshizawa,

    1990). Isso resultou num modelo amplo de QFD (Ohfuji, 1990; 1995) e num compndio de

    formas alternativas de aplicao do QFD (Ohfuji, 1997).

    A aplicao do mtodo QFD no Japo originou-se do uso do diagrama de causa-e-efeito para

    definio dos pontos de controle (Akao, 1990a), e posteriormente, tabelas de garantia de

    qualidade, particularmente na produo. Nos ltimos anos, o QFD tem sido direcionado

    etapa inicial do ciclo de vida do desenvolvimento de produto (Akao, 1995) e planejamento do

    produto (Kea, 1998) dentro de uma empresa. Se no passado as aplicaes eram na maioria das

    vezes sobre produtos tangveis, ultimamente tem sido crescente o uso sobre produtos menos

    tangveis, como servios (Kaneko, 1991) e software (Shindo, 1998; 1995). H excelentes

    exemplos de aplicao num grande espectro de indstrias japonesas (Itoh, 1995; Noguchi,

    1998; Susumu, 1996), e tambm de pases asiticos, por empresa Coreana (Bang, 1995) e

    Taiwanesa (Lee, 1996).

    Em paralelo a essa evoluo metodolgica no Japo, a partir de 1986 (Sullivan, 1986) houve

    nos Estados Unidos uma difuso intensa de QFD, principalmente de duas verses: ASI (ASI,

    1989) e King (King 1989). Essas duas verses tratam particularmente do Desdobramento da

    Qualidade QD, uma das duas partes de QFD, apesar de serem tambm chamadas de QFD.

    Parece que o QFDr (QFD restrito), a outra parte do QFD, no foi aplicado porque j haviam

    processos bem estabelecidos de desenvolvimento de produto nos Estados Unidos (Booz,

    1968; Cooper, 1986). Um exemplo disso o uso da Anlise de Sistemas e mtodos de

    Engenharia de Sistemas (Checkle, 1983) pelo General Motors, substituindo o QFDr por esses

    processos bem conhecidos para desenvolvimento de projetos complexos de engenharia (Ross,

    1995). Recentemente, QFD Institute dos Estados Unidos tem feito esforos no sentido de

    complementar as verses ASI e King atravs da apresentao do QFD Amplo

    (Comprehensive QFD). tambm importante mencionar o trabalho de Clausing chamado de

    QFD Melhorado (Enhanced QFD), no qual o mtodo de Robust Design acrescido a QFD, e

    ambos so colocados dentro de uma estrutura de desenvolvimento denominado Total Quality

    Development TQD (Clausing, 1994). Com relao prtica de QFD nos E.U.A, ela se

    encontra em quase todos os setores da indstria. Valem mencionar algumas aplicaes

  • especiais na indstria automobilstica (Ross, 1995), servios (Mazur, 1999) e software

    (Zultner, 1990).

    Na Europa, QFD tambm bastante conhecido, e diversos casos de aplicao tm sido

    relatados: por exemplo, desenvolvimento de software na Alemanha (Herzwurm, 1997; 1999);

    planejamento urbano e indstria da construo civil na Sua (Swoboda, 1999); e,

    desenvolvimento habitacional na Finlndia (Laurikka, 1996). Na Sucia, alm das aplicaes

    de QFD (Bergman, 1995) h uso articulado de tcnicas estatsticas em conjunto com o mtodo

    QFD ( Gustafsson, 1996). Na Itlia, h tambm relatos de vrias aplicaes de QFD

    (Zucchelli, 1995).

    De outras partes do mundo podemos citar as aplicaes inovadoras de QFD na Austrlia, na

    rea de planejamento estratgico e desenvolvimento de novo negcio ou melhoria de negcio

    existente, em conjunto com o uso do mtodo de Hoshin Kanri (Hunt, 1999). No Brasil h

    relatos de aplicaes de QFD nas indstrias automobilstica e de alimentos desde 1995

    (Cabral, 1999; Carvalho, 1998; Cheng, 1995a; Guedes, 1999; Nogueira, 1999; Ormenese,

    1996; Santiago, 2000; 1999; Sarantpoulos, 1996).

    Finalmente, existem estudos sobre como o mtodo tem sido aplicado em contextos

    especficos. Esses estudos exploratrios e descritivos tm complementado os relatos de casos

    mais detalhados, e tm trazido importantes revelaes para reflexes sobre as aes do

    passado e do presente, e acima de tudo tem contribudo para redirecionar as atividades e os

    planos futuros da comunidade de QFD. Esses estudos vm do Japo (Akao, 1987), E.U.A.

    (Griffin, 1992; Vonderembse, 1997), Sucia (Ekdahl, 1997), Brasil (Cauchick Miguel, 1999)

    e Reino Unido (Martins, 2001). H ainda um importante estudo descritivo-comparativo entre

    Japo e E.U.A. (Cristiano, 2000). Todos esses estudos examinam quem aplica QFD, o grau e

    o modo de uso, as reas funcionais envolvidas, os tipos de produto ou projeto nos quais QFD

    aplicado, e acima de tudo, o resultado obtido. Os fatores de sucesso freqentemente citados

    so principalmente: timing, recursos alocados, apoio da alta gerncia, motivao e

    comprometimento da equipe.

    Baseado na breve reviso da literatura acima, podemos afirmar que: 1- O mtodo QFD

    reconhecido pela literatura acadmica como um mtodo importante no campo da Gesto de

    Desenvolvimento de Produto (Clark, 1993; Dolan, 1993; Urban, 1993); 2- QFD largamente

    conhecido e tem sido amplamente aplicado no desenvolvimento de uma larga diversidade de

  • produtos no mundo; e 3- existe uma comunidade ativa de QFD, composta por praticantes de

    empresas, consultores e acadmicos, que estudam, usam e refletem sobre o mtodo em vrios

    cantos do globo.

    Como parte dessa grande comunidade mundial de QFD, a nossa preocupao como tornar o

    mtodo QFD mais eficaz, melhor compreendido e aplicado, e nisso consiste o propsito deste

    artigo. Este trabalho uma reflexo sobre os resultados obtidos durante os ltimos dez anos

    de experincia na conduo e gesto de um programa de pesquisa-ao sobre implementao

    do QFD nos sistemas de desenvolvimento do produto em empresas brasileiras (Arajo, 2001;

    Carvalho, 1998; Cauchick Miguel, 2001; Cheng, 2000; 1995a; 1995b; 1994a; 1994b;

    Drumond, 1999; 1994; Paiva, 2001; Pfeilsticker, 2001; Polignano, 2000; 1999; Santiago,

    2000; 1999; Torres, 2001; Vilela, 1997).

    Com relao teoria metodolgica de QFD, algumas perguntas so freqentemente

    levantadas pelos pesquisadores e praticantes: 1- qual o tipo de problema de interesse para o

    mtodo QFD?; 2- o que o objetivo metodolgico de QFD?; 3- quais so os pressupostos

    que permeiam o mtodo QFD?; e 4- que tipo de engajamento organizacional necessrio

    numa implementao de QFD?. Com respeito prtica do mtodo QFD, questes

    levantadas so: a- qual o papel de QFD e como ele se insere dentro do conjunto de mtodos

    para melhoria do sistema de desenvolvimento de produto de uma empresa?; b- em qual

    nvel o mtodo QFD atua, ao nvel de portfolio ou ao nvel de projeto? ; c- em comparao

    com outros mtodos e tcnicas, quais so as similaridades e diferenas no tocante ao objetivo

    de QFD, sua orientao e seus resultados?; e- como se formula um modelo conceitual

    relevante?; f- que fatores ou critrios devem ser considerados na formulao de modelos

    conceituais?; g- como se faz estudos de benchmarking (inter-organizacional, intra-

    organizacional, entre g

Welcome message from author
This document is posted to help you gain knowledge. Please leave a comment to let me know what you think about it! Share it to your friends and learn new things together.