Top Banner

Click here to load reader

Aprendiz Samurai Salvo

Aug 07, 2015

ReportDownload

Documents

l

APRENDIZ SAMURAI

Cura real

No trate apenas dos sintomas, tentando elimin-los sem que a causa da enfermidade seja tambm extinta. A cura real somente acontece do interior para o exterior... Sim, diga a seu mdico que voc tem dor no peito, Mas diga tambm que sua dor dor de tristeza, dor de angstia. Conte a seu mdico que voc tem azia, Mas descubra o motivo pelo qual voc, com seu gnio, aumenta a produo de cidos no estmago. Relate que voc tem diabetes, no entanto, no se esquea de dizer tambem que no est encontrando mais doura em sua vida e que est muito difcil suportar o peso de suas frustraes. Mencione que voc sofre de enxaqueca, todavia confesse que padece com seu perfeccionismo, com a autocrtica, que muito sensvel crtica alheia e demasiadamente ansioso. Muitos querem se curar, mas poucos esto dispostos a neutralizar em si o cido da calnia, o veneno da inveja, o bacilo do pessimismo e o cncer do egosmo. No querem mudar de vida. Procuram a cura de um cncer, mas se recusam a abrir mo de uma simples mgoa.

l

Pretendem a desobstruo das artrias coronrias, mas querem continuar com o peito fechado pelo rancor e pela agressividade. Almejam a cura de problemas oculares, todavia no retiram dos olhos a venda do criticismo e da maledicncia. Pedem a soluo para a depresso, entretanto, no abrem mo do orgulho ferido e do forte sentimento de decepo em relao a perdas experimentadas. Suplicam auxlio para os problemas de tireide, mas no cuidam de suas frustraes e ressentimentos, no levantam a voz para expressarem suas legtimas necessidades. Imploram a cura de um ndulo de mama, todavia, insistem em manter bloqueada a ternura e a afetividade por conta das feridas emocionais do passado. Clamam pela intercesso divina, porm permanecem surdos aos gritos de socorro que partem de pessoas muito prximas de si mesmos. Deus nos fala atravs de mil modos; a enfermidade um deles e por certo, o principal recado que lhe chega da sabedoria divina que est faltando mais amor e harmonia em sua vida. Toda cura sempre uma autocura e o Evangelho de Jesus a farmcia onde encontraremos os remdios que nos curam por dentro. H dois mil anos esses remdios esto nossa disposio. Quando nos decidiremos?

Livro: O Mdico Jesus Jos Carlos De Lucca

l

APRENDIZ SAMURAI

UM DOMINGO DE MANH Dentro de seu carro, no banco de passageiro, comeo a divagar. Percebese uma intensa batalha interior sendo travada. Meu filho e minha mulher esto do outro lado da rua treinando numa academia. Voc pode estar neste momento imaginando algum motivo que me impeam de estar junto com a famlia ou se simplesmente no queira estar. Do outro lado da rua ouvem-se gritos de combate vindos do interior da academia de kung fu, sendo que tais sons fazem parte do treinamento marcial. Na rua passam poucos carros, sendo uma rua secundria numa manh de domingo de temperatura agradvel. Duas senhoras passam conversando na calada, porm os vidros escuros do carro, totalmente erguidos, isolam-me do exterior. Continuo no interior do casulo metlico,a viajar mentalmente,sendo que sempre o fao. Para o mundo sou um deficiente fsico, invlido, incapaz. Os gritos continuam a ecoar e a vida segue em seu entorno. O sol batendo no carro comea a esquentar o interior do carro e comeo a sentir o efeito do calor no corpo, sendo esta uma fraqueza para mim. O problema que nesta manh de domingo pareo acreditar nesta negatividade e segregao,pareo perder toda fora interior que faz parte de meu ser. Porm sei que a nica pessoa que tem realmente que acreditar em mim sou eu mesmo e que sem isto nada pode ser concretizado. Ento tento acalmar com meditao e orao minha mente atribulada.

l

Na verdade sei que nossa vida luta,batalha,guerra e que tendo F a vitria fica mais possvel... Comeo ento a recordar tantos momentos bons que vivi na poca em que andava perfeitamente.Lembro-me de quando participei de uma equipe de resgate na selva e consegui at sentir o aroma das plantas da floresta e a adrenalina de tais misses.Carregava at pessoas na mata pela selva-penso. -Passei bons momentos, mas quero mais !,digo em voz alta,sozinho,isolado. Uma batida forte no vidro do carro me faz voltar ao cotidiano exterior. -A aula acabou, pai, diz Jonatas. Ento minha mulher Isabelle e meu filho entram no carro. ........................................................................................................................ .................... Na realidade sempre busco alternativas para viver da forma mais independente e plena possvel.Uma doena neurolgica me deixou com seqelas motoras que limitam minha locomoo,sendo esta realizada com o auxlio do andador dentro de casa ou,cadeira de rodas,na rua ou outro ambiente. Sempre busco alternativas, terapias para tratamento, mas sempre escuto o mesmo: Esclerose mltipla no tem cura. Busco viver o possvel, superar limites, vencer at o impossvel! Fao questo de que minha limitao motora no seja um fardo para minha mulher, nem limitao para meu filho. -Vivam em plenitude! Esta minha filosofia. O Jonatas estuda numa boa escola estadual, faz aulas de futebol e academia de kung fu. -No desista e voc vai ser um grande mestre!-sempre digo ao meu filho.

l

Texto depresso Nesta semana abordamos o tema da depresso. Na conversa de hoje quero lembrar que o nosso mundo externo (com todas as suas movimentaes) um reflexo daquilo que se passa em nosso ntimo. Quando alguma coisa no vai bem do lado de fora isto sinal de eu tambm no estou bem comigo mesmo. Por exemplo: se voc est sendo trocado por algum, pode se sentir inferiorizado e at vtima desta situao. Mas deve parar para pensar que o primeiro abandono (a primeira troca) est acontecendo a dento. A situao exterior apenas mostra aquilo que est oculto: o autoabandono.

FORA INTERIOR Muitas pessoas que conheo sucumbiram devido a problemas,doenas,que os levaram ao desnimo e ao abandono de suas metas,seus planos. H alguns anos, passei pelo vale da sombra da morte,tendo vivido uma depresso que quase me fez perder a F e abandonar tudo. Porque a depresso faz voc viver num inferno, na tribulao,como andar num deserto sem gua,em um labirinto sem sada. Mas alm do antidepressivo e do apoio da famlia, consegui acessar a FORA INTERIOR que me fez prosseguir. Esta FORA habita nas profundezas de nosso ser essencial,eu diria que faz parte do ONIPRESENTE que em tudo e em todos est. Lembro-me de uma passagem do Apocalipse que diz para sermos fieis at a morte para herdarmos a coroa da VIDA. Acredito ser fundamental vivermos com a alegria possvel, com esperana e f em todos os momentos e buscarmos realizar nossos sonhos.

l

Todo mundo tem momentos felizes, momentos tristes...mas tudo to instvel em nossa vida...Porm o que no muda o ONIPRESENTE,que podemos permitir em ns e em raros momentos ELE nos d a certeza da felicidade imutvel que podemos ter. Lendo a passagem do Apocalipse que citei, me recordo dos samurais, guerreiros fieis at a morte.

Os samurais tem at um cdigo de conduta chamado BUSHIDO.

l

Mas para mim hoje o samurai moderno luta no com a espada, mas batalha por viver da forma mais harmnica possvel, lutando contra doenas,desarmonias,dificuldades financeiras,incertezas,e ,s vezes,vencendo,mas lutando at a morte...

O que hoje eu acredito que quando a gente acredita em mudanas, em possibilidades aparecem solues inesperadas, mesmo em casos considerados impossveis.O universo conspira em nosso favor e o que antes no tinha soluo torna-se possvel. O fato de no andar direito, de ser empurrado numa cadeira de rodas s vezes me deixa desanimado,mas eu no quero aborrecer voc com histrias tristes...foi s um desabafo...O que eu quero ser til,prestativo e ter momentos felizes,irados,como diria o Jonatas,meu filho.S que eu sirvo um DEUS que andou sobre o mar,vence at a morte e cura doenas.Eu acho que para ELE possvel a minha melhora no tempo certo,no mesmo ? Sempre duvidando, at de mim mesmo, sempre no tendo a coragem necessria para lutar at a plena realizao das atividades...preciso cada vez mais mudar este destino to sombrio,preciso do sol da manh,sua luz e calor. Bom, acho que vou andar devagarzinho, com andador, e sentar um pouco l fora com o Black (labrador). Eu estou aqui em casa sozinho e me deu vontade de ir l.

Bom dia! Acordei agora a pouco e o Jnatas ainda est dormindo. Deu-me vontade de escrever um pouco ouvindo uma msica da Blues Brothers Band que chama Sweet Home Chicago.Este som me leva at minha adolescncia,quando a gente tinha uma banda de rock.Era muito bom...Hoje noite vou brincar um pouquinho com o violo.Eu e o Jonatas sempre tocamos um pouco juntos.Ele gosta mais de rock...

l

A vida tem que ser vivida... Como der, como puder. Nunca vou desistir, nunca entregar os pontos. Nesta msica, no filme, o Elwood est sendo perseguido e uma cena bem alegre. Vou buscar viver com a alegria possvel; quero que as pessoas no me olhem com pena, mas vejam em mim algo de bom, de positivo.Quero que percebam a energia que vibra em meu ser,no o coitado do cadeirante! Cara, me sinto o Elwood Blues!

Hoje estou pesquisando algumas tcnicas orientais para fortalecimento da energia interior. Encontrei algumas tcnicas de respirao,chi kung,mantras...Muito interessante,mas funciona melhor se tiver um instrutor... Quando leio as ESCRITURAS SAGRADAS vejo pessoas que venceram tudo pela F e que JESUS afirma que tudo possvel quele que cr. um bom exerccio para mim... Lembrei hoje de manh de uma msica de um roqueiro nacional, Marcelo Nova,que fala:este calor insuportvel no abranda o frio da alma;e assim que s vezes me sinto ... Por outro lado decidi viver...Lembro-me daquela semana que foi confirmado que eu sofria de uma doena incurvel chamada esclerose mltipla.Eu casado h pouco tempo e com um filho recm nascido. Foi terrvel o sentimento de morte e solido interior que vivi. Mas naquela semana mesmo decidi viver e lutar at onde m

Welcome message from author
This document is posted to help you gain knowledge. Please leave a comment to let me know what you think about it! Share it to your friends and learn new things together.